Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Página 3 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Seg 20 Ago 2012 - 19:20

Roland - Nunca acharam meu corpo, apenas da minha mulher. As coisas foram manipuladas para todos pensarem que eu havia sido sequestrado por um antigo ladrão que eu tinha prendido há dezessete anos. Supostamente ele queria vingança, sequestrou-me, matou-me e sumiu com meu corpo. Foi pego e confessou ter matado e revelou onde estava o corpo da minha esposa. Tudo uma mentira, sei disso pois tirei essa merda dele próprio há dois anos. Ele foi encontrado morto na cela dele na cadeia. O desgraçado armou tudo, para todos os efeitos perdi minha vida nas mãos de um ladrão vagabundo, não nas mãos do maldito traficante morto-vivo.

O corno realmente tem muita influencia na policia local. Sem dúvidas.

Ronny - Vim pegar o fetiche, acho que vai ferrar tudo se tentarmos causar confusão aqui, além de manchar sua memória. Se quiser eu tento sondar de leve qualquer coisa desses dois antes de pegar o fetiche e organizar sua vingança.

Roland - Sim, tente então conversar com os dois, mas de maneira publica, não seja muito incisivo senão eles vão ser evasivos. Ao menos em meio ao publico, mas quando te pegarem sozinho...

Já estava seguindo de volta para o salão quando escuto Roland dizendo.

Roland - Faça isso de maneira rápida, não revele seu nome verdadeiro e muito menos diga que é meu filho, invente alguma coisa e procure fazer todos acreditarem nisso.

Respondo baixo para ele enquanto vou indo.

Ronny - Certo, sei fazer isso.

Espere, não. Primeiro vamos pegar o seu pagamento, se provar ser o que você deseja você poderá investigar esses dois de maneira mais satisfatória. Se as coisas saírem erradas você dificilmente vai poder voltar ou ter oportunidade para pegar o Artefato, acredito que você possa pegar de maneira segura e depois esconder para quando ir embora ninguém notar que está carregando um machado. Se for capaz vamos lidar com isso primeiro.

Paro e volta até próximo de Roland, olho bem para ele e digo de maneira baixa mas com firmeza.

Ronny - Sério? Ok, se for realmente um fetiche sou capaz de harmonizar com ele, vai ficar parecendo uma tatuagem, ninguém nem vai notar. Caso não seja um fetiche, bem... estamos com problemas.

Roland ri, ele não podia ser ouvido pelos seres normais, então estava tudo bem para ele. Sigo ele até a sala de evidencias, as luzes eram automáticas, nunca tinha visto aquilo antes. O lugar era grande e bem limpo, porém simples e com pouca variedade de móveis. Procuro ver se não existe câmeras de vigilância no local, caso não tenha eu sigo o fantasma até a caixa onde estava o suposto fetiche.

Roland - Vai levar um tempo para eles notarem que sumiu, pegue a caixa sem colocas as mãos diretamente em qualquer coisa, não quer suas impressões digitais aí, ou quer? Pegue logo, deixe a caixa e vamos ver o que fazemos a seguir.

Não precisa avisar, papai. Eu sei lidar com essas coisas.

Afundo minhas mãos para dentro das mangas do casaco, ia pegar de maneira meio desajeitado, mas não ia deixar impressões digitais diretas na caixa, procuro apenas retirar a tampa da caixa e vejo o que tem dentro, caso seja realmente o machado eu tiro uma mão para fora e enfio ela com delicadeza dentro da caixa e toco apenas o machado. E procuro sentir e ativar o Fetiche.

Ronny - Espírito, sou um garou e vim te resgatar desse lugar.

[Testo Gnose para tentar ativar o fetiche. Gasto 1 ponto de Força de Vontade para um sucesso automático.]





Frases de Ronny
- Você não deve esperar de mim nada além de escárnio, lisonja e mentiras. E jamais dê as costas para mim, filho da puta!
- Eu sou tolo por dizer que você é um idiota de primeira e apontar seus erros? Não há tolice maior do que ficar contra mim, é justamente isso que você fez, tolo.
- Inimigos suficientemente perfurados, mordidos, partidos ou explodidos, ou seu dinheiro de volta.
- Eu perguntei se eles queriam resolver tudo de um modo fácil. Fácil para mim.
- "Totalmente" é o meu modo favorito de FUDER as coisas!


Narração
- Minha Fala -
Pensamento
[Sobre a Rolagens de dados e detalhes do Sistema]
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  Sombra do Ódio em Seg 20 Ago 2012 - 22:26

Ronny toma cuidado, poderia dar certo ou muito errado tentar mexer na caixa dessa maneira, ele tenta ir com cuidado, a caixa estava bem fechada mas ele abre, a caixa está em uma altura baixa na prateleira, cerca de um metro e vinte do chão. Assim o garou consegue ver bem o que estava dentro, era um tipo de machado menor do que um machado de guerra, mas maior do que um machado de mão. O garou coloca a tampa com cuidado na prateleira e enfia a mão dentro da caixa para tirar o machado. O cabo é de carvalho escuro e tem os glifros correspondentes a matinha e outro que o garou não conhece, a lâmina é de aço escuro e afiada. Deve ter cerca de um metro e dez e a lâmina deve ter vinte centímetros e é estranha. Parecia um machado europeu cruzado com um tomahawk dos nativos-americanos que usavam principalmente para arremessar.

Exemplos visuais.
Spoiler:
Spoiler:
Aparência principal:
Aparência principal:

O Garou consegue ativar o fetiche, ele sente imediatamente algo em sua mão como se fosse uma lambida de um grande cachorro, é uma sensação estranha e afetiva ao mesmo tempo.

Ronny - Espírito, sou um garou e vim te resgatar desse lugar.

Espirito - Garou! Meu mestre era um bom garou, ele era um ótimo caçador. Você caça também?

O Garou sabe que o som vem do machado, mas não sabe dizer exatamente como definir a voz, parecia forte e amigável. Roland olha curioso para o Garou, então diz também com sua voz forte, mas nem sempre amigável.

Roland - Era o que procurava? Esse machado foi pego com um homem estranho, ele pegou prisão perpetua pois foi acusado de sequestro e invasão de privacidade várias vezes seguidas. Não sei o que aconteceu com ele.

Espirito - Meu verdadeiro dono prendeu eu e meus irmãos de matilha em seis machados iguais, caçavamos juntos. Isso foi há bastante tempo. Agora você é meu dono?

Alguma coisa nesse espirito fazia Ronny sentir muita vitalidade e alegria, parecia ser um bom espirito, ele sente novamente outra lambida na não que segurava o machado. Roland parecia não escutar nada o que o espirito dizia ao Garou, tal como ninguém escutava o que Roland dizia para ele.


Narração
Pensamentos
(Ativação de Dons ou rolagens de dados)


"Muda tua mente ou eu a mudarei para ti." - Sombra do Ódio, Senhor das Sombras Philodox e Impuro.

Ficha do Sombra do Ódio - Senhor das Sombras, Philodox, Impuro e Cliath.
Ficha de Orlando Wayne - Fomor e parente dos Andarilhos do Asfalto.
avatar
Sombra do Ódio
Admin
Admin

Mensagens : 579
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Seg 20 Ago 2012 - 23:29

Usando de minha manha consigo abrir a caixa com cuidado e coloco a tampa com cuidado na prateleira. Vejo que dentro da grande caixa tem um machado estranho e grande, sem dúvidas era um fetiche, os glifos não mentiam. Coloco com cuidado a minha mão dentro da caixa e tiro o machado, logo em seguida procuro harmonizar meu espírito com o espírito do fetiche, é dá certo. Imediatamente sinto uma lambida na minha mão que segura o machado, parecia que um cachorro ou lobo tivesse feito isso. Depois que falo com o fetiche eu escuto uma resposta.

Espirito - Garou! Meu mestre era um bom garou, ele era um ótimo caçador. Você caça também?

Não esperava por isso. Não sabia que os espiritos em fetiches conseguia conversar com os outros.

A voz era agradável, mas parecia que Roland não estava interessado no espírito.

Roland - Era o que procurava? Esse machado foi pego com um homem estranho, ele pegou prisão perpetua pois foi acusado de sequestro e invasão de privacidade várias vezes seguidas. Não sei o que aconteceu com ele.

Respondo com alegria na voz para Roland e também para o espírito no fetiche.

Ronny - Sim, eu caço também, nobre espírito, eu realmente não esperava que fosse encontrar um fetiche. Sim, meu parceiro, era o que eu procurava, um machado com um espírito preso, mas que tipo de espírito?

Espirito - Meu verdadeiro dono prendeu eu e meus irmãos de matilha em seis machados iguais, caçavamos juntos. Isso foi há bastante tempo. Agora você é meu dono?

Dou um sorriso e digo emocionado sentindo o espírito fluindo comigo.

Ronny - Sim, eu vim até aqui por você. Irei dar um uso para você em breve. Diga-me, é um espírito animal, mas que tipo? Conte sua historia, por favor.

Talvez seja um lobo, mas não sei, pelo modo de agir parece mais um cão.

Seguro com reverencia o machado com as duas mãos e escuto o que ele tem a dizer.





Frases de Ronny
- Você não deve esperar de mim nada além de escárnio, lisonja e mentiras. E jamais dê as costas para mim, filho da puta!
- Eu sou tolo por dizer que você é um idiota de primeira e apontar seus erros? Não há tolice maior do que ficar contra mim, é justamente isso que você fez, tolo.
- Inimigos suficientemente perfurados, mordidos, partidos ou explodidos, ou seu dinheiro de volta.
- Eu perguntei se eles queriam resolver tudo de um modo fácil. Fácil para mim.
- "Totalmente" é o meu modo favorito de FUDER as coisas!


Narração
- Minha Fala -
Pensamento
[Sobre a Rolagens de dados e detalhes do Sistema]
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  Sombra do Ódio em Ter 21 Ago 2012 - 15:24

Off: Caiu a maldita luz enquanto estava terminando de escrever, perdi tudo e sinceramente não estou com o menor saco para escrever tudo novamente e detalhadamente.

Espirito - Antigamente um velho mestiço hominídeo com sangue Uktena e Presa de Prata no estado de Washington, EUA, que adorava caçar usando técnicas indígenas e europeias decidiu criar vários fetiches usando espíritos cães de caça e machados, o nome dele era Caçador-Dos-Seis-Ventos, um Ahroun. Ele ao todo criou seis machados idênticos e prendeu seis espíritos iguais em cada um deles, somos todos espíritos Cães de Caça do Caçador, espíritos da ninhada do Cervo. Depois que nosso dono morreu fomos separados, cada um foi levado por alguém, alguns com sorte seguiram juntos, mas eu fiquei sozinho e solitário.

Enquanto isso Roland estava vagando por toda a sala e olhando de maneira séria e atenta para o chão e as prateleiras, ele faz isso por um bom tempo e retorna até o Garou e diz na sua voz séria.

Roland - Não é preciso ser um investigador para saber que você encontrou exatamente o que queria e está satisfeito, bem, fico feliz por você. Vasculhei bem a sala para certificar que sua passagem aqui não será notada, claro, o machado vai ficar faltando. Achei esses três fios de cabelo seu. Tome, guarde essas porcarias em seu bolso, esconda esse machado e vamos continuar, vamos para sala tentar conseguir alguma coisa daquelas pessoas.

Roland joga três fios de cabelo castanho escuro nas mãos de Ronny. O fantasma fica fiscalizando cada movimento do Garou e certificando que ele deixei tudo no lugar e sem pistas, depois disso eles saem da sala com pressa, assim que o machado esteja escondido eles volta até o salão onde estava ocorrendo a cerimonia, as pessoas continuam bebendo tranquilamente e conversando, não existia sinal da policial baixinha, mas Roland leva Ronny diretamente até onde o ex-parceiro de Roland e o outro policial conversavam com um homem de terno bem elegante e outros dois homens também usando ternos de menor elegância. Era o ex-parceiro de Roland em estava falando naquele grupo de pessoas enquanto os outros apenas escutavam com respeito.

Matthew Park - Foi uma tristeza a morte dele, mas antes disso ocorrer ele estava estranho, ele devia ter se aposentado logo, estava envelhecido demais para continuar nesse duro trabalho. Pediu transferência para cá pois disse que não aguentava mais fazer o trabalho pesado, imagina como isso foi um choque para mim?



Narração
Pensamentos
(Ativação de Dons ou rolagens de dados)


"Muda tua mente ou eu a mudarei para ti." - Sombra do Ódio, Senhor das Sombras Philodox e Impuro.

Ficha do Sombra do Ódio - Senhor das Sombras, Philodox, Impuro e Cliath.
Ficha de Orlando Wayne - Fomor e parente dos Andarilhos do Asfalto.
avatar
Sombra do Ódio
Admin
Admin

Mensagens : 579
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Qua 22 Ago 2012 - 3:47

Escuto a atentamente o que o espírito no fetiche dizia para mim, e ignorava as ações de Roland, confiava no que ele estava fazendo. Depois de terminado tudo procuro "sumir" com o fetiche tentando fazer o mesmo que faço quando vou para forma crinos em que as roupas viram "tatuagens". Coloco seguindo o mesma esquema que usei para tirar a tampa da caixa e sigo com Roland novamente até a cerimônia. Chegando lá vou direto até o ex-parceiro dele, apenas entro no grupinho e escuto o que ele dizia.





Frases de Ronny
- Você não deve esperar de mim nada além de escárnio, lisonja e mentiras. E jamais dê as costas para mim, filho da puta!
- Eu sou tolo por dizer que você é um idiota de primeira e apontar seus erros? Não há tolice maior do que ficar contra mim, é justamente isso que você fez, tolo.
- Inimigos suficientemente perfurados, mordidos, partidos ou explodidos, ou seu dinheiro de volta.
- Eu perguntei se eles queriam resolver tudo de um modo fácil. Fácil para mim.
- "Totalmente" é o meu modo favorito de FUDER as coisas!


Narração
- Minha Fala -
Pensamento
[Sobre a Rolagens de dados e detalhes do Sistema]
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  Sombra do Ódio em Qua 22 Ago 2012 - 14:56

Ronny consegue fazer o fetiche sumir, o machado assume uma forma de um grande machado tatuagem no tronco do Garou, parecia mais uma daquelas tatuagens grandes e estranhas que alguns jovens fazem. Ao voltar para o salão ele entra no meio da turma onde os dois homens que ele tentaria investigar estavam conversando com outras pessoas. Dos cinco homens, o homem do terno mais elegante, o policial do distrito e um dos homens mais próximos de Ronny, o que está usando um terno mais simples. Eles notam o Garou e parecem sentirem incomodados com o Garou. Era a Maldição em ação, Ronny era um Ragabash com muita Fúria. Roland procurava desviar de qualquer contato que estivesse próximo de atingir seu "corpo", mas tentava ficar o mais próximo possível do grupo. O homem de terno que pareceu não sentir nenhum desconforto diz.

Primeiro Homem de terno - Infelicidades como essas sempre acontecem, existem aqueles que pensam que temos menos problemas, estão errados, Vancouver é perigosa principalmente por culpa dessas Gang's e também por culpa desses tipinhos que vem até aqui vindos da Ásia, eu sou a favor de deportação desses imigrantes, não queremos virar uma Flórida? Não? Eu sinceramente não gosto do calor.

Matthew e o outro policial força uma risada falsa, mas os outros dois homens parecem não acharem graça naquelas palavras. Matthew diz.

Matthew - Bem, por mim fazíamos o mesmo. Deviamos prender esses Indianos, já provou a comida deles? É um crime aquilo.

Aquilo parece aliviar um pouco o clima, todos os cinco homens riem daquilo. Matthew toma um gole de seu copo e olha para Ronny pela primeira vez, ele parece achar divertido e ao mesmo tempo uma audácia aquele garoto estar juntinho com o grupo. Ele aponta para Ronny ainda tomando um gole da sua bebida, todos olham para o Garou, depois de tomar sua bebida Matthew abaixa o copo e diz para Ronny.

Matthew - Quem diabos é você? Filho de alguém aqui? Se for filho de gente importante então está tudo bem, caso contrario pode dar no pé, somos bons amigos e gente de importância nesse circulo. Claro, tirando o Denis.

Ele faz sinal para o outro policial, aquele parecia ser de um tipo bem estranho, ele quase sempre batia os dentes de nervosismos.


Narração
Pensamentos
(Ativação de Dons ou rolagens de dados)


"Muda tua mente ou eu a mudarei para ti." - Sombra do Ódio, Senhor das Sombras Philodox e Impuro.

Ficha do Sombra do Ódio - Senhor das Sombras, Philodox, Impuro e Cliath.
Ficha de Orlando Wayne - Fomor e parente dos Andarilhos do Asfalto.
avatar
Sombra do Ódio
Admin
Admin

Mensagens : 579
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Qua 22 Ago 2012 - 20:50

Alguns dos homens parecem sentir incomodo comigo, eu era um Ragabash bem fora de alguns padrões, poderia me virar em uma briga até que relativamente bem se comparado a alguns Garous de outros Augúrios. Apenas fico próximo sem tentar levantar qualquer suspeita. Noto que alguns deles tinham uma vontade mais fraca, o policial parecia ser em especial ansioso e inseguro, então Matthew fala comigo de maneira teatral.

Esse cuzão parece um Galliard enrustido que vemos em algumas tribos.

Matthew - Quem diabos é você? Filho de alguém aqui? Se for filho de gente importante então está tudo bem, caso contrario pode dar no pé, somos bons amigos e gente de importância nesse circulo. Claro, tirando o Denis.

[Uso Dom Mentiras com Mentiras, não sei se o Persuasão conta, afinal usa Raciocínio nas rolagens. Se só conseguir enganar uma pessoa escolho o Matthew, mas acho que posso usar rolagens sociais depois para tentar enganar os outros normalmente.]

Ronny - Sou Augusto Borton, estudante de jornalismo e estou planejando escrever um livro contanto sobre a vida de Roland, alguns estúdios de Hollywood demonstraram interessa na historia e também planejam lançar uma série voltada em historias verídicas de detetives. Se não sou importante agora, serei em breve. Então, alguns dos senhores tem algo mais para dizer sobre Roland ou outros casos parecidos?





Frases de Ronny
- Você não deve esperar de mim nada além de escárnio, lisonja e mentiras. E jamais dê as costas para mim, filho da puta!
- Eu sou tolo por dizer que você é um idiota de primeira e apontar seus erros? Não há tolice maior do que ficar contra mim, é justamente isso que você fez, tolo.
- Inimigos suficientemente perfurados, mordidos, partidos ou explodidos, ou seu dinheiro de volta.
- Eu perguntei se eles queriam resolver tudo de um modo fácil. Fácil para mim.
- "Totalmente" é o meu modo favorito de FUDER as coisas!


Narração
- Minha Fala -
Pensamento
[Sobre a Rolagens de dados e detalhes do Sistema]
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  Sombra do Ódio em Qui 23 Ago 2012 - 1:50

(Não vou relevar seus sucessos. O dom não é uma rolagem social, sendo assim Persuasão não tem efeito assim como a Maldição. Registrando que você tem agora 6 pontos de Força de Vontade.)

Ronny - Sou Augusto Borton, estudante de jornalismo e estou planejando escrever um livro contanto sobre a vida de Roland, alguns estúdios de Hollywood demonstraram interessa na historia e também planejam lançar uma série voltada em historias verídicas de detetives. Se não sou importante agora, serei em breve. Então, alguns dos senhores tem algo mais para dizer sobre Roland ou outros casos parecidos?

Matthew balança a cabeça, ele parece ficar interessado e acreditar, os outros parecem menos crédulos com essa historia, mas nenhum contesta nada. Matthew fala com Ronny com mais educação e respeito.

Matthew - Bem, senhor Borton. Eu sou ex-parceiro de Roland, conhecia bem ele. Se quiser posso ajudar você em particular. Pegue meu cartão.

O homem retira um cartão com endereço e telefone. Era o endereço de seu escritório assim como o número do telefone de lá, mas tinha o número da casa e do celular também. Roland diz para Ronny.

Roland - Sua mentira enganou o desgraçado, mas parece que não enganou bem os outros. Acho melhor evitar sumir com Matthew apesar de tudo, esses caras vão guardar bem seu rosto. Você vai virar suspeito caso ele desapareça.

A aparição estava parado atrás de Ronny e olhando constantemente para os lados como um guarda-costas. As coisas pareciam estar indo bem até demais, Ronny também sentia a vitalidade do fetiche em sua carne, ele poderia jurar que aguentaria qualquer coisa.


Narração
Pensamentos
(Ativação de Dons ou rolagens de dados)


"Muda tua mente ou eu a mudarei para ti." - Sombra do Ódio, Senhor das Sombras Philodox e Impuro.

Ficha do Sombra do Ódio - Senhor das Sombras, Philodox, Impuro e Cliath.
Ficha de Orlando Wayne - Fomor e parente dos Andarilhos do Asfalto.
avatar
Sombra do Ódio
Admin
Admin

Mensagens : 579
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Qui 23 Ago 2012 - 20:55

Julgo que só funcionou com o Matthew, ele é quem importa.

Roland - Sua mentira enganou o desgraçado, mas parece que não enganou bem os outros. Acho melhor evitar sumir com Matthew apesar de tudo, esses caras vão guardar bem seu rosto. Você vai virar suspeito caso ele desapareça.

Você está querendo ensinar o cachorro mijar?

Digo usando o Dom Persuasão para enganar os outros. Procuro usar meu melhor e enganar todos eles dizendo com minha voz controlada.

Ronny - Certo, detetive, irei marcar para próxima terça, sem problemas, não? Essa semana não posso.

Posso sumir com ele hoje se quiser e essas panacas vão acreditar que vou me encontrar com ele só na próxima semana.





Frases de Ronny
- Você não deve esperar de mim nada além de escárnio, lisonja e mentiras. E jamais dê as costas para mim, filho da puta!
- Eu sou tolo por dizer que você é um idiota de primeira e apontar seus erros? Não há tolice maior do que ficar contra mim, é justamente isso que você fez, tolo.
- Inimigos suficientemente perfurados, mordidos, partidos ou explodidos, ou seu dinheiro de volta.
- Eu perguntei se eles queriam resolver tudo de um modo fácil. Fácil para mim.
- "Totalmente" é o meu modo favorito de FUDER as coisas!


Narração
- Minha Fala -
Pensamento
[Sobre a Rolagens de dados e detalhes do Sistema]
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  Sombra do Ódio em Sex 24 Ago 2012 - 0:30

O detetive balança a cabeça concordando, os outros homens parecem sentir que o clima está mais leve, então todos recomeçam a conversa novamente. O homem de terno mais chique diz para todos.

Homem de terno chique - Bem, Vancouver é assim mesmo, somos foco de grande interesse Hollywoodiano, muitos aproveitam isso e fazem um bom dinheiro, claro, isso traz dinheiro para nossa prefeitura também.

Roland parece sentir que as coisas estão resolvidas, ele diz para Ronny com um tom calmo.

Roland - Parece que acertei em chamar você para me ajudar, convenceu eles. Minha vingança estava me cegando, queria que fosse tudo hoje, mas talvez realmente devemos ter calma, eu tenho agora todo o tempo da eternidade para cuidar disso.

O policial ansioso chamado Denis parece estar quase explodindo, talvez a Maldição estivesse afetando com muita força ele. Roland parece notar isso e diz para Ronny.

Roland - Esse garoto tinha vinte e um anos quando morri, ele já trabalhava aqui há algum tempo, estranhamente parece que envelheceu cinco anos no máximo. Ele parece estar mais incomodado com toda essa cerimonia, Matthew tem sangue frio, esse parece ter água no sangue. Ele ia cantar como um passarinho se você der uma prensa nele.

Os homens continuam conversando e parecem aceitar a presença de Ronny, Denis quem parecia quase estourando de medo, ele tenta falar com Matthew alguma coisa, mas estava gaguejando e foi interrompido pelos outros homens. Ele parece ver que ninguém dava atenção para ele, então se afasta saindo do salão. Nenhum dos outros homens parece ligar para isso. Roland aparentemente sorri para Ronny e diz.

Roland - Parece que podemos conseguir um interrogatório antes do previsto.


Narração
Pensamentos
(Ativação de Dons ou rolagens de dados)


"Muda tua mente ou eu a mudarei para ti." - Sombra do Ódio, Senhor das Sombras Philodox e Impuro.

Ficha do Sombra do Ódio - Senhor das Sombras, Philodox, Impuro e Cliath.
Ficha de Orlando Wayne - Fomor e parente dos Andarilhos do Asfalto.
avatar
Sombra do Ódio
Admin
Admin

Mensagens : 579
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Dom 26 Ago 2012 - 2:00

Roland - Parece que acertei em chamar você para me ajudar, convenceu eles. Minha vingança estava me cegando, queria que fosse tudo hoje, mas talvez realmente devemos ter calma, eu tenho agora todo o tempo da eternidade para cuidar disso.

Você sim, mas eu não.

O policial estava quase melando as calças, como Roland havia contato esse lugar tinha "policiais" e policias. Grande parte era civis que no bom espírito Canadense gostavam de fingir que ajudavam o mundo.

Roland - Esse garoto tinha vinte e um anos quando morri, ele já trabalhava aqui há algum tempo, estranhamente parece que envelheceu cinco anos no máximo. Ele parece estar mais incomodado com toda essa cerimonia, Matthew tem sangue frio, esse parece ter água no sangue. Ele ia cantar como um passarinho se você der uma prensa nele.

Prefiro não encarar o tal "rapaz", mas assim que tivesse chance gostaria de colocar minhas garras nele. Então finalmente Denis vaza, ninguém parece dar a mínima para ele fora eu e Roland.

Roland - Parece que podemos conseguir um interrogatório antes do previsto.

Mas depois do cartão não quero ser marcado com o desaparecimento dele. Tenho que disfarças minha ações.

Digo da forma mais educada possível para os homens do grupo.

Ronny - Mil perdões, senhores... mas devo conversar e escutar outras pessoas. Com as suas licenças.

Tento parecer o mais natural possível e não sigo diretamente Denis. Caso tenha alguma oportunidade para me comunicar com Roland apenas digo baixo e rápido.

Ronny - Disfarçando. Siga ele, vou daqui a pouco.

Procuro disfarçar indo de encontrou outro grupo, em especial a pequena policial que, Susie. Troco algumas palavras seja com quem for e depois disso vou atrás de maneira discreta do policial Denis.

[Rolagens sociais se achar que deve rolar. Ativo o dom Silêncio]





Frases de Ronny
- Você não deve esperar de mim nada além de escárnio, lisonja e mentiras. E jamais dê as costas para mim, filho da puta!
- Eu sou tolo por dizer que você é um idiota de primeira e apontar seus erros? Não há tolice maior do que ficar contra mim, é justamente isso que você fez, tolo.
- Inimigos suficientemente perfurados, mordidos, partidos ou explodidos, ou seu dinheiro de volta.
- Eu perguntei se eles queriam resolver tudo de um modo fácil. Fácil para mim.
- "Totalmente" é o meu modo favorito de FUDER as coisas!


Narração
- Minha Fala -
Pensamento
[Sobre a Rolagens de dados e detalhes do Sistema]
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  Sombra do Ódio em Dom 26 Ago 2012 - 20:09

[Rolagem secreta do Dom, revelo os resultados se você desejar isso ou deixo secreto.]

Ronny - Mil perdões, senhores... mas devo conversar e escutar outras pessoas. Com as suas licenças.

Os homens apenas acenam ou fazem qualquer outro sinal de compreensão e deixam o Garou seguir sem caminho sem mais perguntas. Ronny se afasta, quando tem um momento para falar alguma enquanto estava indo até o próximo grupo de pessoas ele diz para Roland.

Ronny - Disfarçando. Siga ele, vou daqui a pouco.

O fantasma apenas resmunga e vai atrás de Denis, Ronny fica perto daquele grupo por um tempo, era dois homens velhos usando ternos e uma velha de vestido conversando sobre inflação. Nenhum sinal de Susie, ao menos até estar quase saindo do salão. Ela ela vê Ronny e anda de maneira meio cômica e com pressa até o Garou, ela chega e pergunta em um tom de voz cauteloso.

Susie - Oi. Stock. Perdão, nem ao menos sei seu primeiro nome, apenas o seu sobrenome, imagino que use o da sua mãe, certo?

Depois da resposta ela diz de maneira calma com aquela voz forte dela.

Susie - Tome meu cartão, e o número da minha casa, qualquer coisa pode vir falar comigo, como falei eu era amigo de seu pai e sua mãe. Compreendo se nunca mais te ver, mas ainda sim quero te ajudar, se cuida, garoto.

As palavras da mulher eram sinceras, mas Ronny estava vivendo uma mentira. Ela sorri e deixa Ronny ir embora sem falar mais nada, o cartão que ela entregou para Ronny não era um cartão profissional que nem de Matthew, era um pedaço de papel simples que nem poderia ser chamado de cartão, estava escrito com caneta azul o número da casa dela e o endereço. Ronny segue o rastro de Roland, talvez fosse alguma coisa que só os Peregrinos Silenciosos eram capazes. Ele tem impressão de ver uma trilha negra e fria. Parece que Denis e Roland tinham saído por outro lugar em vez de ser pela porta de entrada da delegacia. O caminho segue um corredor mais largo e escuro do que o que levava para sala de evidencias. Uma porta de saída de incêndio estava fechada logo a sua frente no final do corredor, sem dúvida os dois saíram por ali. Ronny abre a porta e vê Denis fumando encostado em um muro velho de tijolos, não era uma rua mas um beco, ele parece estar ansioso e fumava como se nunca tivesse feito isso antes. Roland estava parado em frente do homem e o encarando. Até Ronny sente medo com o jeito que Roland estava parado encarando o homem vivo.


Narração
Pensamentos
(Ativação de Dons ou rolagens de dados)


"Muda tua mente ou eu a mudarei para ti." - Sombra do Ódio, Senhor das Sombras Philodox e Impuro.

Ficha do Sombra do Ódio - Senhor das Sombras, Philodox, Impuro e Cliath.
Ficha de Orlando Wayne - Fomor e parente dos Andarilhos do Asfalto.
avatar
Sombra do Ódio
Admin
Admin

Mensagens : 579
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Seg 27 Ago 2012 - 0:52

Susie - Oi. Stock. Perdão, nem ao menos sei seu primeiro nome, apenas o seu sobrenome, imagino que use o da sua mãe, certo?

Dou um nome falso ou não? Merda.

Tento falar de maneira confiante para ela.

Ronny - Peter, uso o sobrenome dela.

Susie - Tome meu cartão, e o número da minha casa, qualquer coisa pode vir falar comigo, como falei eu era amigo de seu pai e sua mãe. Compreendo se nunca mais te ver, mas ainda sim quero te ajudar, se cuida, garoto.

Pego o papel e dou uma olhada, ela anotou o telefone da casa dela e o endereço da casa, apenas aceno com a cabeça me despedindo dela.

Não é certo enganar ela assim, mas pode ser útil. Vou contar para o Roland e ver o que ele acha disso.

Saio do salão e vejo de alguma forma uma trilha fria e negra no ar. Talvez Roland tivesse feito isso de propósito, talvez não. Apenas sigo com cuidado, pena ainda não saber ocultar minha presença como alguns outros Ragabash sabem. Apenas sei ocultar meus sons. Procuro escutar bem se estou fazendo algum ruido para ter certeza ou não que o Dom está funcionando, depois disso continuo seguindo a trilha até uma porta de saída de emergência de incêndios. O policial Denis estava fumando encostado em um muro e Roland estava parado encarando o homem. procuro ver antes de tudo se aquele beco estava vazio fora eles, e também procuro notar as saídas do beco e se alguma dava na rua onde eu tinha estacionando minha moto.

A questão é, esse cuzão pode fugir de mim, gritar e atrair atenção indesejada, de qualquer forma todas as pequenas prevenções que tomamos para manter minha presença oculta serão reveladas de algo der errado.

Procuro ficar fora da vista de Denis e analisando cada coisa que consigo notar no beco antes de agir. Assim que percebo que está tudo certo, que existe uma rota de fuga para mim eu vou até Denis da maneira mais furtiva possível e procuro imobilizar ele e tampar a boca do desgraçado para evitar gritos.





Frases de Ronny
- Você não deve esperar de mim nada além de escárnio, lisonja e mentiras. E jamais dê as costas para mim, filho da puta!
- Eu sou tolo por dizer que você é um idiota de primeira e apontar seus erros? Não há tolice maior do que ficar contra mim, é justamente isso que você fez, tolo.
- Inimigos suficientemente perfurados, mordidos, partidos ou explodidos, ou seu dinheiro de volta.
- Eu perguntei se eles queriam resolver tudo de um modo fácil. Fácil para mim.
- "Totalmente" é o meu modo favorito de FUDER as coisas!


Narração
- Minha Fala -
Pensamento
[Sobre a Rolagens de dados e detalhes do Sistema]
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  Sombra do Ódio em Ter 28 Ago 2012 - 21:10

O Garou vê que o beco é padrão, duas saídas de lados opostos, um dava certamente para uma área mais adiante da rua que ele tinha percorrido e estacionando a moto, o outro dava em uma rua desconhecida por ele, mas de aspecto normal, o beco é largo o suficiente até mesmo para um caminhão passar, mas ainda sim tinha pouco uso e não existia ninguém além dos três por ali, muito menos existia passando nas ruas até onde ele viu, e o beco era longo, alguém passando de carro simplesmente não ia conseguir dar uma boa olhada para dentro do beco mesmo se importasse. Denis fumava concentrado sem dar qualquer atenção, ele olhava apenas para o chão e para o cigarro. Ronny não tinha como pegar Denis de costas, já que o outro estava apoiado no muro, única coisa que restá e ir calmanente e silenciosamente pela lateral do beco bem encostado ao muro, ele segue assim, por sorte o homem não está escutando barulho nenhum, mesmo quando a roupa do Garou raspa um pouco nos tijolos do muro. Mas quando estava à dois metros do homem ele nota Ronny andando silenciosamente, ele fica perplexo mas logo gritaria, mas do nada ele parece ser atingido por um soco na boca. Era Roland, a aparição acerta com força Denis, o homem parece ficar atordoado com aquilo e bate a cabeça na parte de trás do muro. Ele em seguida escorrega colado ao muro e cai devagar. Ronny o segura firme tampa a boca do homem, ele está dominado. Mas ainda estava armado com um spray de pimenta, um cassetete e uma pistola leve. Tudo no cinto de policial. Roland então diz como de costume.

Roland - Por pouco. Mas é agora? Não existe como você interrogar ele aqui no beco, não existe nenhum lugar que você possa levar ele por perto, e além do mais sua moto não ajuda em nada...

Roland fica calado por algum motivo. Ronny não enxerga, mas sente um par de mãos diferentes sendo colocadas em cada ombro seu. Uma outra mão o pega pelo braço esquerdo, parece ser do mesmo tamanha da mão no seu ombro esquerdo, o mesmo ocorre no braço e ombro direito, ele apenas se sente sendo levantado e afastado de Denis.


Narração
Pensamentos
(Ativação de Dons ou rolagens de dados)


"Muda tua mente ou eu a mudarei para ti." - Sombra do Ódio, Senhor das Sombras Philodox e Impuro.

Ficha do Sombra do Ódio - Senhor das Sombras, Philodox, Impuro e Cliath.
Ficha de Orlando Wayne - Fomor e parente dos Andarilhos do Asfalto.
avatar
Sombra do Ódio
Admin
Admin

Mensagens : 579
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Qua 29 Ago 2012 - 9:39

Não existia escolha a não ser tentar andar colocado ao muro e tentar surpreender ele atacando de lado. Procuro fazer exatamente isso, parecia que o Dom estava funcionando pois minhas roupas não faziam barulho enquanto raspavam nos tijolos. Mas quando eu estava perto o homem repara minha presença e comportamento estranho, mas antes de reagir ferrando tudo Roland dá um soco no filha da mãe.

Esse bastardo é cheio de truques, ele está realmente usando um corpo ou não?

Rapidamente seguro ele e tampo sua boca para evitar qualquer grito, já estava preparando para retirar suas armas quando Roland fala.

Roland - Por pouco. Mas é agora? Não existe como você interrogar ele aqui no beco, não existe nenhum lugar que você possa levar ele por perto, e além do mais sua moto não ajuda em nada...

Então o fantasma se cala e logo sinto dois pares de mãos me agarrando, procuro olhar para trás e reagir a tudo isso, uso de minha fúria para tentar aumentar minha força mesmo em hominídeo e procuro me livrar do agarrarão, ao mesmo tempo procuro reagir dizendo alguma coisa de maneira baixa e controlada.

[Rolagem Social se possível com o Dom Persuasão ativo, 1 ponto de Fúria para aumentar minha Força e procuro me livrar dos agarrações como ação normal.]

Ronny - Me soltem. Esse cara é um desgraçado.





Frases de Ronny
- Você não deve esperar de mim nada além de escárnio, lisonja e mentiras. E jamais dê as costas para mim, filho da puta!
- Eu sou tolo por dizer que você é um idiota de primeira e apontar seus erros? Não há tolice maior do que ficar contra mim, é justamente isso que você fez, tolo.
- Inimigos suficientemente perfurados, mordidos, partidos ou explodidos, ou seu dinheiro de volta.
- Eu perguntei se eles queriam resolver tudo de um modo fácil. Fácil para mim.
- "Totalmente" é o meu modo favorito de FUDER as coisas!


Narração
- Minha Fala -
Pensamento
[Sobre a Rolagens de dados e detalhes do Sistema]
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  Sombra do Ódio em Qui 30 Ago 2012 - 4:28

Mesmo ficando mais forte, Ronny não tinha força o suficiente naquela forma para escapar, ele olhando para trás vê brevemente dois homens de pele morena, um mais claro e o outro mais escuro, os dois mais velhos do que ele. Então o Garou apela para as palavras.

Ronny - Me soltem. Esse cara é um desgraçado.

Um dos homens que o estava segurando fala de maneira desdenhosa bem parecido com o jeito que o Ragabash dizia tantas vezes.

1? - Não nos diga, rapaz. Agora fica quietinho.

Ronny sente alguém chutando sua perna na parte traseira do joelho, aquilo tira todo o equilíbrio e o Garou cai de joelhos. Novamente a primeira voz fala, mas dessa vez era para o outro homem que estava segurando Ronny.

1? - Não precisava disso.

O outro que ainda não tinha falado responde com uma voz raivosa e forte.

2? - Cale a boca, seu idiota, eu mando aqui.

Roland parece tentar ajudar Ronny, ele já estava quase dando o soco em um dos captores quando ele próprio leva um soco onde seria a barriga da aparição, Roland para estar mais surpreso em ter sido visto do que ter sido atacado. Então uma voz naturalmente alta, ríspida e apenas um pouco grossa diz.

3? - Não, quem manda aqui sou eu, apenas te dei liberdade para agir primeiro, mas não para praticar atos violentos desnecessários. Soltem o garoto, levem o policial daqui.

Ronny é solto, assim que ele se vira vê quatro novas pessoas no beco. Dois dos homens que estavam segurando ele, o ultimo que falara e dera as ordens e uma mulher segurando Roland de maneira estranha pelos braços da aparição, Ronny reconhece ela, tinha visto ela no Pub de Fergus hoje mesmo e ontem de noite.

1:
2:
3:
4:

O homem negro chega perto de Ronny, ele parece ter 2,12 de altura ou mais, ele olha bem para o Garou e então diz de maneira forte, Ronny escuta atentamente ao comando do homem.

Mansin Caanan - Sou Mansin Caanan. Mas o que interessa mesmo é meu outro nome, sou Anúbis do Ébano, entende bem?

Os outros dois seguram Denis pelas pernas e pelos braços e começam a sair pela outra rua do beco onde Ronny não tinha estado ainda. O homem fala novamente com Ronny, dessa vez ele faz uma expressão de severidade.

Mansin Caanan - Muito dos nossos lidam com aparições dos humanos mortos, buscam vingança entre outras tarefas, mas poucos colocam tanto a perder como você. Aqui não é lugar para conversar. Você vai com ela, seu camarada fantasma vai ficar preso junto dela, voltem para o Pub, não faça nada de errado com minha companheira de matilha senão você vai sofrer. Ela explicará mais detalhes, estamos te ajudando. Entenda.

O homem começa a ir pelo mesmo caminho que os outros dois, uma van para em frente ao beco, as portas traseiras são abertas e Denis é jogado lá dentro, a mulher desconhecida solta uma das mãos que estavam prendendo Roland e tira uma especie de pote negro feito de pedra com uma tampa de vidro, ela abre aquilo e Ronny apenas escuta Roland protestando e xingando enquanto seu "corpo" é sugado para dentro daquele estranho pote, assim que Roland está preso ela guarda o pote e diz rapidamente para Ronny.

Mulher - Vamos dar o fora daqui em sua moto, saiba que Anúbis do Ébano sempre é leal com suas palavras. E eu mesma sei me cuidar. Vamos embora, sem gracinhas. O Escaravelho nós observa.

Ela dá as costas para Ronny e segue para a rua onde a moto do Garou estava estacionada.


Narração
Pensamentos
(Ativação de Dons ou rolagens de dados)


"Muda tua mente ou eu a mudarei para ti." - Sombra do Ódio, Senhor das Sombras Philodox e Impuro.

Ficha do Sombra do Ódio - Senhor das Sombras, Philodox, Impuro e Cliath.
Ficha de Orlando Wayne - Fomor e parente dos Andarilhos do Asfalto.
avatar
Sombra do Ódio
Admin
Admin

Mensagens : 579
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Qui 30 Ago 2012 - 10:46

Off: Sombra, cria uma "mini-ficha" como eu faço contendo meus atributos, pontos de Fúria, Gnose, Força de Vontade e Dons Ativos. Valeu?

Minha tentativa de libertação falha, eram dois, e eu não ia mudar de forma ali. Vejo brevemente que eram dois homens de peles morenas.

Talvez de origem árabe, não sei, com sorte são aliados. Não senti nenhum perigo.

Então os homens começam a falar, um fala como eu mesmo, o outro era mais bruto e rancoroso. Levo um chute na parte traseira da perna e caio de joelhos.

1? - Não nos diga, rapaz. Agora fica quietinho.

1? - Não precisava disso.

2? - Cale a boca, seu idiota, eu mando aqui.

Roland parecia estar em má situação também, não consigo ver ele direito, então uma voz ainda mais potente do que o que me chutou fala para todos.

3? - Não, quem manda aqui sou eu, apenas te dei liberdade para agir primeiro, mas não para praticar atos violentos desnecessários. Soltem o garoto, levem o policial daqui.

Quem diabos é esse pessoal?

Os homens que estavam me segurando me soltam. Agora consigo ver melhor os dois homens que estavam me segurando, e vejo também o homem que pediu para eu ser solto e repreendeu o que me chutou. Também vejo uma mulher, reconheço ela. É a mesma que vi no Ilha Esmeralda.

Estavam me seguindo e vigiando, mas são inimigos ou não?

O homem negro alto parecia liderar o grupo, ele chega perto, eu me levanto enquanto ele chega perto e procuro ficar em uma posição melhor para me defender. O homem então fala com uma voz de comando para mim.

Mansin Caanan - Sou Mansin Caanan. Mas o que interessa mesmo é meu outro nome, sou Anúbis do Ébano, entende bem?

Mansin... Anúbis do Ébano, isso me parece nome Garou, nome dos Peregrinos Silenciosos.

Respondo de maneira mais tranquila.

Ronny - Sim, eu te compreendo, irmão.

Os outros dois homens pegam Denis e começam a carregar ele para longe de Ronny, me sinto um pouco puto com isso mas não faço nada. Ele fala novamente, e com severidade no rosto.

Mansin Caanan - Muito dos nossos lidam com aparições dos humanos mortos, buscam vingança entre outras tarefas, mas poucos colocam tanto a perder como você. Aqui não é lugar para conversar. Você vai com ela, seu camarada fantasma vai ficar preso junto dela, voltem para o Pub, não faça nada de errado com minha companheira de matilha senão você vai sofrer. Ela explicará mais detalhes, estamos te ajudando. Entenda.

Puta que pariu! Sempre sou bem ajudado, por Gaia!

Assinto com a cabeça, entendia ao menos que estava em uma situação perigosa pois não teria para onde levar o homem, mas fora isso não vejo tantos problemas.

Ele sabe que iria vingar Roland, mas eu não sou burro de fazer isso sozinho, depois disso aqui ia pedir ajuda para outros Garou.

O homem começa a ir embora seguindo os outros dois, eles reivindicam Denis para eles e logo aparece uma van, eles jogam o corpo do homem desacordado na parte traseira e vão embora, enquanto isso a mulher misteriosa estava fazendo algo com Roland, era tarde de mais, Roland estava sendo preso e xingava com isso, a mulher estava sugando ele usando algum tipo de pote negro, fico puto com isso, mas antes de tomar alguma providencia a mulher diz para mim.

Mulher - Vamos dar o fora daqui em sua moto, saiba que Anúbis do Ébano sempre é leal com suas palavras. E eu mesma sei me cuidar. Vamos embora, sem gracinhas. O Escaravelho nós observa.

Ela dá as costas e começar a ir para rua onde eu tinha parado a moto, sigo ela de maneira nervosa, quando estávamos quase saindo do beco eu falo para ela de maneira nervosa.

Ronny - Sim, ok, sim, ok. Foda-se. Adianta alguma porcaria, não gosto de ser forçado a comer merda e ficar quieto. Entendi que são meus iguais por assim dizer, mas ainda sim não suporto ser deixado as cegas e ser tratado desse jeito.

Procuro encarar ela nos olhos. Depois completo de maneira firme.

Ronny - Sei que não tinha como tirar o cara daqui sem ser visto, mas ainda sim preciso interrogar ele. Eu e Roland, o que você "guardou" no bolso...

Vou até minha moto de maneira discreta com ela, só tinha um capacete, eu coloco ele. Ela teria que ficar sem, e isso poderia dar merda caso a policia visse eu dando carona para alguém assim. Dou partida na moto e começo a voltar para o Ilha Esmeralda, procuro ir pelo caminho mais curto possível e ser chamar a atenção.





Frases de Ronny
- Você não deve esperar de mim nada além de escárnio, lisonja e mentiras. E jamais dê as costas para mim, filho da puta!
- Eu sou tolo por dizer que você é um idiota de primeira e apontar seus erros? Não há tolice maior do que ficar contra mim, é justamente isso que você fez, tolo.
- Inimigos suficientemente perfurados, mordidos, partidos ou explodidos, ou seu dinheiro de volta.
- Eu perguntei se eles queriam resolver tudo de um modo fácil. Fácil para mim.
- "Totalmente" é o meu modo favorito de FUDER as coisas!


Narração
- Minha Fala -
Pensamento
[Sobre a Rolagens de dados e detalhes do Sistema]
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  Sombra do Ódio em Qui 30 Ago 2012 - 15:33

Ronny - Sim, ok, sim, ok. Foda-se. Adianta alguma porcaria, não gosto de ser forçado a comer merda e ficar quieto. Entendi que são meus iguais por assim dizer, mas ainda sim não suporto ser deixado as cegas e ser tratado desse jeito.

Ela continua sem responder seguindo para moto, não existia ninguém da delegacia vigiando a rua, apenas um carro popular azul passa de maneira casual, os dois estavam no fim do beco, a moto estava à quinze metros dali.

Ronny - Sei que não tinha como tirar o cara daqui sem ser visto, mas ainda sim preciso interrogar ele. Eu e Roland, o que você "guardou" no bolso...

Ronny entra à frente dela para encarar nos olhos. Ela mantem também um olhar fixo nele, então diz em uma voz tímida e cativante cheia de força.

Carmem - Sou Carmem Sulamita, meus pais eram Garou de uma longa descendência cigana. Sou uma Impura, Cliath e Theurge. Seu... amigo... Ele vai ficar preso por um tempo, como você pode chamar uma coisas dessas de amigo? Essas coisas são uma pertubação. Sou Atormentada-Pelos-Invisíveis.

Ela dá uma grande enfase ao dizer seu nome Garou. Ela tira os cabelos do rosto os empurrando para trás com as mãos, ela faz isso com uma graça sobrenatural, Ronny se sente cativo por ela. Ela dá um meio sorriso tímido e continua falando.

Carmen - Todos tem problemas. Sou uma Impura atormentada por tudo e por todos, ao menos tenho algo e sou algo... uma omega de minha matilha.

Eles sobem na moto, ela fica atrás dele e o segura com força, ela parece nem se importar pela falta de capacete. Ronny dá partida na moto e eles pegam o mesmo caminho que Ronny tinha usado anteriormente para chegar até a delegacia. Ela diz para ele enquanto estava dirigindo, ela se aproxima ainda mais e coloca a cabeça próxima ao capacete. O vento atrapalha, mas ainda sim Ronny consegue ouvir o que ela diz.

Carmen - Nunca andei em um desses antes. É tão bom.

O Garou se sente cativado com ela, alguma coisa nela estava mexendo com ele, ao mesmo tempo que ele rapidamente estava gostando dela ele também sentia algo sinistro bem debaixo da pele e da timidez dela. Ele sentia uma sedução quase diabólica e ao mesmo tempo algo puro e inocente. Ela era parecia com Alba, tão bonita quando a Parente, os olhos que eram diferentes, mas de resto elas eram quase idênticas. Eles logo chegam ao Pub de Fergus pela parte traseira do estabelecimento, Fergus estava do lado de fora do portão esperando eles, seu costumeiro sorriso estava em falta. Ele abre o portão para os dois entrarem de moto, assim que desce dela o velho Parente se adianta dizendo.

Fergus - Voltou antes do esperado, não sei o que está acontecendo, mas parece que o destino está em ação. Por favor, entrem. Alba está na cozinha. Carmen, seu amigo está no quarto esperando você, ele me disse que com sorte você voltaria com Ronny.

Fergus parece de alguma mineira estar sendo também afetado por alguma coisa, ele fala de maneira lenta e deprimida, seu rosto parece ter envelhecido mais dez anos. Alba estava na cozinha, assim que Ronny entra ela corre até ele e o beija na boca, mas ao ver Carmen ela fica nervosa e faz uma cara de raiva, então diz cheia de emoção para Ronny.

Alba - Estava preocupada, vi Fergus saindo e esperando no portão e fiquei receosa. Aconteceu alguma coisa grave? Consegui o que queria?

(Ficha adicionada para fácil visualização, seu personagem agora está sendo afetado novamente pelo Defeito Compulsão, o Dom Persuação perdeu o efeito. O Dom Silencio ainda está ativo. Você ainda tem três usos da sua Vantagem Tribal O Presságio da Destruição.)

Ficha de Ronny:

Forma: Hominídeo

Atributos

Físicos
Força 2 + 1 (Ponto de Fúria)
Destreza 3
Vigor 3 + 3 Dados extras provenientes do Fetiche ativo.

Sociais
Carisma 4 (Encantador)
Manipulação 4 (Enganar)
Aparência 3

Mentais
Percepção 4 (Intuitivo)
Inteligência 2
Raciocínio 4 (Perspicaz)

Habilidades (13/9/5)

Talentos:
Prontidão 2
Briga 2
Esquiva 2
Empatia 2
Intimidação 2
Manha 1
Lábia 2

Perícias:
Condução 2
Liderança 1
Furtividade 3
Sobrevivência 3

Conhecimentos:
Enigmas 1
Ocultismo 3
Ritos 1


Antecedentes:
Raça Pura:3

Fúria 6/6
Gnose 4/4
Força de Vontade 6/8 (Recuperou dois pontos ao descobrir o Fetiche e conseguir ativar e conversar com o espirito dele)


Vitalidade:
Ok

Escoriado
Machucado -1
Ferido -1
Ferido Gravemente -2
Espancado -2
Aleijado -5
Incapacitado

Morto


Narração
Pensamentos
(Ativação de Dons ou rolagens de dados)


"Muda tua mente ou eu a mudarei para ti." - Sombra do Ódio, Senhor das Sombras Philodox e Impuro.

Ficha do Sombra do Ódio - Senhor das Sombras, Philodox, Impuro e Cliath.
Ficha de Orlando Wayne - Fomor e parente dos Andarilhos do Asfalto.
avatar
Sombra do Ódio
Admin
Admin

Mensagens : 579
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Sex 31 Ago 2012 - 14:10

Off: Pqp, torrei boa parte da Força de Vontade. Vou economizar um pouco, hauhaua.

Outra Rom, mas Impura? E pelo jeito ela em especial tem um ódio por aparições. E pela Coruja, ela é estranha pra caralho!

Me sinto um pouco perturbado com ela. O jeito dela de agir e falar, o cheiro e todo o resto estava me afetando. Subimos na moto e nós mandamos. Ela estava sem capacete, eu usava um me protegendo do vento, frio e insetos que poderia engolir. Ela se aproxima novamente de maneira estranha e consegue me dizer mesmo com todo aquele vento.

Carmen - Nunca andei em um desses antes. É tão bom.

Me sinto cativado por aquilo, ela estava me influenciando rapidamente, tanto de maneira positiva como negativa, ela parece ser inocente e maculada ao mesmo tempo. Continuo dirigindo tentando ficar concentrado.

Ela parece ter tido uma vida difícil, geralmente isso acontece com todos os impuros. Mas parece ter passado por muita merda extras, os mortos que nos incomodam são um bônus.

Mesmo tentando dirigir ainda me sinto distraido com ela.

Ela é bonita, parece com Alba, os olhos que mudam, prefiro olhos mais claros. Mas ainda sim é uma impura" Nunca escutei nada sobre Garou hominídeos e lupinos com impuros, isso é uma abominação. Alba é uma parente que conheço há anos.

Chegamos finalmente ao Pub, Fergus estava esperando do lado de fora, não esperava por isso.

Será que aconteceu o que?

Entro com a moto e guardo ela no mesmo lugar que estava antes, depois disso vou até Fergus. Ele parece preocupado.

Fergus - Voltou antes do esperado, não sei o que está acontecendo, mas parece que o destino está em ação. Por favor, entrem. Alba está na cozinha. Carmen, seu amigo está no quarto esperando você, ele me disse que com sorte você voltaria com Ronny.

O que eles sabem? E o que está acontecendo? Puta que pariu, estamos todos no meio de uma maré de merda?

Sigo com eles até a cozinha, Alba vem rapidamente me beijar, e novamente mostra ciúmes olhando feio para Carmen.

Merda! Alba parece mais lobo do que gente.

Procuro dar uma risada para descontrair o clima. Alba fala cheia de emoção.

Alba - Estava preocupada, vi Fergus saindo e esperando no portão e fiquei receosa. Aconteceu alguma coisa grave? Consegui o que queria?

Respondo de maneira casual sem tentar provocar qualquer emoção em qualquer um.

Ronny - Consegui sim, isso e muito mais, estava tudo bem até chegar ela e seus amigos me agarrando e chutando. Mas o que está acontecendo? Fui procurar resolver um negocio só meu, assunto pessoal de Peregrino Silencioso, como esse pessoal sabia o que eu fui fazer.

Pergunto isso para todos e para ninguém em especial, me sento em uma cadeira e tento ficar descontraído prestando atenção em todos.

[Ativo Persuasão novamente]

Ronny - Não quero abusar de sua hospitalidade senhor Fergus. Por isso quis fazer tudo de maneira tranquila. Fui checar um negocio, não fui fazer nada que colocaria todos em problemas.





Frases de Ronny
- Você não deve esperar de mim nada além de escárnio, lisonja e mentiras. E jamais dê as costas para mim, filho da puta!
- Eu sou tolo por dizer que você é um idiota de primeira e apontar seus erros? Não há tolice maior do que ficar contra mim, é justamente isso que você fez, tolo.
- Inimigos suficientemente perfurados, mordidos, partidos ou explodidos, ou seu dinheiro de volta.
- Eu perguntei se eles queriam resolver tudo de um modo fácil. Fácil para mim.
- "Totalmente" é o meu modo favorito de FUDER as coisas!


Narração
- Minha Fala -
Pensamento
[Sobre a Rolagens de dados e detalhes do Sistema]
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  Sombra do Ódio em Sab 1 Set 2012 - 8:53

Todos escutam o que Ronny, diz, Fergus escutava atentamente e um pouco surpreso, Alba parecia compartilhar todos os sentimentos com seu marido, Carmen parece não gostar do que Ronny estava dizendo, ela é a primeira a responder.

Carmen - Você estava encrencado, não tinha como remover aquele homem do lugar usando sua moto, nós te ajudamos.

Alba toma as dores do marido e responde furiosa.

Alba - Cale a boca, ele sabe se cuidar muito bem, ele daria um jeito, vocês que atrapalharam ele.

Carmen olha surpresa para a parente, então faz uma pequena expressão de raiva, ela responde de maneira idêntica a Alba.

Carmen - Você é apenas uma parente, você não tem como saber o que estava acontecendo ou com o que lidamos.

Fergus parece não gostar dessa resposta, ele já estava levantando um dedo para falar alguma coisa mas Alba fala de maneira mais rápida e furiosa, ela chega perto de Carmen e empurra ela, Carmen não cai, mas dá três passos para trás e olha com raiva para parente. As duas falam ao mesmo tempo nervosas.

Alba - Cale a boca! Cale essa boca!

Carmen - Você não sabe de nada, não sabe de nada!

Fergus tenta separar as duas, um rapaz moreno escuro e de cabelos em black power entra correndo na cozinha chocado com tudo aquilo, ele vai direto até Carmen afastar ela de Alba e dos outros. Ferguns ajuda em tudo aquilo, ele respira fundo e diz para todos.

Fergus - Por Gaia, tenham calma pessoal. Somos todos amigos aqui, não quero confusões debaixo desse teto. Eka, leve Carmen até o quarto dela, quero conversar primeiro Ronny, daqui a pouco vocês descem novamente para conversar com ele. Alba, por favor, pegue umas bebidas para nós dois.

Todos escutam o parente, afinal aquele era o território dele e eles eram hospedes. Carmen sobe olhando para Ronny, o jovem chamado Eka conduz ela para fora da cozinha, Alba olha furiosa para os dois e depois dá um longo olhar para Ronny e saí até o bar para pegar as bebidas, Fergus se senta perto de Ronny e diz em uma voz melancólica e cansada.

Fergus - Por favor, sem truques meu jovem, me diga o que você foi fazer e o que aconteceu. Dei hospedagem para você e esse pessoal e quero saber no que todos vocês se meteram.

Ficha de Ronny:

Forma: Hominídeo

Atributos

Físicos
Força 2 + 1 (Ponto de Fúria/4 turnos ainda)
Destreza 3
Vigor 3 + 3 Dados extras provenientes do Fetiche ativo.

Sociais
Carisma 4 (Encantador)
Manipulação 4 (Enganar)
Aparência 3

Mentais
Percepção 4 (Intuitivo)
Inteligência 2
Raciocínio 4 (Perspicaz)

Habilidades (13/9/5)

Talentos:
Prontidão 2
Briga 2
Esquiva 2
Empatia 2
Intimidação 2
Manha 1
Lábia 2

Perícias:
Condução 2
Liderança 1
Furtividade 3
Sobrevivência 3

Conhecimentos:
Enigmas 1
Ocultismo 3
Ritos 1


Antecedentes:
Raça Pura:3


Dons Ativos: Persuasão por 5 turnos, Silencio por 3 turnos.

Vantagem Tribal: 3/3

Fúria 6/6
Gnose 4/4
Força de Vontade 6/8 (Recuperou dois pontos ao descobrir o Fetiche e conseguir ativar e conversar com o espirito dele)


Vitalidade:
Ok

Escoriado
Machucado -1
Ferido -1
Ferido Gravemente -2
Espancado -2
Aleijado -5
Incapacitado

Morto


Narração
Pensamentos
(Ativação de Dons ou rolagens de dados)


"Muda tua mente ou eu a mudarei para ti." - Sombra do Ódio, Senhor das Sombras Philodox e Impuro.

Ficha do Sombra do Ódio - Senhor das Sombras, Philodox, Impuro e Cliath.
Ficha de Orlando Wayne - Fomor e parente dos Andarilhos do Asfalto.
avatar
Sombra do Ódio
Admin
Admin

Mensagens : 579
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Sab 1 Set 2012 - 22:13

Fico apenas sentado admirando a gritaria das gatinhas, mas assim que as duas começam a ter contato físico eu me levanto e agarro Alba tentando manter as duas distantes. Enquanto eu faço isso eu dou uma gargalhada e penso.

Sou um galã de novela mexicana, todas as mulheres brigam por mim, de um jeito ou de outro.

Aparece outra pessoa na cozinha, um rapaz estranho, ele chega separando. Parecia ser conhecido de Fergus e Carmen. Assim que a briga termina Fergus diz para o rapaz tirar Carmen dali e manda Alba pegar uma bebida para os dois, me sento novamente perto do velho.

Fergus - Por favor, sem truques meu jovem, me diga o que você foi fazer e o que aconteceu. Dei hospedagem para você e esse pessoal e quero saber no que todos vocês se meteram.

Dou uma coçada na teste em cima da sobrancelha esquerda e digo meio contrariado.

Ronny - Bem, ontem encontramos contra a nossa vontade apareceu um homem chamado Roland, com minha excelente sorte foi isso que aconteceu. Depois de tudo que eu e Alba passamos nós só queríamos ir para algum lugar confortável e quente... e tal. Esse Roland é era um bom detetive que foi morto de maneira suja por um sanguessuga. Sim, esse Roland está morto, faz exatos dez anos que ele foi morto. Ele veio até mim pedindo por vingança, ofereci minha ajuda caso ele me pagasse de alguma forma. Ele me ofereceu um pagamento pelo serviço, um objeto que poderia ou não ser um fetiche que estava no ultimo lugar que ele trabalhou. Fui sem problemas no lugar, ele me ajudou enganar o pessoal, peguei o item e realmente é um fetiche. Depois disso fui conversar com o ex-parceiro de Roland e tentar descobrir alguma coisa, parece que esse ex-parceiro e um outro policial de um tipo fraquinho, eles são aliados de alguma maneira do sanguessuga. Ou pensamos que é assim. Fui pegar esse policial enquanto ele estava sozinho, ninguém estava dando atenção para ele. Peguei ele com ajuda de Roland, mas apareceu esse pessoal, Carmen e outros três, um chamado Anúbis do Ébano, não lembro seu nome humano. Um deles me bateu, os outros me ameaçaram, Carmen prendeu Roland de alguma maneira e mandaram eu voltar para cá com ela. Eles levaram o tal policial de van embora.

Depois de terminar de falar tudo isso espero Alba voltar com a bebida, dou um só gole com vontade e coloco o copo na mesa e digo de maneira soturna.

Ronny - Alguns nascem com a bunda virada para a lua, eu nasci na escuridão dela. Só falta eu perder o que consegui.





Frases de Ronny
- Você não deve esperar de mim nada além de escárnio, lisonja e mentiras. E jamais dê as costas para mim, filho da puta!
- Eu sou tolo por dizer que você é um idiota de primeira e apontar seus erros? Não há tolice maior do que ficar contra mim, é justamente isso que você fez, tolo.
- Inimigos suficientemente perfurados, mordidos, partidos ou explodidos, ou seu dinheiro de volta.
- Eu perguntei se eles queriam resolver tudo de um modo fácil. Fácil para mim.
- "Totalmente" é o meu modo favorito de FUDER as coisas!


Narração
- Minha Fala -
Pensamento
[Sobre a Rolagens de dados e detalhes do Sistema]
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  Sombra do Ódio em Dom 2 Set 2012 - 16:43

Fergus escuta tudo atentamente. Alba volta trazendo dois copos com whiskey's escoceses. Ronny bebe junto com o parente, Alba parece ficar na cozinha perto dos dois em pé. Fergus não manda ela embora dessa vez. Ele então diz para Ronny com uma certa má vontade.

Fergus - Entendo que ao menos você pensa que isso não ia trazer problemas para mim, mas acabou trazendo. Essa pessoal são Peregrinos Silenciosos. Bem, menos o Eka que é um Filho de Gaia. Logo você vai descobrir isso vendo o jeitinho dele. Não vou reivindicar nada que você tenha conseguido, Mansin que é o Anúbis do Ébano é um homem justo, ele também não vai tomar de você qualquer coisa que ele considere que você mereceu ou que saiba usar. Então não faça besteiras como já vi outros jovens Garou fazendo com esses fetiches. Não vou deixar nenhuma briga acontecer aqui, vamos chamar os dois para virem aqui e vamos conversar de maneira civilizada. Alba, chame Bonnie, diga para ela chamar Eka e Carmen até a cozinha. Fique aqui é peça desculpas para Carmen, ela também vai pedir para você.

Ele parece decidido, Alba parece nervosa bem no fundo mas faz como pedido. Logo ela volta para cozinha e se senta perto de Ronny, ela coloca uma das suas brancas e belas mãos em cima da mão esquerda e escura de Ronny. Logo entra Carmen e o rapaz chamado Eka. Ele entra dando um sorriso para Ronny. Existia algo de estranho naquele sorriso, alguma coisa muito além de um simples sorriso de "olá".

Eka:

Eles se sentam na mesma mesa, Fergus estava no meio dividindo os dois grupos, Carmen fica olhando de maneira firma para Ronny, o Garou sente alguma coisa estranha naquele olhar. Alba parece perceber, ela já estava se preparando para falar alguma coisa com sua língua afiada quando Fergus se interpõem dizendo de maneira forte.

Fergus - Carmen, Eka, por favor. Digam o que está acontecendo, Ronny me contou de maneira verdadeira o que ele foi fazer e o que aconteceu. O que o alfa de vocês tem em mente?

Carmen apenas ajeita o corpo na cadeira e passa novamente as mãos no cabelo, sempre de olho em Ronny. O rapaz chamado Eka que responde com uma voz sincera e doce.

Eka - Perdão, senhor Fergus. Viemos a serviço do Campo Tribal dele e de alguns outros da nossa matilha. Eu e Carmen não fazemos parte do Campo, por isso não sabemos muito bem o que está sendo feito. Apenas que os outros vieram matar cadáveres. Perdão qualquer coisa, Passolargo. Sou Eka Mamed "Doce-Rio" Hominídeo Galliard dos Filho de Gaia de posto um.

Ele dá um belo sorriso para Ronny, nesse ponto o Ragabash tem quase certeza que aquele Filho de Gaia gostava de homens. Aquilo era chocante, especialmente tendo em vista que os dois eram Garou. O Ragabash sente sua fúria, mas antes de qualquer coisa é Carmen que fala, ela tira os cabelos da frente dos olhos e ergue bem o pescoço e diz de maneira tímida, mas cortante.

Carmen - Você é um tolo, Doce-Rio. Ronny, você não deve lidar com os mortos, seja os mortos-vivos e os mortos como aparições. Ajudamos você. Logo nosso alfa vai estar aqui e poderá explicar mais coisas.

Fergus concorda e diz de maneira conciliatória.

Fergus - Vamos esperar eles então, enquanto isso vamos firmar as pazes. Carmen, Alba. Por favor.

Carmen que responde primeiro de maneira tímida. Alba responde depois de maneira ousada e cheia de energia.

Carmen - Perdão, você é uma parente de nossa tribo e tem sangue Rom. Não devíamos ter brigado.

Alba - Sim, não devemos brigar e nem montar em cima dos maridos dos outros.

Carmen parece chocada, suas bochechas ficam coradas. Fergus não diz nada. Alba aperta suas mãos nas de Ronny. Logo um barulho de carro é escutado, Bonnie, a parente ruiva e bonita aparece e diz para Fergus que tinha chegado gente pelos fundos em um van, Fergus se levanta e vai até lá deixando os outros na cozinha, logo ele entra junto com Anúbis do Ébano. Ele olha bem para todos e então diz para eles.

Mansin - Estamos com o policial na van. Não quero te trazer mais problemas, Fergus. Acho melhor interrogamos ele dentro da van em vez daqui. Passolargo. Venha comigo.

Ele saí pela porta da cozinha. A van estava estacionada dentro da garagem, os vidros eram escuros e não permitiam o Garou ver quem estava no banco do motorista, as portas traseiras são abertas revelando os dois homens que tinha agarrado Ronny além é claro de Denis que estava desacordado. Mansin entra com dificuldade por causa de seu tamanho, o homem moreno mais claro sorri para Ronny é dá um tapa na cara de Denis, o homem acorda devagar e desorientado.

Ficha de Ronny:

Forma: Hominídeo

Atributos

Físicos
Força 2 + 1 (Ponto de Fúria/3 turnos ainda)
Destreza 3
Vigor 3 + 3 Dados extras provenientes do Fetiche ativo.

Sociais
Carisma 4 (Encantador)
Manipulação 4 (Enganar)
Aparência 3

Mentais
Percepção 4 (Intuitivo)
Inteligência 2
Raciocínio 4 (Perspicaz)

Habilidades (13/9/5)

Talentos:
Prontidão 2
Briga 2
Esquiva 2
Empatia 2
Intimidação 2
Manha 1
Lábia 2

Perícias:
Condução 2
Liderança 1
Furtividade 3
Sobrevivência 3

Conhecimentos:
Enigmas 1
Ocultismo 3
Ritos 1


Antecedentes:
Raça Pura:3


Dons Ativos: Persuasão por 4 turnos, Silencio por 2 turnos.

Vantagem Tribal: 3/3

Fúria 6/6
Gnose 4/4
Força de Vontade 6/8 (Recuperou dois pontos ao descobrir o Fetiche e conseguir ativar e conversar com o espirito dele)


Vitalidade:
Ok

Escoriado
Machucado -1
Ferido -1
Ferido Gravemente -2
Espancado -2
Aleijado -5
Incapacitado

Morto


Narração
Pensamentos
(Ativação de Dons ou rolagens de dados)


"Muda tua mente ou eu a mudarei para ti." - Sombra do Ódio, Senhor das Sombras Philodox e Impuro.

Ficha do Sombra do Ódio - Senhor das Sombras, Philodox, Impuro e Cliath.
Ficha de Orlando Wayne - Fomor e parente dos Andarilhos do Asfalto.
avatar
Sombra do Ódio
Admin
Admin

Mensagens : 579
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Ter 4 Set 2012 - 13:18

Escuto o que o bom velhinho tinha a dizer, Alba como sempre toda melosa coloca suas mãos em cima das minhas dando um contraste estranho de cores. Logo entra os dois que tinha saido, Eka e Carmen. O tal rapaz dá um estranho sorriso para mim, dou um meio sorriso também pensando.

Devo estar com tudo! Com minha bela sorte até os rapazes estão curtindo o gatão aqui!

Todos ficam sentados na mesa, Carmen fica me encarando, como sempre ela tem um olhar estranho, não sei ao certo o que sentia com aquele olhar. Alba nota sem dúvidas como Carmen me olhava e já ia dizer alguma coisa deliciosa de se ouvir, mas Fergus intervém.

Fergus - Carmen, Eka, por favor. Digam o que está acontecendo, Ronny me contou de maneira verdadeira o que ele foi fazer e o que aconteceu. O que o alfa de vocês tem em mente?

Carmen não responde, apenas se ajeita na cadeira e passa as mãos novamente nos cabelos sempre olhando para mim, eu estava gostando desse gesto dela. O tal Filho de Gaia é quem responde com uma voz como melado.

Eka - Perdão, senhor Fergus. Viemos a serviço do Campo Tribal dele e de alguns outros da nossa matilha. Eu e Carmen não fazemos parte do Campo, por isso não sabemos muito bem o que está sendo feito. Apenas que os outros vieram matar cadáveres. Perdão qualquer coisa, Passolargo. Sou Eka Mamed "Doce-Rio" Hominídeo Galliard dos Filho de Gaia de posto um.

Os filhos da puta estavam me vigiando, sem a menor dúvida.

O Filho de Gaia me dá um sorriso, sem dúvidas aquele realmente gostava de homens. Me sinto furioso com tudo isso, meu dia estava infalivelmente indo bem até esse povo intervir e me chocar no chão. Sentia vontade de dar um belo soco na boca do desgraçado, mas Carmen fala primeiro.

Carmen - Você é um tolo, Doce-Rio. Ronny, você não deve lidar com os mortos, seja os mortos-vivos e os mortos como aparições. Ajudamos você. Logo nosso alfa vai estar aqui e poderá explicar mais coisas.

Veremos.

Fergus concorda e diz de maneira conciliatória.

Fergus - Vamos esperar eles então, enquanto isso vamos firmar as pazes. Carmen, Alba. Por favor.

Carmen pede desculpas de maneira satisfatória, mas Alba age de maneira inesperada.

Alba - Sim, não devemos brigar e nem montar em cima dos maridos dos outros.

Caio na gargalhada ao escutar isso, jogo a cabeça para trás durante a risada e volto a olhar para todos na mesa rindo da situação. Carmen parece chocada, suas bochechas ficam coradas. Fergus não diz nada. Alba aperta minhas mãos. Então eu digo da maneira mais forte e cheia de energia possível.

Ronny - Fico feliz com as duas fazendo as pazes. Eu mesmo desejo ficar em paz! Então nada mais de brigas, certo meninas?

Escuto um barulho de carro vindo pelos fundos do pub, com isso surge aquela outra bela parente dizendo que tinha chegado gente pelos fundos.Fergus se levanta e vai até lá deixando os outros na cozinha, logo ele entra junto com Anúbis do Ébano. Ele olha bem para todos e então diz para eles.

Spoiler:
Mansin - Estamos com o policial na van. Não quero te trazer mais problemas, Fergus. Acho melhor interrogamos ele dentro da van em vez daqui. Passolargo. Venha comigo.

Em outra situações eu poderia ignorar a ordem ou pedido, mas eles tinham o Denis, e eu era quem estava originalmente interessado e conversar com o cara. Sigo o Anúbis.

Primeiro vamos escutar o cara sozinho, mas tarde irei pedir para libertarem o Roland e irei contar para ele o que aconteceu.

Não consigo ver quem dirigia.

Provavelmente um outro membro da matilha.

As portas traseiras da van são abertas, entro na frente. Mansin entra com dificuldade, os dois homens que tinha levado o Denis estavam ali, o mais claro dá um tapa no policial e o acorda, assim que o homem recupera os sentidos eu escolho ser o primeiro a falar.

[Teste Social para fazer o filho da mãe cantar! Ou seja, abrir a boca e contar o que sabe sobre Roland, o vampiro, etc.]

Ronny - Olá, Denis! De uma hora para outras as pessoas ficaram interessados em você, faz alguma idéia do por que disso?

Chego mais perto dele e digo novamente, dessa vez com um voz mais cruel.

Ronny - Você é covarde e fraco. Vai contar o que queremos saber de um jeito ou de outro, então é melhor falar agora. Seu mestre não liga para você e nem tem poder para te proteger, somos seus mestres agora, conte o que sabe sobre Murtine Úrbi e quem dedurou Roland Quaid.

Espero não ter revelado nada que essa turma não queria.





Frases de Ronny
- Você não deve esperar de mim nada além de escárnio, lisonja e mentiras. E jamais dê as costas para mim, filho da puta!
- Eu sou tolo por dizer que você é um idiota de primeira e apontar seus erros? Não há tolice maior do que ficar contra mim, é justamente isso que você fez, tolo.
- Inimigos suficientemente perfurados, mordidos, partidos ou explodidos, ou seu dinheiro de volta.
- Eu perguntei se eles queriam resolver tudo de um modo fácil. Fácil para mim.
- "Totalmente" é o meu modo favorito de FUDER as coisas!


Narração
- Minha Fala -
Pensamento
[Sobre a Rolagens de dados e detalhes do Sistema]
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  Sombra do Ódio em Ter 4 Set 2012 - 17:47

Off: Perdão qualquer erro ortográfico, tive que postar rapidamente. Ainda tenho que terminar de fazer algumas fichas para essa Quest, por isso não quero abusar muito de alguns personagens.

Denis estava apavorado com tudo aquilo, não era nem mesmo necessário tentar apavorar ele com ameaças, ele sabia muito bem que estava em péssima situação e a Maldição de todos aqueles Garou o fazia tremer de medo, logo um cheiro desagradável chega aos narizes de todos ali. Denis tinha cagado nas calças. Mansin e o outro homem mais moreno fazem cara de desprezo e nojo, o moreno mais claro dá uma risada e fala com um sotaque árabe.

1? - Veja só! Que coisa deplorável e nojenta. Tirou meu apetite. Fale.

Denis treme violentamente e começa a chorar. Mansin parece estar perdendo a paciência e diz de maneira bruta.

Mansin - Verme deplorável. Vendo bem o tipo de servo que esse sanguessuga possuí já diz muita coisa. Tirem a verdade dele.

Mansin desce do carro, ele deixa as portas traseiras abertas para ajudar o ar ventilar, o cheira era horrível e pelo barulho que Denis fazia ele sem dúvida estava se cagando mais ainda. O outro homem mais moreno dá um soco no rosto do homem, não era um soco muito forte, mas parece quase atordoa Denis. O homem mais claro diz de maneira casual como se estivesse ensinando uma criança a escrever seu próprio nome.

1? - Seu tolo, não queremos ele incapaz de falar ou atordoado por mais tempo, ou queremos? Vamos tratar o coitado com algum respeito, veja o estado dele.

Ronny sente sem dúvidas que o homem não tinha nenhuma pena ou preocupação real com Denis, na verdade ele sente que aquele era até mais cruel do que o outro companheiro mais bruto. Denis começa a babar sangue junto com saliva, estava parecendo um bebê em todos os aspectos. O homem mais claro sorri para Ronny e diz com um pequeno sorriso.

1? -Olá meu jovem, certamente já conheceu Doce-Rio, um rapaz bonito como você já deve ter atraído aquele Filho de Gaia, não estou certo?

O homem mais escuro parece ficar nervoso com alguma coisa naquela frase e responde quase cuspindo na cara do outro.

2? -Cale essa boca, seu sapo sujo. Não tenho paciência para aguentar toda essa merda. Tire logo qualquer informação desse bebê. Quero beber um copo de vinho nesse pub.

O homem mais claro coloca as mãos para o alto e diz de maneira brincalhona.

1? - Certo meu bom amigo! Irei fazer o que deve ser feito. Denis, ultima oportunidade para dizer livremente qualquer coisa. Vamos lá, você escutou nossos bons amigos aqui, fale algo senão você vai estar em sérios problemas. Bem, vai estar em uma fria pior ainda. E eu não gosto do frio, você gosta?

Denis quase se engasga com sua baba. Seus olhos estão esbugalhados, ele parece tentar dizer alguma coisa mas não consegue. O homem mais claro dá um sorriso e balança a cabeça em desaprovação. Ele então coloca suas mãos com força nas laterais da cabeça do homem e diz de maneira levemente furiosa.

1? - O cuzão do seu mestre sabe alguns truques com toda certeza, mas eu sei truques melhores. Primeiro vou arrancar tudo que você sabe, depois irei induzir um comando mental em sua mente, irei colocar um rastreador espiritual em você e em seguida apagar toda sua memória desse encontro. Você vai nos levar até seu mestre sem saber de nada e fuder com ele. Você se tiver sorte vai morrer, caso contrario seu próprio mestre vai cuidar de você de maneira cruel.

Denis começa a tremer como se estivesse tendo um ataque epilético. Ronny julga que algum Dom ou Dons estão sendo usados contra o homem. Aquele grupo sem dúvidas era uma matilha dura acostumada com muitas coisas violentas atos de barbárie. O homem claro agora diz de maneira assustadora, Ronny sente um formigamento na pele.

1? - Conte para nós, qual é o refugio de seu mestre, quais são os meios de segurança e servos e armas que eles possuem a disposição. Nós diga qualquer coisa que seja útil para irmos até ele e dar um fim naquela existência patética.

Denis está com os olhos quase saltando para fora, ele treme violentamente então diz com uma voz cheio de medo e baba com sangue.

Denis - Ele tem refugio no armazém dele no velho cais. Não sei exatamente onde ele dorme lá dentro durante o dia. Comigo ele tem cerca de quarenta e três pessoas sobre seu poder, doze incluindo eu somos carniçais. Temos várias armas ilegais.

O homem parece continuar tremendo e seus olhos parecem revirar de maneira alucinada. O homem de pele mais escura dá um pequeno sorriso com tudo aquilo.

Ficha de Ronny:

Forma: Hominídeo

Atributos

Físicos
Força 2 + 1 (Ponto de Fúria/2 turnos ainda)
Destreza 3
Vigor 3 + 3 Dados extras provenientes do Fetiche ativo.

Sociais
Carisma 4 (Encantador)
Manipulação 4 (Enganar)
Aparência 3

Mentais
Percepção 4 (Intuitivo)
Inteligência 2
Raciocínio 4 (Perspicaz)

Habilidades (13/9/5)

Talentos:
Prontidão 2
Briga 2
Esquiva 2
Empatia 2
Intimidação 2
Manha 1
Lábia 2

Perícias:
Condução 2
Liderança 1
Furtividade 3
Sobrevivência 3

Conhecimentos:
Enigmas 1
Ocultismo 3
Ritos 1


Antecedentes:
Raça Pura:3


Dons Ativos: Persuasão por 3 turnos, Silencio por 1 turno.

Vantagem Tribal: 3/3

Fúria 6/6
Gnose 4/4
Força de Vontade 6/8


Vitalidade:
Ok

Escoriado
Machucado -1
Ferido -1
Ferido Gravemente -2
Espancado -2
Aleijado -5
Incapacitado

Morto


Narração
Pensamentos
(Ativação de Dons ou rolagens de dados)


"Muda tua mente ou eu a mudarei para ti." - Sombra do Ódio, Senhor das Sombras Philodox e Impuro.

Ficha do Sombra do Ódio - Senhor das Sombras, Philodox, Impuro e Cliath.
Ficha de Orlando Wayne - Fomor e parente dos Andarilhos do Asfalto.
avatar
Sombra do Ódio
Admin
Admin

Mensagens : 579
Data de inscrição : 10/01/2011
Idade : 27

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Qui 6 Set 2012 - 15:09

Não existe muito o que posso fazer comparado aos dois outros Garou. Sou apenas um Cliath novato, eles devem ser no mínimo Fostern.

Fico apenas contemplando aquilo e procurando detalhadamente os detalhes que poderiam vir em meio a tudo aquilo, o cheiro de merda é uma porcaria e o homem é patético.

Já que vão apagar as memórias dele, ao menos acho que tenho o direito de saber o nome desses dois.

Denis - Ele tem refugio no armazém dele no velho cais. Não sei exatamente onde ele dorme lá dentro durante o dia. Comigo ele tem cerca de quarenta e três pessoas sobre seu poder, doze incluindo eu somos carniçais. Temos várias armas ilegais.

O interrogador dá um sorriso, mas não me dou por satisfeito e pergunto mais.

Ronny - Existe armas e munição de prata? Alguma coisa mais incomum? Ele tem crias vampiras?

Me viro para o homem mais claro e digo em tom sincero.

Ronny - Temos que saber mais, não sei se ele vai responder o que eu estou perguntando ou você terá que reproduzir as perguntas.

Me viro novamente para Denis e digo mais.

Ronny - Que espécies de poderes você já o viu usar?





Frases de Ronny
- Você não deve esperar de mim nada além de escárnio, lisonja e mentiras. E jamais dê as costas para mim, filho da puta!
- Eu sou tolo por dizer que você é um idiota de primeira e apontar seus erros? Não há tolice maior do que ficar contra mim, é justamente isso que você fez, tolo.
- Inimigos suficientemente perfurados, mordidos, partidos ou explodidos, ou seu dinheiro de volta.
- Eu perguntei se eles queriam resolver tudo de um modo fácil. Fácil para mim.
- "Totalmente" é o meu modo favorito de FUDER as coisas!


Narração
- Minha Fala -
Pensamento
[Sobre a Rolagens de dados e detalhes do Sistema]
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Ronny "Passolargo" - Espadas Fantasmas (Concluído)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 7 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6, 7  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum