Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Seg 3 Fev 2014 - 16:16


Em um casarão grande, mas em decadência comprado relativamente barato por conta dos assassinatos que ocorram em seu passado histórico com má fama, está Canção-das-Trevas, um recém chegado. Um forasteiro no Novo Mundo. Alguém que agora vive de maneira solitária, depois de deixar para trás sua terra, seus parentes e amigos.
Já é noite, uma forte chuva caí, talvez em um ponto ou outro no velho casarão goteiras fazem um som peculiar.
Ele deixou para trás o caern que seu ancestral fundou, largou o Velho Mundo, nem mesmo tentou descobrir mais, apenas aceitou o que ocorreu. O que os seus Ancestrais pensam disso? Uma resposta vem, um relâmpago. Um raio! Fogo!

Do lado de fora, um raio incendeia uma árvore antiga no jardim de entrada do casarão. Outro raio caí, acertando o telhado da casa. Um terceiro, junto com o relâmpago Vincenzo vê o que julga ser a face branca e aterrorizada de um dos parentes, um sussurro... tenha misericórdia!
Em seu quarto, o relâmpago o acerta, ignorando o vidro da janela fechada. O relâmpago tem um único objetivo, acertar o Senhor da Sombras. Ele caí no chão do quarto, fica nas trevas.
Após dez minutos ele acorda, sem recordar qualquer visão que possa ter tido enquanto estava no chão, inconsciente. O fogo na árvore apagou, o teto na parte sul do casarão, perto do quarto do Garou foi quebrado, uma prova que tudo aconteceu. Porém, o vidro continua inteiro e, nele, existe agora uma marca branca. Um contorno. É uma pessoa em chamas.





Frases de Ronny
- Você não deve esperar de mim nada além de escárnio, lisonja e mentiras. E jamais dê as costas para mim, filho da puta!
- Eu sou tolo por dizer que você é um idiota de primeira e apontar seus erros? Não há tolice maior do que ficar contra mim, é justamente isso que você fez, tolo.
- Inimigos suficientemente perfurados, mordidos, partidos ou explodidos, ou seu dinheiro de volta.
- Eu perguntei se eles queriam resolver tudo de um modo fácil. Fácil para mim.
- "Totalmente" é o meu modo favorito de FUDER as coisas!


Narração
- Minha Fala -
Pensamento
[Sobre a Rolagens de dados e detalhes do Sistema]
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  Daniel Ramone em Seg 3 Fev 2014 - 19:57

Vincenzo levanta da cama com sua roupa de dormir – uma calça de moletom e chinelos. Era noite de tempestade, e para os Senhores das Sombras isso significava bons presságios. Mas podia sentir nos ossos que aquela não era uma tempestade normal. Ouvia as goteiras, mas sentiu que havia algo mais em seu som. Então recolheu o lampião sobre o móvel e o acendeu. Era um costume arcaico para os padrões de Toronto, porém Vincenzo nunca abandonou seus hábitos montanheses. Com o auxílio da luz bruxuleante dentro da cápsula de vidro, vagou pelos corredores e teve a ligeira impressão de ter visto um ou dois fantasmas que costumavam vagar pela casa às escuras. Vincenzo sabia que estes pobres espíritos nada tinham a ver com suas cismas e continuou em frente. Até que um relâmpago furioso rasga o céu e estremece os alicerces da casa.

“Por Gaia! Que há com Avô Trovão esta noite?”

Caminhou até encontrar uma janela, e através dela notou que uma árvore no jardim havia sido vitimada pelo raio barulhento.

- Isso não é bom...

Neste instante, outro raio acerta o telhado da casa, o que estremece o frio coração do Senhor das Sombras. No momento em que seu ritmo cardíaco sobe outro raio lhe assusta ao ponto de ele quase se ajoelhar e pedir perdão por alguma ofensa ao totem de sua tribo, mas antes que o faça, Vincenzo nota uma face fantasmagórica se formando e junto com ela capta um breve sussurro: Tenha misericórdia!

- Mamma mia! Aquele não era Piero Manfredini?

Vincenzo sempre se julgou corajoso quanto aos assuntos sobrenaturais, mas naquela noite de tempestade, viu sua dignidade se curvando diante caprichos eventuais. Decidiu voltar até seu quarto e esperar que tudo voltasse ao normal, mas não tinha muitas esperanças. Ao fechar a porta atrás de si, o pior acontece. Um relâmpago passa direto pela janela sem fazer mal algum à vidraça e o atinge em cheio, e nem mesmo a luz da lâmpada lhe salva da escuridão que lhe encobre a mente. Vincenzo desmaia.

Vincenzo finalmente desperta, e ainda preso ao torpor, caminha pelo pelo quarto como um morto inquieto o faria. Por uma janela nota que as chamas sobre a árvore do jardim se apagaram, deixando para trás galhos negros e tortos. Ao passar por uma porta, nota que o quarto ao lado do seu teve parte do teto danificada, e imediatamente se recorda da realidade dos fatos com que pensara ter sonhado. Começa a pensar no relâmpago que lhe atingiu, e estranha o vidro da janela não ter sofrido qualquer arranhão. Logo nota um contorno, e ao analisá-lo melhor, percebe uma pessoa em chamas.

Passo, desculpa, não entendi esse último trecho da pessoa em chamas. Se puder me dar uma descrição mais detalhada.


Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 29
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Ter 4 Fev 2014 - 20:37

A chuva continua, mas sem nenhum novo trovão ou relâmpago, apenas uma chuva pesada. Enquanto olha para o detalhe de uma pessoa em chamas que surgiu no vidro da janela, ele percebe algum calor, um incomodo que brota de sua própria pele. Ao olhar para o próprio peito, nota que por quase toda extensão de um lado ao outro do tórax que está formigando começa a ser marcado, figuras parecidas vão surgindo, a pele vai ficando com contornos negros queimados que formam por fim o que parece ser muito, senão, todos os parentes que morreram no incêndio.

Não importa o que tenta, essas marcas não somem nem por meio de limpeza, nem com regeneração quando muda de forma. Uma maldição? Quem sabe? Canção-das-Trevas sabe que existem alguns Caern e Seitas em Toronto, alguns com um número respeitável de Senhores das Sombras. Entretanto, ele ouviu falar de um onde apenas os que reverenciam o Avô Trovão são aceitos. Fica em Crescent Town, supostamente é um pequeno caern na cobertura de um dos tantos prédios altos que lá existem.




Off: Sempre que quiser rolagens de dados é só pedir. A "pessoa em chamas" nada mais é uma impressão, uma figura que ficou marcada no vidro da janela. Como essas imagens santas que dizem surgir em janelas, paredes, pedaços de pão, etc.
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  Daniel Ramone em Ter 4 Fev 2014 - 21:35

Ao notar a imagem que o relâmpago deixou sobre a vidraça, Vincenzo deslizar seu dedo indicador sobre os contornos, tentando descobrir a natureza daquela imagem.

[teste de Raciocínio + Ocultismo]

Enquanto tenta a analisar a imagem, sente um pequeno incômodo sobre a pele e começa a coçá-la. Não por obra de suas unhas, mas sim por forças além de sua compreensão, nota certas marcas em sua pele alva sobre a região do tórax. Vincenzo as toca, tenta pressioná-las para tentar descobrir alguma coisa através do tipo de dor, porém, nada sente. Em meio as suas tentativas, começa a tomar ciência das marcas, e pior! Associá-las à rostos que já conheceu.

- Não pode ser. Isso é loucura!

Aos poucos o desespero começa a tomá-lo, tenta mudar de forma em busca da benção da regeneração, mas nem mesmo sua forma de batalha o livra de suas novas chagas.

- Será que isso é obra da Serpente de Chifre? Gaia! Eu não quero nem pensar. Já sei, preciso da opinião de um Senhor das Sombras mais experiente e que saiba interpretar os sinais de Avô Trovão. Eu bem poderia contatar meus ancestrais, mas temo que eles não falem comigo neste momento em que minha carne envergonha seus nomes.

Vincenzo se aproxima do espelho manchado por dentro da porta do armário e novamente analisa as marcas, constatando cada vez mais a semelhança delas com o rosto dos parentes de sua antiga Seita.

[Tento novamente um teste de Raciocínio + Ocultismo, se possível]

Decide não esperar pelo novo dia, se veste no meio da madrugada com suas roupas dedicadas sem se preocupar com o alinho do terno ou o estado de seus cabelos. Apanha sua carteira e pelo telefone liga para um taxista que sempre lhe foi fiel e nunca fez muitas perguntas a respeito dos lugares estranhos a que se dirigia.

“Para entender Avô Trovão, somente os Senhores das Sombras do caern de Crescent Town. Aqueles fanáticos! Espero que sejam de alguma serventia desta vez e que preservem meu nome de fofocas tribais.

Valeu, Passo.


Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 29
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Seg 10 Fev 2014 - 9:23

As marcas causam uma dor, como se sua pele estivesse queimada, mas cada vez mais detalhes são mostrados, sem dúvida alguma é dos Parentes que pereceram. Nenhum dos Garou presentes está na marca.
Ele saí da casa e entra no táxi quando já são meia-noite, o céu continua escuro, a lua-nova não aparece, e nuvens negras estão por toda parte. Uma chuva pesada continua caindo, mas sua água não é fria. O taxista é um homem baixo, negro e usa óculos, seus dentes brancos quase sempre aparecem em sorrisos feios e grosseiros, mas ele fala pouco.
O caminho é demorado, mas o taxista não enrola de propósito, porém logo chegam, o lugar tem algumas árvores plantadas de modo planejado, sem dúvida é uma área da Weaver, o céu ali tem as nuvens mais negras e pesadas. Grandes prédios parecidos despontam, altos quase tocando as nuvens negras.
O Galliard não sabe em qual dos prédios está o Caern, nem conhece o nome de qualquer Senhor das Sombras que possa fazer parte do Caern. O taxista cobra, não foi uma corrida das mais baratas, mas Vincenzo tem o suficiente na carteira para pagar ao sujeito, assim que saí do táxi ele vai embora, deixando o Garou parado, sentindo agora mais forte do que nunca uma dor no peito, sua pele parece em chamas e seus instintos mais primitivos parecem querer tomar o controle sobre a mente racional.
Nenhuma pessoa percorre o lugar, ele está sozinho na chuva.


avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  Daniel Ramone em Seg 10 Fev 2014 - 21:32

Vincenzo observava a chuva da cabine do táxi, cada trovão lhe causando um sobressalto ao se lembrar do relâmpago que lhe fez de alvo. O taxista até que tentou puxar algum assunto, mas o Senhor das Sombras estava perturbado demais para lhe dar atenção. Pensava nas marcas em seu peito e na dor que elas causavam, pensava no que seus antigos parentes teriam a ver com elas. Após quase uma hora de viagem, o táxi para em uma zona urbana, uma espécie de paraíso da Weaver. Vincenzo não gosta do lugar e se pergunta por que os Senhores das Sombras preferem viver naqueles arranha-céus. Ainda sem muito a dizer ele paga o taxista e o dispensa, não se importa com a chuva caindo com força e ensopando-lhe o terno. Mas algo o incomoda quando ele se vê perdido naquele trecho da cidade, e logo se dá conta de que ao sair tão desesperado de casa, sequer parou para pensar se sabia onde exatamente ficava o caern de Crescent Town. Em meio à frustração, Vincenzo leva a mão ao peito e sente a dor opressora quase lhe debilitando. O lobo quer devorar o homem de dentro para fora, e Vincenzo decide ceder aos desejos da fera antes que o pior aconteça. Olha para todos os lados e vê que o temporal cuidou de calar a cidade. Escolhe um trecho escuro e passa por ele, quando surge do outro lado está em sua forma Lupina – um lobo de um metro com pelos negros e azulados que muito mal se passa por um cão de raça. Logo Vincenzo só vê uma solução para encontrar seus irmãos da cidade, ergue o focinho para o alto e lança um longo Uivo de Apresentação. Sua voz humana sempre foi divina para o canto, e seu uivo de lobo não era diferente, nele uiva seu nome, seu augúrio e tribo, e também uiva o nome de alguns ancestrais, incluindo Sangue-na-Neve, o mais importante de todos eles. Após sua apresentação que mais parecia um chamado, apenas espera até que os outros venham em sua direção.


Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 29
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Sex 14 Fev 2014 - 18:16

Canção-das-Trevas penetra nas sombras próximas das árvores organizadamente plantadas, os relâmpagos param deixando de iluminar o céu noturno. Quase todas das luzes visíveis são dos grandes prédios. Seu corpo lupino tem os pelos encharcados e pesados, mas sua marca maligna continua queimando e visível, os pelos brilham levemente como chamas vivas e novas, recém acessas.
O Caern é um segredo, é novo e recém aberto, apenas os Senhores das Sombras sabem de sua existência, supostamente é um Caern com um Elemental da Eletricidade ou um Corvo da Tempestade como Totem, seja como for Vincenzo crê que além de dever respeitar o território do próximo, resta apenas dar um Uivo de Apresentação para descobrir onde é o local. Seu uivo é longo, detalhando seu nome Garou, Tribo, Augúrio, Raça e Posto. A chuva pesada nada consegue abafar do uivo, porém o problema é que ele está em uma área urbana, e os humanos de seus prédios talvez possam procurar por um lobo rondando em volta de suas casas.
Mas antes do Galliard ter tempo de fazer qualquer coisa após o uivo, uma forma aparece por entre as árvores, é um homem de talvez vinte cinco anos, usando roupas casuais, suas feições são comuns, uma barba rente decora o rosto junto com sobrancelhas negras pesadas. Ele faz um gesto para Vincenzo acompanhar ele, em seguida some, entrando talvez na Penumbra.
Algumas das janelas no prédio que até agora estavam escuras são acesas, humanos olham para fora.



Atravessar é difícil, a Película é porosa e agarra cada pedaço do corpo do Garou, fazendo força para repelir ele e o impedir de ter sucesso na travessia. Demora cinco minutos para conseguir, o outro lobisomem esperava chateado embaixo da chuva umbral. O ambiente é cinzento, sombrio e cheio de névoas leves e baixas, as árvores plantadas de maneira planejada não dão sinal que existem, mas os prédios estão ainda ali. Perto também existem árvores selvagens, enormes e sombrias que tinham sido cortadas no mundo físico há tempos.
Sem esperar mais, o lobisomem diz com uma voz sombria.


Lobisomem - Sou Stan "Humor-Tempestuoso", Ahroun Hominídeo e Fostern dos Senhores das Sombras, diga-me, por qual motivo um hominídeo ronda na forma Selvagem em uma área cheia de prédios cheios de humanos entediados? Sorte tua por eu ter escutado seu uivo.
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  Daniel Ramone em Sex 14 Fev 2014 - 19:37

Vincenzo faz suas considerações a respeito do caern, quando entre algumas árvores próximas nota a presença de um indivíduo pouco mais velho. Vincenzo teme que seu uivo tenha atraído algum humano ou outra criatura qualquer, mas quando o homem lhe faz um chamado através de um gesto, entende que seu plano surtiu efeito. Logo o indivíduo some, e pela a agitação da película ao redor, com certeza foi para a Penumbra. Em um dos prédios uma luz se acende, e antes que o curioso tenha a oportunidade de ver o lobo sentado sobre sua calçada, Vincenzo perfura a película também.

A Penumbra nunca lhe agradou com seu ambiente fantasmagórico e soturno, mas isso não vinha ao caso para Vincenzo naquele momento. Logo a sua frente está o Garou que respondeu seu chamado, com cara de poucos amigos.


Lobisomem- Sou Stan “Humor-Tempestuoso”, Ahroun Hominídeo e Fostern dos Senhores das Sombras. Diga-me, por qual motivo um hominídeo ronda na forma selvagem em uma área cheia de prédios cheios de humanos entediados? Sorte tua por eu ter escutado seu uivo.


Vincenzo gosta dos luas cheias, mas não para uma ocasião como aquela. Preferia estar falando com um compreensível Theurge, mas agora precisava escolher as palavras com cuidado diante de um Ahroun de posto superior.

- Creio que depois do uivo eu não precise me apresentar. Sinto muito ter posto seu território em risco, mas meus instintos falavam por mim e eu precisava de um uivo para convocar alguém de seu caern. Fico feliz que meu chamado tenha sido atendido, pois preciso da ajuda de vocês. Acho que Avô Trovão falou comigo esta noite. Atingiu-me com um relâmpago que tenho motivos para crer ser algo místico e me deixou esta marca sobre o corpo [Exibo a marca dos parentes para o Garou] Preciso da ajuda desta seita. Sei que vocês são os mais indicados no que se refere ao poderoso Incarna de nossa tribo. Por Gaia, ajudem-me a interpretar este sinal!




Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 29
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Seg 17 Fev 2014 - 18:57

Trilha Sonora:

Vincenzo novamente na forma humana para tratar com o Ahroun fala, sentindo a pesada chuva caindo, mesmo na Penumbra a tempestade ocorre. Indo além, ela está muito mais forte agora. Suas gotas são pesadas como chumbo e frias para a neve, o céu é cinza e pesado, quase parece que vai cair em cima deles. Os trovões e relâmpagos são mais barulhentos e brilhantes.
O Ahroun escuta, é difícil ver seu rosto em condição do clima. Mas ele não parece nenhum pouco feliz e tal pouco fica impressionado com as marcas no corpo do Cliath, quando termina de ouvir, ele fala quase gritando para ser ouvido, sua voz é poderoso, mas não é bonita, pelo contrario, é bruta.


Humor-Tempestuoso - Não importa o que você crê, rapaz. Esse lugar é meu território, respeite a Litania, porcaria. E que merda você está falando de Seita por aqui? Onde ouviu essa baboseira? Você fala com um leve sotaque, de onde é para ouvir essa lorota de Caern em uma área como essa? Não sou um Urrah, pensa o quê?

O peito queima, a chuva é fria e cruel e o Ahroun parece furioso, existe força em suas palavras e o pouco de seu rosto que Vincenzo consegue ver parece dar sinais de que ele não está nenhum pouco feliz com o Cliath, entretanto a dor no peito impera sobre todo o resto, qualquer pensamento que indique que ele vá desistir gera uma nova dor, como se os seus Ancestrais e Parentes o queimassem com um ferro em brasas. O Ahroun não tem nenhuma intenção de ceder em suas perguntas, ele quer respostas e rápido.
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  Daniel Ramone em Seg 17 Fev 2014 - 20:37

Na pele humana a chuva parece apedrejar Vincenzo, o ambiente também não fornece conforto algum. A visão fica turva com o aguaceiro, diminuindo a capacidade de ler as expressões do Ahroun.

Humor-Tempestuoso - Não importa o que você crê, rapaz. Esse lugar é meu território, respeite a Litania, porcaria. E que merda você está falando de Seita por aqui? Onde ouviu essa baboseira? Você fala com um leve sotaque, de onde é para ouvir essa lorota de Caern em uma área como essa? Não sou um Urrah, pensa o quê?

- Entendo sua posição como dono deste território, por isso eu lancei o uivo antes de invadi-lo. A litania será respeitada, eu garanto. Sou novo na cidade, e não sei se estou enganado, mas ouvi dizer que por aqui havia uma seita ou caern de Senhores das Sombras. Observou bem meu sotaque, venho de Piemonte, na divisa da Itália com a França onde vi o caern fundado por minha família decair num ataque de Dançarinos da pele. Como eu disse em meu uivo, sou Vincenzo Cavallieri, descendente de uma respeitável linhagem de Senhores das Sombras e tataraneto do poderoso Sangue-na-Neve. [Caso seja necessário, uso Aparência+Expressão+Raça Pura para comprovar através de meu porte que realmente pertenço a uma linhagem de minha tribo]

Vincenzo se expressa de modo direto para satisfazer a ânsia do Ahroun por respostas, ainda sente a dor e quase fraqueja, mas vai suportá-la até o fim. A intenção de seus parentes em torturá-lo o confunde.


Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 29
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Sex 21 Fev 2014 - 19:57

O lobisomem não faz questão nenhuma de levar a conversa para fora da chuva, ele fala de modo grosseiro, chegado mais próximo do Galliard no processo.

[Dois sucessos na jogada social]

Humor-Tempestuoso - Espero que ninguém tenha visto você, ou acreditem que escutaram um uivo de lobo, caso contrario vão ter feito algumas ligações. Nunca ouvi falar nem desse Piemonte nem em Sangue-na-Neve. Sem dúvida vejo que é um Senhor das Sombras. Mas isso pouco interessa, diga-me, esse famoso Caern de sua família caiu, você viu isso e nada fez?

Parece que o mais importante vai ser saber como responder a última questão do Ahroun. O Lua Cheia fica bem próximo, saí uma névoa grossa acompanhando a respiração dele, um trovão estoura no céu da Penumbra, iluminando os olhos do lobisomem e acertando o topo de um dos prédios mais próximos. A dor fica mais aguda por algum motivo.

Humor-Tempestuoso - Não tenho todo o tempo do mundo, fala logo. Estou começando ficar irritado.
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  Daniel Ramone em Sex 21 Fev 2014 - 21:10

Humor-Tempestuoso - Espero que ninguém tenha visto você, ou acreditem que escutaram um uivo de lobo, caso contrario vão ter feito algumas ligações. Nunca ouvi falar nem desse Piemonte nem em Sangue-na-Neve. Sem dúvida vejo que é um Senhor das Sombras. Mas isso pouco interessa, diga-me, esse famoso Caern de sua família caiu, você viu isso e nada fez?

Humor-Tempestuoso - Não tenho todo o tempo do mundo, fala logo. Estou começando ficar irritado.

- Não viram. Posso ser um cliath, mas fiz tudo de modo consciente. Eu queria ter feito, acredite. Mas meu antigo caern foi atacado por Dançarinos da Pele, e creio que saiba melhor do que eu como os lobisomens são sensíveis quando o assunto é parentes corrompidos matando Garou para lhes roubar a pele para ritos profanos. De quem eu teria ajuda? Entenda que Senhores das Sombras não fazem alianças tão facilmente. Sou novato, mas sei muito bem que eu seria motivo de piada se contasse a outros Senhores das Sombras o que me aconteceu e lhes pedisse ajuda para caçar criaturas que eles se recusam a admitir a existência. Esta é a minha vergonha, Humor-Tempestuoso, e entendo que como um Lua Cheia de posto avançado você se vê em posição de me julgar, pois digo que fique a vontade, mas perceba que em nenhum momento menti para você.

Vincenzo percebe que a intenção do Lua Cheia é intimidá-lo, mas o Galliard é astuto o suficiente para não cair nos joguetes dos membros de sua própria tribo. Não importa o posto dele, não importa a fúria que Luna deu àquele Garou. Tentaria resolver tudo por intermédio de sua lábia, mas se não fosse possível, não se acovardaria em enfrentar Humor-Tempestuoso em uma batalha. Porém aquela dor o atingia de uma maneira que duvidava que o Ahroun fosse capaz. Vincenzo quase cai de joelhos, mas se mantém de pé sem demonstrar fraqueza.


Ação
Fala
Off
Pensamento

avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 29
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Ter 25 Fev 2014 - 6:16

O Ahroun cospe e responde furioso.

Humor-Tempestuoso - Maldito. Alguns diriam que você devia morrer lutando, por acaso todos vocês "Senhores das Sombras" italianos são tão fracos assim? Não é de estranha que o Avô Trovão tenha virado às costas para você!

Ao ouvir aquilo, quase que o Galliard entra em frenesi, mas sua fúria interior cresce, mas tomando nota disso o Ahroun diz com uma voz menos dura.

Humor-Tempestuoso - Sim, não fazemos muitos aliados, ou alguns apenas não tem essa capacidade, um Galliard bom iria conseguir juntar aliados e lançar um contra-ataque, já vi isso ocorrer. Alguns outros iriam dizer que você fez o certo, pensou em vez de agir cegamente, mas pelo que sei ainda sim você poderia ter feito melhor. Caso queira ajuda minha para encontrar um Caern nosso, preciso de uma prova que você não vai deixar esse Caern cair para Wyrm tão facilmente como permitiu que ocorresse lá na Itália. Como revelar para um Cliath um segredo desses, ainda mais depois de ouvir que deixou tão facilmente para trás o Caern dos próprios ancestrais? Prove seu valor com ações, caso eu pense que você é merecedor de ajuda levo você o mais rápido possível para o Caern.

A marca queima com mais força, dando pesado as palavras do Ahroun. O outro lobisomem fica apenas parado, esperando ver o que o Galliard é capaz de pensar e responder. Mas é nítido que ele não vai continuar parado na chuva por muito mais tempo por conta de um Cliath. Os trovões brilham iluminando a cena, lentamente surge alguns espíritos curiosos, um Corvo da Tempestade pousa em um dos galhos mais baixos e observa o Galliard.





Ficha:
Natureza: Beta
Comportamento: Excêntrico

Atributos

Força: 3
Destreza: 4 (Reflexos Rápidos)
Vigor: 3


Sócias

Carisma: 2
Manipulação: 2
Aparência: 4 (Fascinante)

Mentais

Percepção:2
Inteligência: 2
Raciocínio: 2


Habilidades

Talentos

Prontidão:1
Esporte
Briga:4 (Briga de Rua)
Esquiva:2
Empatia: 2
Expressão: 2
Intimidação:2
Instinto Primitivo:1
Manha:
Lábia: 2


Perícias -

Empatia c/ animais
Ofícios
Condução: 1
Etiqueta: 2
Armas de Fogo
Armas Brancas:
Liderança:
Performance: 4 (Uivos)
Furtividade: 2
Sobrevivência: 1


Conhecimentos

Computador
Enigmas: 1
Investigação
Direito
Lingüística: 1
Medicina:
Ocultismo: 2
Política
Ritos: 1
Ciências


Antecedentes
Recursos: 2
Rituais: 1
Raça Pura: 2
Ancestrais: 1


Dons:
Tribo: Fraquezas Fatais
Raça: Proteção Artificial
Augúrio: O Chamado da Wyld


Rituais:

Nível 1: Dedicação ao Talismã

Manobra Especial: Incapacitar

Fúria: 4/4
Gnose: 3/3
Força de Vontade: 4/4

Qualidades / Defeitos:
Metamorfo (7pts) A metamorfose para você é tão fácil como respirar. Você não precisa fazer testes para mudar de forma, nem gastar o ponto de Fúria necessário para a mudança instantânea. Você faz suas mudanças como se tivesse obtido cinco sucessos no seu teste de mudança de formas. Se você perder a consciência devido a ferimentos ou outra razão, você pode fazer um teste de Raciocínio + Instinto Primitivo (dificuldade 8 ) para escolher que forma assumir independente de voltar a forma racial.

Marca do Predador (-2pts) Você demonstra emanações de uma natureza predatória. Herbívoros fogem de você, enquanto carnívoros o vêem como uma ameaça em potencial e podem desafiá-lo. Você não pode possuir a Perícia: Empatia c/ animais.


Equipamentos: Paletó negro, camisa branca, calças e sapatos (Dedicados), Bens: Casarão com alguns móveis e uma biblioteca.
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  Daniel Ramone em Ter 25 Fev 2014 - 17:16

Vincenzo não se surpreende com a reação de Humor-Tempestuoso, mas suas acusações e ofensas a seus ex-companheiros o irritam de uma maneira que o jovem Senhor das Sombras precisa se segurar para não partir para cima do Ahroun.

Caso queira ajuda minha para encontrar um Caern nosso, preciso de uma prova que você não vai deixar esse Caern cair para Wyrm tão facilmente como permitiu que ocorresse lá na Itália. Como revelar para um Cliath um segredo desses, ainda mais depois de ouvir que deixou tão facilmente para trás o Caern dos próprios ancestrais? Prove seu valor com ações, caso eu pense que você é merecedor de ajuda levo você o mais rápido possível para o Caern.


- Acho que você não entendeu bem, eu só não morri porque não estava presente no momento em que a tragédia aconteceu, mas se estivesse, ficaria feliz em dar a minha vida pela a do menor de nossos parentes. Se você quer uma prova do meu desejo de dar o troco na Wyrm, eu a darei com muito prazer.

[Utilizando minha vantagem Metamorfo, passo para a forma Crinos]

Vincenzo percebe que a tempestade aumenta sua intensidade, e que os corvos curiosos se empoleiram nas árvores ao redor. Não queria ter de lutar com um Ahroun de posto mais elevado e tinha plena certeza de que estava em desvantagem, mas ao mesmo tempo queria extravasar a dor que sentia, e não havia melhor maneira senão com a violência primitiva que toma conta de sua natureza.

- Respeito a Litânia, meu caro. Não levantaria a mão para você e nem lhe ofenderia de modo algum, mas como o desafio é um desejo seu, então me submeto a um Garou de posto maior!

[Espero respeitosamente o adversário se colocar em sua forma de batalha. No teste de iniciativa, gasto um ponto de Força de Vontade para obter um sucesso extra. Durante minha ação, gasto um ponto de Fúria. Caso o adversário tenha vencido a iniciativa, uso uma das ações para bloquear seu ataque (Destreza + Briga) e depois atacar com a manobra Incapacitar. Caso eu tenha vencido, tento usar minha manobra em ambas as ações, desde que não funcione na primeira, na segunda eu usaria um ataque de garras. (Se a sua regra não permitir algo assim, então eu uso a manobra na primeira e, mesmo que falhe, na ação seguinte um ataque com garras)]


Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 29
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Sex 28 Fev 2014 - 10:30

O Ahroun ri de maneira desdenhosa e grosseira, permanecendo em Hominídeo. A Fúria do Galliard é ainda mais inflamada, mas antes de atacar, o Ahroun fala com uma voz forte e intimidante.

Humor-Tempestuoso - Entrou na Pele de Batalha, foi? Julga-me muito mal, "Lua Garbosa". Lutar comigo? Você não engana, o que tenho em ganhar lutando com um Cliath? Caso esse fosse um caminho desejado por mim, iria ter surrado você faz tempo. Você apenas quer aliviar sua fúria após ouvir o que tinha pra falar. Ele dá uma risada grossa e fala agora de modo mais leve. - Admito que ao menos teve colhões. Mas ouse partir para cima de mim, que mato você e nenhum corvo ou lobo vai soltar uma lágrima sequer. Siga-me.

Não iria ter uma luta. Os Corvos da Tempestade voam em volta do Ahroun que vai caminhando para fora da floresta, após um tempo quase todos os espíritos voam para o céu, sumindo de vista. Ele iria levar o Galliard para o Caern, isso era certo. Ele segue para um dos prédios mais próximos, um novo relâmpago risco os céus, parece que acertou o topo do prédio que eles dirigem-se. O som do trovão vem depois, agudo.
Teias Padrões fazem parte da estrutura do prédio, na porta de entrada uma diferença leve já é notada, Elementais da Eletricidade pequenos e discretos percorrem à porta, e em volta ela também, esperando para atacarem qualquer um que tente passar. Um som é feito, e à porta é aberta para os dois passarem, o último dos Corvos da Tempestade vai embora, subindo no céu em vez de seguir eles para dentro. Um novo relâmpago parece acertar o topo do prédio, antes do próprio som do trovão uma enorme onda de energia chega até eles no hall, faiscas explodem por todos os lados e os pelos do Galliard ficam em pé. Espíritos estranhos surgem, nascendo das faíscas, alguns vagam curiosos para perto do recém chegado, mas todos fazem sons ameaçadores de estalos de energia.


Humor-Tempestuoso - Sou Guardião do Caern Pico-do-Relâmpago, Urbano sim, mas pertencendo apenas aos Senhores das Sombras. Fique atrás de mim o tempo todo, caso não queira cair em uma armadilha, garoto.

Ele segue pelas escadas, ignorando o elevador. Ao chegar ao pé da escada, ele fala alguma palavra em uma linguagem alienígena, então um espírito que estava invisível aparece, sua boca estava aberta bem no quinto degrau, era capaz de engolir um Garou, a coisa fica imaterial, deixando o Ahroun passar no meio dele. Assim segue, subindo vários andares, sempre o Ahroun parando de tempos em tempos, falando alguma coisa, fazendo um gesto ou tirando alguma coisa do bolso e usando para destrancar passagens.
Apenas quando já estão no penúltimo andar, é sentido uma Divisa, as energias do Caern ficam mais fortes, mas o Galliard não tem os meios de acessar essas energias. Humor-Tempestuoso percorre o corredor e vai direto para o elevador dessa vez, aperta o botão chamando o elevador sete vezes, repentinamente à porta é aberta e eles entram. Ele tira uma chave dessa vez de um bolso, e usa no painel do elevador, instantemente uma passagem surge nas costas dos dois, o Ahroun passa primeiro, a passagem parece ser feita e pura luz.

Uma vez passando, existe um grande salão, bonito e decorado com arte europeia, desde quadros, moveis até tapetes e lustres. Parada esperando eles, estão dois Garou, uma mulher loura, meio bonita mas com físico forte usando roupas despojadas e o outro é um homem oriental, alto e vestindo um belo terno. Stan fala.


Humor-Tempestuoso - Aqui o Cliath uivador...

Os três olham para ele, sem muita alegria nos olhos.



Ficha:
Natureza: Beta
Comportamento: Excêntrico

Atributos

Força: 3 + 4 = 7
Destreza: 4 (Reflexos Rápidos) + 1 = 5
Vigor: 3 + 3 = 6


Sócias

Carisma: 2
Manipulação: 2
Aparência: 4 (Fascinante)

Mentais

Percepção:2
Inteligência: 2
Raciocínio: 2


Habilidades

Talentos

Prontidão:1
Esporte
Briga:4 (Briga de Rua)
Esquiva:2
Empatia: 2
Expressão: 2
Intimidação:2
Instinto Primitivo:1
Manha:
Lábia: 2


Perícias -

Empatia c/ animais
Ofícios
Condução: 1
Etiqueta: 2
Armas de Fogo
Armas Brancas:
Liderança:
Performance: 4 (Uivos)
Furtividade: 2
Sobrevivência: 1


Conhecimentos

Computador
Enigmas: 1
Investigação
Direito
Lingüística: 1
Medicina:
Ocultismo: 2
Política
Ritos: 1
Ciências


Antecedentes
Recursos: 2
Rituais: 1
Raça Pura: 2
Ancestrais: 1


Dons:
Tribo: Fraquezas Fatais
Raça: Proteção Artificial
Augúrio: O Chamado da Wyld


Rituais:

Nível 1: Dedicação ao Talismã

Manobra Especial: Incapacitar

Fúria: 4/4
Gnose: 3/3
Força de Vontade: 4/4

Qualidades / Defeitos:
Metamorfo (7pts) A metamorfose para você é tão fácil como respirar. Você não precisa fazer testes para mudar de forma, nem gastar o ponto de Fúria necessário para a mudança instantânea. Você faz suas mudanças como se tivesse obtido cinco sucessos no seu teste de mudança de formas. Se você perder a consciência devido a ferimentos ou outra razão, você pode fazer um teste de Raciocínio + Instinto Primitivo (dificuldade 8 ) para escolher que forma assumir independente de voltar a forma racial.

Marca do Predador (-2pts) Você demonstra emanações de uma natureza predatória. Herbívoros fogem de você, enquanto carnívoros o vêem como uma ameaça em potencial e podem desafiá-lo. Você não pode possuir a Perícia: Empatia c/ animais.

Equipamentos: Paletó negro, camisa branca, calças e sapatos (Dedicados), Bens: Casarão com alguns móveis e uma biblioteca.


Vitalidade:

Escoriado -0
Escoriado -0
Machucado -1
Ferido -1
Ferido Gravemente -2
Ferido Gravemente -2
Espancado -2
Aleijado -5
Incapacitado
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  Daniel Ramone em Sex 28 Fev 2014 - 18:43

Vincenzo não está muito contente com a rudez do lua cheia, acha que deveria ser tratado melhor por um irmão de tribo.

Humor-Tempestuoso - Entrou na Pele de Batalha, foi? Julga-me muito mal, "Lua Garbosa". Lutar comigo? Você não engana, o que tenho em ganhar lutando com um Cliath? Caso esse fosse um caminho desejado por mim, iria ter surrado você faz tempo. Você apenas quer aliviar sua fúria após ouvir o que tinha pra falar. Ele dá uma risada grossa e fala agora de modo mais leve. - Admito que ao menos teve colhões. Mas ouse partir para cima de mim, que mato você e nenhum corvo ou lobo vai soltar uma lágrima sequer. Siga-me.

Vincenzo refreia seus impulsos de atacá-lo. Sente que apesar de não gostar do que ouviu, ao menos conseguiu o que queria. Logo nota que os corvos da tempestade partiram, e que nada de mais interessante aconteceria ali. Então ele segue Humor-Tempestuoso sem nada perguntar ou dizer. A tempestade próxima o anima apesar da dor, sente que Avô Trovão está próximo graças ao relâmpago que surgiu para atingir o mesmo prédio para onde seguem. Vincenzo repara nas marcas da Weaver que cercam o lugar: Teias padrão envolvendo a estrutura, elementais da eletricidade guardando o lugar como sentinelas... Vincenzo vê muitas coisas ao longo do caminho, algumas explicáveis e outras que sua mente tinha dificuldade para absorver.

Humor-Tempestuoso - Sou Guardião do Caern Pico-do-Relâmpago, Urbano sim, mas pertencendo apenas aos Senhores das Sombras. Fique atrás de mim o tempo todo, caso não queira cair em uma armadilha, garoto.

Ao ouvir a sugestão do fostern Vincenzo acata de uma maneira literal, pisando apenas onde o Senhor da Sombra pisou. Tenta prestar a atenção em tudo que ele faz, caso talvez se veja obrigado a retornar àquele prédio. Enfim, eles parecem ter chegado ao seu destino, e Vincenzo se surpreende com a suntuosidade do salão. Mas embora a arte o os objetos daquele lugar o atraiam, ele prefere dar sua atenção a dois indivíduos que compunham o cenário daquele lugar. Nota pelo tom com que Humor-Tempestuoso o apresenta e pelo olhar daqueles dois que não seria melhor recebido do que foi mais cedo, porém o importante é ter chegado onde queria, onde uma explicação sobre aquela marca poderia ser formulada.

[Volto à forma humana]

Vincenzo espera pelo momento certo, se aproxima e se apresenta.

- Sou Vincenzo Canção das Trevas Cavallieri, Galliard de nossa amada tribo. Me desculpem se meu uivo causou algum transtorno a vocês, mas garanto que fiz tudo de maneira muito consciente. Venho humildemente pedir a ajuda de vocês, e sei que a primeira coisa que irão pensar é que não mereço. Estão certos, sou só um cliath que ainda não fez nada para merecer sua atenção, mas meu problema envolve Avô Trovão e talvez isso possa interessar a vocês. Peço que, por favor, ouçam meu pedido. Ajudem-me agora e no futuro eu farei o mesmo por vocês, afinal de contas eu não sou um Garou qualquer.

Vincenzo aguarda pelas respostas. Caso haja relutância, ele reforça suas palavras usando seu charme de uma forma sutil e inofensiva com a mulher [teste de Aparência + Empatia + Raça Pura] , e com o homem tenta usar de influência sem ser invasivo [teste de Manipulação + Lábia + Raça Pura]. Caso algum dos Garou simpatize com seu pedido, ele novamente explica o ocorrido:

- Estava em minha casa quando fui alvejado por um raio de aspecto espiritual. Atingiu meu peito e deixou esta marca, que representa parentes que perdi em meu antigo Caern. Só a inteligência de vocês pode solucionar isso.  


Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 29
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Dom 2 Mar 2014 - 16:41

Os três escutam, Vincenzo tem ciência que falou bem, mas o Ahroun dá um pequeno sorriso cruel quando o Cliath estava terminando de falar. Repentinamente, o homem asiático fala com uma voz bonita, forte e naturalmente potente, parece uma tempestade.

Homem e Mulher:

Aparência 3, Raça Pura 5


Aparência 4 (Fascinante), Raça Pura 1

Homem - Sou Akira Chikako, formalmente conhecido pelos espíritos como "Astúcia de Mil Existências", Ancião Theurge nascido entre os Macacos, sou o Ancião do Caern e também ocupo a função como Mestre dos Rituais, essa bela mulher ao meu lado é Nádia Marika "Destruidora-de-Mortos", também nascida entre os Macacos, Ahroun e Adren. Bem vindo, ofereço nossa hospitalidade, mesmo sem sabermos que iríamos receber uma visita desse modo. Venha, não ligue de molhar nosso tapetes.

Ele guia o Galliard junto com Nádia até a Área de Convivência, Stan para trás perto da parede lisa onde supostamente existia uma ligação com o elevador. Eles entram na área que prova ser apenas uma bela e grande sala, não uma enorme área como Caerns maiores tem à disposição, ela conta sofás grandes de couro negro, tapetes modernos, quadros e estátuas na decoração, em um canto mais distante duas mesas com notebook's, luminárias e estantes cheios de livros, um belo bar longo cheio de vinhos à mostra com um conjunto de pequenas cadeiras em outro canto longe dos livros, aparelhos eletrônicos ordenados sem grande ostentação apesar de tudo terminando dando um ar de um apartamento chique. O Ancião vai até o bar e abre um vinho, oferece uma taça para o Cliath, pega para si mesmo uma e bebe lentamente. Faz um sinal formal para o Cliath sentar em um dos bancos do bar e diz para ficar ali, por um momento com Nádia enquanto ele tem algo para terminar.
Nádia Marika, a Vigia do Caern fala de maneira curta algumas coisas sobre a Seita, ela mesma não bebe e não deixa de mostrar que está vigilante. O Caern tem dez Garou no total, alguns estão ausentes, porém um bom número de Parentes e seis dos próprios lobisomens vivem no prédio, em apartamentos aparentemente banais. Ela lidera uma Matilha no qual Stan faz parte junto com outros três Garou ausentes, todos Guardiões do Caern, eles seguem Typhon como Totem. O Ancião retorna repentinamente, e diz.


Homem - Perdão, mas você chegou no exato momento em que eu realizava um ritual, entretanto agora terminei e os espíritos estão satisfeitos, diga-me, qual é seu objetivo aqui, senhor Vincenzo? Um raio que caí em cima de um Garou evidentemente é sinal que os espíritos não estão satisfeitos, conte melhor isso Galliard, por favor. E também como ficou sabendo da existência desse Caern.



Ficha:
Natureza: Beta
Comportamento: Excêntrico

Atributos

Força: 3
Destreza: 4 (Reflexos Rápidos)
Vigor: 3


Sócias

Carisma: 2
Manipulação: 2
Aparência: 4 (Fascinante)

Mentais

Percepção:2
Inteligência: 2
Raciocínio: 2


Habilidades

Talentos

Prontidão:1
Esporte
Briga:4 (Briga de Rua)
Esquiva:2
Empatia: 2
Expressão: 2
Intimidação:2
Instinto Primitivo:1
Manha:
Lábia: 2


Perícias -

Empatia c/ animais
Ofícios
Condução: 1
Etiqueta: 2
Armas de Fogo
Armas Brancas:
Liderança:
Performance: 4 (Uivos)
Furtividade: 2
Sobrevivência: 1


Conhecimentos

Computador
Enigmas: 1
Investigação
Direito
Lingüística: 1
Medicina:
Ocultismo: 2
Política
Ritos: 1
Ciências


Antecedentes
Recursos: 2
Rituais: 1
Raça Pura: 2
Ancestrais: 1


Dons:
Tribo: Fraquezas Fatais
Raça: Proteção Artificial
Augúrio: O Chamado da Wyld


Rituais:

Nível 1: Dedicação ao Talismã

Manobra Especial: Incapacitar

Fúria: 4/4
Gnose: 3/3
Força de Vontade: 4/4

Qualidades / Defeitos:
Metamorfo (7pts) A metamorfose para você é tão fácil como respirar. Você não precisa fazer testes para mudar de forma, nem gastar o ponto de Fúria necessário para a mudança instantânea. Você faz suas mudanças como se tivesse obtido cinco sucessos no seu teste de mudança de formas. Se você perder a consciência devido a ferimentos ou outra razão, você pode fazer um teste de Raciocínio + Instinto Primitivo (dificuldade 8 ) para escolher que forma assumir independente de voltar a forma racial.

Marca do Predador (-2pts) Você demonstra emanações de uma natureza predatória. Herbívoros fogem de você, enquanto carnívoros o vêem como uma ameaça em potencial e podem desafiá-lo. Você não pode possuir a Perícia: Empatia c/ animais.

Equipamentos: Paletó negro, camisa branca, calças e sapatos (Dedicados), Bens: Casarão com alguns móveis e uma biblioteca.


Vitalidade:

Escoriado -0
Machucado -1
Ferido -1
Ferido Gravemente -2
Espancado -2
Aleijado -5
Incapacitado
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  Daniel Ramone em Dom 2 Mar 2014 - 18:21

Homem - Sou Akira Chikako, formalmente conhecido pelos espíritos como "Astúcia de Mil Existências", Ancião Theurge nascido entre os Macacos, sou o Ancião do Caern e também ocupo a função como Mestre dos Rituais, essa bela mulher ao meu lado é Nádia Marika "Destruidora-de-Mortos", também nascida entre os Macacos, Ahroun e Adren. Bem vindo, ofereço nossa hospitalidade, mesmo sem sabermos que iríamos receber uma visita desse modo. Venha, não ligue de molhar nosso tapetes.

Vincenzo o segue, lamentando sujar de lama um lugar tão belo. Ele absorve o ambiente da sala de convivência e aceita uma taça de vinho quando Akira lhe oferece. Se sente mais feliz quando é deixado a sós com a bela Nádia e ouve tudo com muita atenção enquanto ela fala, mas não entende para que ela lhe oferece tantas informações sobre o caern já que ele está só de passagem, mesmo assim ele é muito cordial e educado.

- Obrigado mais uma vez pela recepção, caríssima. Honrarei seu território enquanto estiver aqui e falarei muito bem dele quando eu me for.

Vincenzo percebe a reaproximação do ancião e lhe reverencia com um menear com a cabeça.

Homem - Perdão, mas você chegou no exato momento em que eu realizava um ritual, entretanto agora terminei e os espíritos estão satisfeitos, diga-me, qual é seu objetivo aqui, senhor Vincenzo? Um raio que caí em cima de um Garou evidentemente é sinal que os espíritos não estão satisfeitos, conte melhor isso Galliard, por favor. E também como ficou sabendo da existência desse Caern.

- Peço desculpas se atrapalhei alguma coisa, não foi essa a minha intenção. O meu objetivo aqui é buscar o conselho e a opinião de Senhores das Sombras mais experientes, já que não pertenço a nenhuma seita. Ouvi dizer que eram os melhores se tratando de compreender Avô Trovão, tanto que quando aquele raio me atingiu, lembrei de vocês mesmo em um momento de desespero. O que aconteceu foi que despertei graças à força da tempestade, e dentro de minha casa acabei atingido pelo estranho raio, que me deixou as marcas em meu peito. Reconheci-as como sendo de parentes assassinados num ataque de Dançarinos da Pele em meu antigo caern. Creio que os espíritos dos próprios estão por trás disso, e que por intermédio de Avô Trovão estão tentando entrar em contato comigo, mas não possuo o conhecimento oculto ou ritualístico para respondê-los. Por isso vim até vocês, pois mesmo que nossa tribo não seja tão unida quanto eu gostaria, ainda tenho a esperança que somos lúcidos o suficiente para que irmãos ajudem irmãos. Entenderei se não puderem, mas a simples tentativa de sua parte despertará a minha eterna gratidão.

Vincenzo para por um instante e analisa a expressão de seus anfitriões e nota que eles ainda esperam por respostas, então continua:  

- Bem, quando cheguei ao país fui muito bem recepcionado pelos Senhores das Sombras que se aliaram aos Andarilhos do Asfalto. Não aprovo seus costumes, e por isso não manifestei nenhum desejo de me unir a eles. Mas minha família trata com o vinho, e tenho de admitir que fazer negócios com eles é um bom caminho para prosperar. Foi um deles, um cliath como eu cujo o nome eu prefiro não revelar, quem me falou onde posso encontrar outros Senhores das Sombras caso eu me sentisse sozinho. Mas se a informação do paradeiro de vocês for confidencial, prometo que vou mantê-la em eterno sigilo. Quanto à isso não se preocupem.

[Caso queira saber mais sobre o Garou que eu disse ter me revelado o caern, eu peguei ele emprestado da introdução que o Leo fez pra mim na crônica de Toronto, se chama Paco. Se eu puder adiantar mais alguma coisa, me manda por MP que edito assim que puder]


Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 29
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Ter 4 Mar 2014 - 16:16

Akira escuta e Nádia também, suas expressões são neutras, e o Garou de maior posto fala, com uma voz forte e educada.

Akira - Posso ver o local onde o raio atingiu? - Ele olha, pela expressão parece entender perfeitamente do que trata, então fala. - Você foi amaldiçoado pelos espíritos Ancestrais, essa maldição vai ficar mais forte com o passar do tempo, cálculo que em menos de uma semana tanto sua carne como espírito estarão queimados e destruídos por completo. Você iria ser incapaz de juntar-se aos Ancestrais da Tribo e a Gaia após a morte.

Isso pesa profundamente no coração de Vncenzo, é algo aterrorizante. O Ancião fala novamente, sua voz agora é levemente curiosa, seus olhos encaram os do Cliath.

Akira - Sou o único que pode ajudar você em Toronto. Diga, qual é o nome do Garou que avisou você de nossa localização? Ele merece agradecimentos pois salvou você, e creio que estejamos precisando de bons Senhores das Sombras para ajudar nossa Seita.

Ele espera, não existe como mentir nem ocultar nada, o Cliath está diante de um Ancião, em seu próprio Caern e ele é o único capaz de ajudar salvar sua carne e espírito. Assim que recebe uma resposta detalhada que satisfaça, ele fala com uma voz forte, mas calma, ele pega outra taça de vinho e oferece novamente para o Cliath, talvez para acalmar os nervos do jovem Garou.

Akira - O único meio de ajudar você não é fácil de ser realizado, posso ajudar você, mas talvez os próprios espíritos fiquem nervosos comigo por interferir em sua punição. Você falou duas vezes que iria ficar em uma eterna divida com os Garou desse Caern, diga uma terceira vez, Galliard, e faça um juramento para o Totem do Caern que eu o ajudo. Vamos, até o coração do caern onde suas palavras serão guardadas pelos espíritos.

Querendo ou não, agora ele foi encurralado, dever favores nunca é bom, ainda mais para Senhores das Sombras. O Coração do Caern revela ser o topo da cobertura do prédio, o céu é pura tempestade negra e cinza e ali ambos os lados da Película estão unidos, um grande para-raios existe ali, talvez com oito metros de altura, aço e prata moldado em um grande obelisco cheio de figuras em alto relevo de corvos, lobisomens e raios. Três relâmpagos cortam o céu e caem ao mesmo tempo no para-raios, cada figura brilha intensamente. Corvos e mais corvos surgem, de todos os tipos, tanto os de carne e osso como espíritos corvos e Corvos da Tempestade. Vários voam em volta do obelisco, outros pousam e observam com olhos cheios de manha para o recém chegado.

Akira - Coloque ambas as mãos no obelisco do corvo, diga que jura lealdade eterna para o Caern Pico-do-Relâmpago, seus lobisomens e ao totem. Caso minta ou os espíritos vejam que não vai manter suas palavras no futuro, um raio fulminante vai obliterar você por completo.

[Duas opções em baixo dependendo do que você escolher. Primeiro, caso aceite fazer o juramente e receber ajuda. Segundo caso recuse.]

Vincenzo aceita e coloca suas mãos e faz o juramento, os corvos começam fazer sons, parecem que todos estão falando em italiano e inglês, eles clamam a mesma palavra nas duas linguagens diferentes: Oath!, oath, oath! Giuramento, giuramento, giuramento!
Suas mão estão presas no metal, não importa o quanto tente desgrudar elas. Em cima, no céu, um gigantesco trovão é formado e seu som treme o mundo. O céu em cima começa brilhar, uma enorme carga elétrica está sendo formada. Um grande raio vai cair a qualquer momento.




Ao demonstrar que não deseja fazer o juramento ao Totem, o Ancião com seus olhos negros e afiados inclina calmamente sua cabeça e fala com sua voz severa.

Akira - Esse é um direito seu, Cliath, entretanto não desejamos que parta conhecendo tantos detalhes, Nádia contou muito, não? Isso dá ao direito de tomamos qualquer medida que desejarmos em relação a privacidade de nossa seita e detalhes técnicos. E creio que Humor-Tempestuoso considera que você dever um favor para ele, vamos dar um jeito nesses problemas, certo?



Ficha:
Natureza: Beta
Comportamento: Excêntrico

Atributos

Força: 3
Destreza: 4 (Reflexos Rápidos)
Vigor: 3


Sócias

Carisma: 2
Manipulação: 2
Aparência: 4 (Fascinante)

Mentais

Percepção:2
Inteligência: 2
Raciocínio: 2


Habilidades

Talentos

Prontidão:1
Esporte
Briga:4 (Briga de Rua)
Esquiva:2
Empatia: 2
Expressão: 2
Intimidação:2
Instinto Primitivo:1
Manha:
Lábia: 2


Perícias -

Empatia c/ animais
Ofícios
Condução: 1
Etiqueta: 2
Armas de Fogo
Armas Brancas:
Liderança:
Performance: 4 (Uivos)
Furtividade: 2
Sobrevivência: 1


Conhecimentos

Computador
Enigmas: 1
Investigação
Direito
Lingüística: 1
Medicina:
Ocultismo: 2
Política
Ritos: 1
Ciências


Antecedentes
Recursos: 2
Rituais: 1
Raça Pura: 2
Ancestrais: 1


Dons:
Tribo: Fraquezas Fatais
Raça: Proteção Artificial
Augúrio: O Chamado da Wyld


Rituais:

Nível 1: Dedicação ao Talismã

Manobra Especial: Incapacitar

Fúria: 4/4
Gnose: 3/3
Força de Vontade: 4/4

Qualidades / Defeitos:
Metamorfo (7pts) A metamorfose para você é tão fácil como respirar. Você não precisa fazer testes para mudar de forma, nem gastar o ponto de Fúria necessário para a mudança instantânea. Você faz suas mudanças como se tivesse obtido cinco sucessos no seu teste de mudança de formas. Se você perder a consciência devido a ferimentos ou outra razão, você pode fazer um teste de Raciocínio + Instinto Primitivo (dificuldade 8 ) para escolher que forma assumir independente de voltar a forma racial.

Marca do Predador (-2pts) Você demonstra emanações de uma natureza predatória. Herbívoros fogem de você, enquanto carnívoros o vêem como uma ameaça em potencial e podem desafiá-lo. Você não pode possuir a Perícia: Empatia c/ animais.

Equipamentos: Paletó negro, camisa branca, calças e sapatos (Dedicados), Bens: Casarão com alguns móveis e uma biblioteca.


Vitalidade:

Escoriado -0
Machucado -1
Ferido -1
Ferido Gravemente -2
Espancado -2
Aleijado -5
Incapacitado
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  Daniel Ramone em Ter 4 Mar 2014 - 19:14

Akira - Posso ver o local onde o raio atingiu?

Vincenzo ergue a camisa e mostra a marca novamente para o ancião.

- Você foi amaldiçoado pelos espíritos Ancestrais, essa maldição vai ficar mais forte com o passar do tempo, cálculo que em menos de uma semana tanto sua carne como espírito estarão queimados e destruídos por completo. Você iria ser incapaz de juntar-se aos Ancestrais da Tribo e a Gaia após a morte.

A ideia assustadora deixa Vincenzo abatido, aquele era o pior destino possível para um Garou.

Akira - Sou o único que pode ajudar você em Toronto. Diga, qual é o nome do Garou que avisou você de nossa localização? Ele merece agradecimentos pois salvou você, e creio que estejamos precisando de bons Senhores das Sombras para ajudar nossa Seita.


Sem ter como manter o nome do Garou em sigilo, Vincenzo o revela.

- Não entendo seu desejo, é um Garou irrelevante que já pertence a um caern. Seu nome é Paco Rumenig - Herdeiro do Trovão. Quero deixar claro que ele nada sabia sobre este prédio e não me deu mais do que pobres coordenadas sobre a direção do caern. Só consegui chegar aqui graças à Humor-Tempestuoso.

Akira - O único meio de ajudar você não é fácil de ser realizado, posso ajudar você, mas talvez os próprios espíritos fiquem nervosos comigo por interferir em sua punição. Você falou duas vezes que iria ficar em uma eterna divida com os Garou desse Caern, diga uma terceira vez, Galliard, e faça um juramento para o Totem do Caern que eu o ajudo. Vamos, até o coração do caern onde suas palavras serão guardadas pelos espíritos.

Vincenzo se assusta com a proposta, mas a ameaça da morte desonrada o intimida. Ele segue Akira até o topo do prédio onde o para-raio com os símbolos espirituais costumeiramente usados pelos Senhores das Sombras estão gravados.

Akira - Coloque ambas as mãos no obelisco do corvo, diga que jura lealdade eterna para o Caern Pico-do-Relâmpago, seus lobisomens e ao totem. Caso minta ou os espíritos vejam que não vai manter suas palavras no futuro, um raio fulminante vai obliterar você por completo.

As palavras do ancião são intimidantes, e os corvos grasnando sobre sua cabeça parecem fazer promessas de perigo e morte. Mas Vincenzo não demonstra medo em momento algum, e com determinação faz o juramento de lealdade ao caern. Procura manter o coração e a mente abertos para que os espíritos tenham a plena certeza de que ele não mente quando declara que dali por diante dará a vida para proteger aquele lugar sagrado.

- Eu juro pelo nome de minha família, pela honra de meus acestrais, pela lua que me observa e pela Mãe que me acolhe. Dou a minha alma e coração a este lugar sagrado. Que meu corpo seja a barreira a impedir a aproximação da Serpente de Chifres, e que minhas garras sejam as lâminas a retalhas suas corruptas escamas. Aos espíritos deste caern, eu entrego meu destino!


Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 29
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Qua 5 Mar 2014 - 17:31

Trilha:

Um gigantesco relâmpago caí, sua energia é sentida junto com o cheiro de ozônio, entretanto o raio caí em cima de um Corvo da Tempestade que passava por cima do obelisco, ele brilha e fica enorme, o corpo cercado por pura energia. O espírito pousa em cima do obelisco e as mãos do Cliath são soltas. O grande espírito do caern o olha com aterrorizantes olhos negros que piscam com energia.

Akira - Nosso totem aceitou sua oferta, vamos, irei ajuda-lo imediatamente.

Eles deixam os corvos para trás, barulhentos e seguem sozinhos para uma sala, é o Santuário. Sendo um caern relativamente novo, o lugar ainda é vazio, é uma sala longa, no teto está uma grande gaiola de ferro onde um homem poderia caber, existem quadros de vários tipos com imagens de corvos, pedaços de madeira com glifos fixados nas paredes negras, um grande tapete negro e prateado decora o chão, o Ancião senta próximo de um pedaço de carvalho com glifos marcados por garras de lobisomem, ele fala com calma.

Akira - Irei realizar um ritual onde você poderá ir junto comigo, como um convidado até Terra Natal de nossa tribo. Nunca ouvi de um Cliath que visitou o reino antes, os espíritos poderão ser cruéis. Estou suficiente bem com o Totem de nossa Tribo e com meus Ancestrais e os espíritos Corvos, mas mesmo assim levar um Cliath poderá ser interpretado como demasiada ousadia. Seus Ancestrais possivelmente irão atacar você imediatamente, entenda isso.

Como para dar peso nas palavras do Theurge, Vincenzo sente imediatamente uma dor em sua pele, seu ferimento sangra e pus vaza lentamente, sua carne parece queimada e infectada, não dá para ver corretamente como as figuras queimadas estão, mas o Theurge fala para ele.

Akira - Veja a verdade de minhas palavras, parecem que eles estão todos em volta da ferida, golpeando sua pele. O tempo corre, talvez em quatro dias você esteja perdido. Respire com calma, não admiramos os desesperados e fracos. Nosso lar é um lugar duro, os fracos nada podem esperar além da morte.

Ele fica sentado, de pernas cruzadas por um minuto, olhos fechados, concentrado. Então fica em pé com ligeireza, fica atrás do Cliath e encosta suas mãos nos ombros do Galliard, ele respira lentamente. Então o mundo todo muda. Um vento frio e poderoso quase atira o jovem Cliath longe, em uma profunda queda. O Ancião está próximo, mas não faz menor esforço em segurar o jovem nem ajuda-lo.

Local:

Akira - Estamos nas partes mais baixas do reino. Eu sou seu guia, então não posso o largar você fugindo da responsabilidade de trazer um Cliath até essas terras sagradas, espero que não demoremos, pois caso seus Ancestrais estejam mais acima na Grande Montanha essa tarefa irá ser longa. Vamos, uive ou chame seus Ancestrais, vejamos se eles vem até você.



Ficha:
Natureza: Beta
Comportamento: Excêntrico

Atributos

Força: 3
Destreza: 4 (Reflexos Rápidos)
Vigor: 3


Sócias

Carisma: 2
Manipulação: 2
Aparência: 4 (Fascinante)

Mentais

Percepção:2
Inteligência: 2
Raciocínio: 2


Habilidades

Talentos

Prontidão:1
Esporte
Briga:4 (Briga de Rua)
Esquiva:2
Empatia: 2
Expressão: 2
Intimidação:2
Instinto Primitivo:1
Manha:
Lábia: 2


Perícias -

Empatia c/ animais
Ofícios
Condução: 1
Etiqueta: 2
Armas de Fogo
Armas Brancas:
Liderança:
Performance: 4 (Uivos)
Furtividade: 2
Sobrevivência: 1


Conhecimentos

Computador
Enigmas: 1
Investigação
Direito
Lingüística: 1
Medicina:
Ocultismo: 2
Política
Ritos: 1
Ciências


Antecedentes
Recursos: 2
Rituais: 1
Raça Pura: 2
Ancestrais: 1


Dons:
Tribo: Fraquezas Fatais
Raça: Proteção Artificial
Augúrio: O Chamado da Wyld


Rituais:

Nível 1: Dedicação ao Talismã

Manobra Especial: Incapacitar

Fúria: 4/4
Gnose: 3/3
Força de Vontade: 4/4

Qualidades / Defeitos:
Metamorfo (7pts) A metamorfose para você é tão fácil como respirar. Você não precisa fazer testes para mudar de forma, nem gastar o ponto de Fúria necessário para a mudança instantânea. Você faz suas mudanças como se tivesse obtido cinco sucessos no seu teste de mudança de formas. Se você perder a consciência devido a ferimentos ou outra razão, você pode fazer um teste de Raciocínio + Instinto Primitivo (dificuldade 8 ) para escolher que forma assumir independente de voltar a forma racial.

Marca do Predador (-2pts) Você demonstra emanações de uma natureza predatória. Herbívoros fogem de você, enquanto carnívoros o vêem como uma ameaça em potencial e podem desafiá-lo. Você não pode possuir a Perícia: Empatia c/ animais.

Equipamentos: Paletó negro, camisa branca, calças e sapatos (Dedicados), Bens: Casarão com alguns móveis e uma biblioteca.


Vitalidade:

Escoriado -0 AGRAVADO
Machucado -1
Ferido -1
Ferido Gravemente -2
Espancado -2
Aleijado -5
Incapacitado
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  Daniel Ramone em Qua 5 Mar 2014 - 18:42

Vincenzo se assusta com a presence do gigantesco corvo. Já viu coisas fantasticas, mas aquilo o levava mais além. Caiu para trás e soltou as mãos do obelisco. Após o ancião lhe informar que ele foi aceito pelo totem, um sentimento de alívio o preenche. Ele segue o ancião até o santuário sem nada dizer.

Akira - Irei realizar um ritual onde você poderá ir junto comigo, como um convidado até Terra Natal de nossa tribo. Nunca ouvi de um Cliath que visitou o reino antes, os espíritos poderão ser cruéis. Estou suficiente bem com o Totem de nossa Tribo e com meus Ancestrais e os espíritos Corvos, mas mesmo assim levar um Cliath poderá ser interpretado como demasiada ousadia. Seus Ancestrais possivelmente irão atacar você imediatamente, entenda isso.

A ideia do ancião é tão tentadora quanto perigosa. Não há mais como recuar. Vincenzo se agacha e espera calado que Akira realize o ritual. A dor em seu peito se torna cada vez mais lacerante, mas Vincenzo se mantém firme, a suporta, é preciso demonstrar força para ser digno de pisar naquele lugar.

Akira - Veja a verdade de minhas palavras, parecem que eles estão todos em volta da ferida, golpeando sua pele. O tempo corre, talvez em quatro dias você esteja perdido. Respire com calma, não admiramos os desesperados e fracos. Nosso lar é um lugar duro, os fracos nada podem esperar além da morte.

- Posso ser um cliath, senhor, mas não serei eu a desapontá-lo. Meus ancestrais são sábios, se estão me castigando é porque há um motivo. Quero satisfazê-los o quanto antes, pois minha vida depende disso, mas acima de tudo, não quero ser uma vergonha para minha família ou minha tribo.

O ritual segue, e Vincenzo é capaz de perceber a mudança do ambiente após o toque do ancião. Toma consciência da nevasca poderosa varrendo seu corpo e do abismo que expressa um desejo perverso e silencioso por tragá-lo. Vincenzo se equilibra, tenta se ambientar ao lugar.

Akira - Estamos nas partes mais baixas do reino. Eu sou seu guia, então não posso o largar você fugindo da responsabilidade de trazer um Cliath até essas terras sagradas, espero que não demoremos, pois caso seus Ancestrais estejam mais acima na Grande Montanha essa tarefa irá ser longa. Vamos, uive ou chame seus Ancestrais, vejamos se eles vem até você.

Vincenzo passa para a forma Hispo [Qualidade: Metamorfo], limpa a garganta com um pequeno urro e em seguida entoa o mais longo e belo uivo de sua vida, onde chama pelo nome de cada ancestral e os eleva ao patamar de antigos deuses. No uivo, assume seus erros e diz que está pronto para repará-lo e nunca mais repeti-lo. Diz que como no passado, fará por merecer o sangue que corre em suas veias e que dali por diante a Wyrm pagará em dobro pela morte seus amados parentes e pelas terras que profanou. [Teste de Carisma + Performance + 1 ponto de força de vontade]


Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 29
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Qui 6 Mar 2014 - 14:35

Rolagem de Dados:
Daniel ramone rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 8 para uivo - chamar ancestrais que resultou 4, 10, 1, 6, 2, 1 - Total: -1 Sucessos

Daniel ramone rolou 1 dados de 10 lados com dificuldade 8 para especialização que resultou 2 - Total: 0 Sucessos

-1 + 1 sucesso automático = 0 falha

rolador: http://www.sfn.com.br/roller.php

Em Hispo, firmando bem suas patas para não escorrer e nem deixar o vento o empurrar o jovem Galliard uiva, mas o vento é forte demais, vento entra em sua boca e quase o faz engasgar, ele tenta continuar uivando mas o vento sopra alto e forte e iria ser muito difícil se fazer ouvir. O Theurge balança cabeça, reprovando a falha, ele assume a forma Crinos e uiva um de modo curto e fino.
Imediatamente uma revoada de Corvos da Tempestade, negros, azul escuro e pingando sangue voam próximo deles, na estrada de altitude. Um deles vem e pousa no ombro do Theurge e faz sons que o Galliard não entende, cabe ao Theurge traduzir.


Akira - Esse Corvo da Tempestade diz servir a um de seus Ancestrais, e que todos eles guardam grande rancor e desprezo por você, Canção-das-Trevas.

O espírito então escolhe falar na linguagem Garou para ser entendido sem precisar de uma tradução, as penas do espírito estão sendo sopradas pelo vento e seus olhos brilham friamente..

Corvo da Tempestade - Fraco! Indigno! Poupe todos nós, faça um favor aos seus ancestrais e pule no abismo e para morte! Fraco! Indigno!

O espírito voa para cima do Galliard, atacando com o bico afiado, tentando cegar o lobisomem que está próximo demais de uma longa queda atrás de si.

Iniciativa e Inimigo:

Daniel ramone rolou 1 dados de 10 lados com dificuldade 1 para iniciativa que resultou 1 - Total: 0 Sucessos
Espírito rolou 1 dados de 10 lados com dificuldade 1 para iniciativa que resultou 4 - Total: 1 Sucessos

Vincenzo: 8 + 1 = 9
Corvo da Tempestade: 9 + 4 = 13

Você age por último.


Para facilitar tanto para mim como para você

Características de um Corvo da Tempestade (no Axis Mundi): Fúria 7, Força de Vontade 9, Gnose 6: 35 de Essência
Encantos: Sentido de Orientação, Sentir o Reino, Reformar, Materializar, Criar Vento e Rastrear.




Ficha:
Natureza: Beta
Comportamento: Excêntrico

Atributos

Força: 3 + 3 = 6
Destreza: 4 (Reflexos Rápidos) + 2 = 6
Vigor: 3 + 3 = 6


Sócias

Carisma: 2
Manipulação: 2
Aparência: 4 (Fascinante)

Mentais

Percepção:2
Inteligência: 2
Raciocínio: 2


Habilidades

Talentos

Prontidão:1
Esporte
Briga:4 (Briga de Rua)
Esquiva:2
Empatia: 2
Expressão: 2
Intimidação:2
Instinto Primitivo:1
Manha:
Lábia: 2


Perícias -

Empatia c/ animais
Ofícios
Condução: 1
Etiqueta: 2
Armas de Fogo
Armas Brancas:
Liderança:
Performance: 4 (Uivos)
Furtividade: 2
Sobrevivência: 1


Conhecimentos

Computador
Enigmas: 1
Investigação
Direito
Lingüística: 1
Medicina:
Ocultismo: 2
Política
Ritos: 1
Ciências


Antecedentes
Recursos: 2
Rituais: 1
Raça Pura: 2
Ancestrais: 1


Dons:
Tribo: Fraquezas Fatais
Raça: Proteção Artificial
Augúrio: O Chamado da Wyld


Rituais:

Nível 1: Dedicação ao Talismã

Manobra Especial: Incapacitar

Fúria: 4/4
Gnose: 3/3
Força de Vontade: 3/4

Qualidades / Defeitos:
Metamorfo (7pts) A metamorfose para você é tão fácil como respirar. Você não precisa fazer testes para mudar de forma, nem gastar o ponto de Fúria necessário para a mudança instantânea. Você faz suas mudanças como se tivesse obtido cinco sucessos no seu teste de mudança de formas. Se você perder a consciência devido a ferimentos ou outra razão, você pode fazer um teste de Raciocínio + Instinto Primitivo (dificuldade 8 ) para escolher que forma assumir independente de voltar a forma racial.

Marca do Predador (-2pts) Você demonstra emanações de uma natureza predatória. Herbívoros fogem de você, enquanto carnívoros o vêem como uma ameaça em potencial e podem desafiá-lo. Você não pode possuir a Perícia: Empatia c/ animais.

Equipamentos: Paletó negro, camisa branca, calças e sapatos (Dedicados), Bens: Casarão com alguns móveis e uma biblioteca.


Vitalidade:

Escoriado -0 AGRAVADO
Escoriado -0
Machucado -1
Ferido -1
Ferido Gravemente -2
Ferido Gravemente -2
Espancado -2
Aleijado -5
Incapacitado
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  Daniel Ramone em Qui 6 Mar 2014 - 18:03

Vincenzo lamenta a falha diante do ancião, mas tenta não se desesperar para não tornar a situação pior. Agradece mentalmente por Akira parecer compreensível, e uivar por ele quando preciso. Um grupo de corvos surge no céu e se empoleira no ombro do ancião.

Akira - Esse Corvo da Tempestade diz servir a um de seus Ancestrais, e que todos eles guardam grande rancor e desprezo por você, Canção-das-Trevas.


- E eu posso compreendê-los sinto como se até Gaia houvesse se esquecido de mim. Mas o que posso fazer senão continuar e me redimir de alguma maneira?

Corvo da Tempestade - Fraco! Indigno! Poupe todos nós, faça um favor aos seus ancestrais e pule no abismo e para morte! Fraco! Indigno!

- Pro inferno que você seja um servo de meus ancestrais. Ninguém fala assim com Vincenzo Cavallieri e saí vivo para contar a história!

Vincenzo aguarda pela investida do espírito, disposto a destruí-lo se preciso.

[Gasto 2 pontos de fúria. Em minha ação normal executo uma esquiva do ataque da ave. Nas outras duas ataco sem piedade com mordidas]


Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 29
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  The Grand Wizard [Passo] em Qui 6 Mar 2014 - 18:49

O espírito voa rápido para cima do negro Hispo, o Ancião observa tudo friamente, julgando o Cliath por cada ato e palavra.

Rolagens:
Ações normais:

Daniel ramone rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 7 para esquiva que resultou 4, 1, 5, 7, 7, 10, 2, 8 - Total: 3 Sucessos
Daniel ramone rolou 1 dados de 10 lados com dificuldade 7 para especialização que resultou 10 - Total: 1 Sucessos
4 sucessos para esquiva

Espírito rolou 9 dados de 10 lados com dificuldade 6 para ataque que resultou 4, 8, 10, 1, 6, 3, 4, 8, 4 - Total: 3 Sucessos

Ações Extras:

Daniel ramone rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 7 para ataque de mordida que resultou 8, 7, 4, 4, 10, 2, 4, 8, 3, 3 - Total: 4 Sucessos
Daniel ramone rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 7 para dano - mordida que resultou 7, 8, 9, 5, 7, 6, 6, 3, 7, 9, 6 - Total: 6 Sucessos
Daniel ramone rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 7 para ataque de mordida que resultou 5, 6, 8, 3, 8, 5, 9, 5, 6, 7 - Total: 4 Sucessos
Daniel ramone rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 7 para dano - mordida que resultou 3, 5, 2, 4, 3, 6, 1, 9, 4, 2, 6 - Total: 1 Sucessos

Off: Dificuldade maior para esquiva por conta de seu tamanho e terreno, dificuldade maior para mordida por conta do tamanho do espírito. Eu ignoro os 1's em rolagens de dano e absorção.

O lugar não é nem de longe ideal para uma luta, ainda mais contra um adversário com uma vantagem como o voo, o grande Hispo pula para o lado enquanto o Corvo da Tempestade passa feroz quase arrancando um de seus olhos. Então o presente de Luna entra em ação, sua Fúria age misticamente, o Corvo da Tempestade veloz parece parado no ar, batendo suas asas lentamente, o Galliard pula em cima dele, acreditando que o espírito é seu inimigo.
O espírito é mordido, depenado e ferido, um corvo normal já estaria feito ao pedaços, mas um espírito sempre é mais resistente, ele voa mais para cima, para longe do alcance das garras e presas do Hispo, dá uma volta e vem pelas costas do Garou, voando sobre um abismo do outro lado da trilha.


Akira - Cliath, o espírito não mentiu.

A voz do Ancião pinga desprezo e reprovação.

Iniciativa e Inimigo:
Vincenzo: 8 + 1 = 9
Corvo da Tempestade: 9 + 1 = 10

Você descreve sua próxima ação, ele age primeiro.

Características de um Corvo da Tempestade (no Axis Mundi): Fúria 7, Força de Vontade 9, Gnose 6: 28/35 de Essência
Encantos: Sentido de Orientação, Sentir o Reino, Reformar, Materializar, Criar Vento e Rastrear.



Ficha:
Natureza: Beta
Comportamento: Excêntrico

Atributos

Força: 3 + 3 = 6
Destreza: 4 (Reflexos Rápidos) + 2 = 6
Vigor: 3 + 3 = 6


Sócias

Carisma: 2
Manipulação: 2
Aparência: 4 (Fascinante)

Mentais

Percepção:2
Inteligência: 2
Raciocínio: 2


Habilidades

Talentos

Prontidão:1
Esporte
Briga:4 (Briga de Rua)
Esquiva:2
Empatia: 2
Expressão: 2
Intimidação:2
Instinto Primitivo:1
Manha:
Lábia: 2


Perícias -

Empatia c/ animais
Ofícios
Condução: 1
Etiqueta: 2
Armas de Fogo
Armas Brancas:
Liderança:
Performance: 4 (Uivos)
Furtividade: 2
Sobrevivência: 1


Conhecimentos

Computador
Enigmas: 1
Investigação
Direito
Lingüística: 1
Medicina:
Ocultismo: 2
Política
Ritos: 1
Ciências


Antecedentes
Recursos: 2
Rituais: 1
Raça Pura: 2
Ancestrais: 1


Dons:
Tribo: Fraquezas Fatais
Raça: Proteção Artificial
Augúrio: O Chamado da Wyld


Rituais:

Nível 1: Dedicação ao Talismã

Manobra Especial: Incapacitar

Fúria: 2/4 - recupera 2 no próximo turno
Gnose: 3/3
Força de Vontade: 3/4

Qualidades / Defeitos:
Metamorfo (7pts) A metamorfose para você é tão fácil como respirar. Você não precisa fazer testes para mudar de forma, nem gastar o ponto de Fúria necessário para a mudança instantânea. Você faz suas mudanças como se tivesse obtido cinco sucessos no seu teste de mudança de formas. Se você perder a consciência devido a ferimentos ou outra razão, você pode fazer um teste de Raciocínio + Instinto Primitivo (dificuldade 8 ) para escolher que forma assumir independente de voltar a forma racial.

Marca do Predador (-2pts) Você demonstra emanações de uma natureza predatória. Herbívoros fogem de você, enquanto carnívoros o vêem como uma ameaça em potencial e podem desafiá-lo. Você não pode possuir a Perícia: Empatia c/ animais.

Equipamentos: Paletó negro, camisa branca, calças e sapatos (Dedicados), Bens: Casarão com alguns móveis e uma biblioteca.


Vitalidade:

Escoriado -0 AGRAVADO
Escoriado -0
Machucado -1
Ferido -1
Ferido Gravemente -2
Ferido Gravemente -2
Espancado -2
Aleijado -5
Incapacitado
avatar
The Grand Wizard [Passo]
Admin
Admin

Mensagens : 1891
Data de inscrição : 24/12/2010
Idade : 27
Localização : Pra lá de Além Paraiba

Ver perfil do usuário http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Vincenzo, Uma Busca Ancestral (Quest Moderna)

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum