Um Inimigo Invisível

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Edson F. em Ter 26 Ago 2014 - 12:49

Alaín

- Mark, tente contatar Jensen e os outros. Vamos reunir a equipe pra deter o lobo e investigar in loco agora. Se me vir nas câmeras, tente me orientar pelo sistema sonoro.

- Talvez não seja necessário, eles estão aqui em uma das câmeras, estão numa sala, Sérgio, e a Drª Amanda e o Dr. Lecter, mas não vejo o Jensen. Estranho, não tinha percebido essa câmera ainda. Eles parecem encurralados, se o lobo entrar já era.

Não foi um comentário muito reconfortante, mas só o fato de os encontrarem já é alguma coisa. Alaín sai em busca do lobo, ainda que consiga apenas uma distração os Drs. estarão salvos. O Presas de Prata vai andando a passos largos, por vários corredores, apenas seguindo o som do animal enfurecido. O som vai aumentando, isso significa que o animal está perto, assim que vira uma esquina do corredor ele se depara com o animal, precisa ser cuidadoso, uma mordida, ou talvez um aranhão, será o suficiente para infecta-lo, e ainda não há cura. Alaín pensa em algo para distrair o lobo, mas antes que faça algo o animal o sente, talvez pelo faro, e se vira para ele, mas de forma inesperada o animal sai corendo na direção contrária. E isso pega a todos de surpresa. Nem uma animal infectado havia feito isso, todos atacavam sem um pingo de medo.


Dr. Lecter

- Assim o senhor me ofende, Doutor. Eu nem sequer toquei na jaula. Por que não chama o sargento Jensen para verificar a situação? - Sugeri maldosamente.

- Foi só uma pergunta retórica. De onde ele surgiu?

Não havia armas, facas, alguns bisturis mas não contam como faca porque são pequenos e seria arriscado chegar perto do animal com aquilo, mas havia mesas, cadeiras e alguns armários e Lecter é rápido em saber o que fazer com aquilo, ele vai empurrando tudo o que encontra contra a porta, logo Sérgio e a Drª Amanda se juntam nessa tarefa, a porta está completamente bloqueada, não há como a fera passar, mesmo sua raiva sendo monstruosa. Passado uns poucos minutos tudo silencia e eles ouvem a voz de Mark:

- Drs. o lobo foi embora, podem sair da sala e procurar um local seguro, repito, o lobo foi embora.

Lecter sabe o que fazer, procurar o Jensen, onde ele estava em todo essa confusão? Com certeza ele escutou pelo rádio sobre o lobo solto no laboratório.


Dr. Lecter & Alaín

Dr. Lecter abre a porta, agora que o perigo passou e se depara com Alaín do lado de fora, Amanda e a primeira a falar:

Amanda: - Sr. Alaín oque foi que aconteceu?

Sérgio: - Como isso pode ter acontecido? É extremamente grave, um lobo infectado por aí, precisamos captura-lo, nem que para isso tenhamos que matá-lo.

Enquanto estavam conversando sobre o recente ocorrido, Jensen chega, demonstra cara de surpresa, de assustado, o Dr. Lecter já tinha certas desconfianças acerca de Jensen, ainda mais quando chega parecendo surpreso com o ocorrido, não parece nem um pouco cansado e nem se dá ao trabalho de perguntar como tudo aconteceu.

- Vim o mais rápido que pude, precisamos ir atrás dele. Drs., você devem ficar em um local seguro, já que as câmeras não funcionam precisamos ser cuidadosos, eu e o Alaín vamos procurar esse lobo.

É como se houvesse uma explosão brilhante no cérebro de Alaín, e de repente tudo ganhasse forma, tudo ficasse nítido, como se todas a peças se encaixassem. Como ele poderia saber das câmeras? Mark não havia falado isso no rádio, só ele e o hacker sabiam.


Joe

Embora nada ainda pareça uma ameaça, ele segue o Hispo, mas atento a tudo ao seu redor, sente-se bem a Umbra, mas ainda assim não pode perder o foco, ele está em missão não a passeio, o Hispo dá passadas pequenas, curtas, pode-se notar que está muito calmo e a vontade, ele vai conversando:

- Já tive o prazer de conhecer um pouco sobre sua tribo, Portadores da Luz Interior, o principal lema, ou quando estão passando pela ritual de transformação... qual é mesmo? Desapegar-se das coisas materiais? É muito belo isso, e faz todo o sentido, mas na prática... bom na prática a coisa não é tão simples. Aqui na Umbra, esse é nosso reino, esse é nosso lugar, não deveríamos nos preocupar tanto com as coisas lá fora, porque somos feitos de espírito da Umbra.

Eles caminham mais um pouco, agora em silêncio, mais a frente o Hispo para e se vira para Foco Sobre a Crise, também na forma Hispo. Joe, logo percebe que algo não está certo, ele sente que está sendo observado, aliás ele sempre está, mas desse vez não é por espíritos, e eles começam a chegar. Mas dois grandes Hispos se juntam ao primeiro, totalizando três.

- Só preciso de um pouco de seu tempo, hominídeo. Apenas quero uma batalha com você, não será até a morte prometo, só até alguém falar que desiste. Isto é só uma avaliação, estou testando você. Ahh, e não aceito não como resposta. Duas Faces, é seu.

Duas Faces parece ser um Hispo assustador, seu rosto é de pura maldade, mas como o Hispo havia falado não será até a morte, e Duas Faces parece um sujeito obediente. Ele muda para a forma Crinos, não é tão alto, talvez 2,40 metros, Foco Sobre A Crise sabe que ele é mais baixo, mas isso não diminua a vantagem em batalha, ele é bem musculoso, e agora ele nota uma enorme cicatriz em seu braço, vai do ombro até pouco abaixo do cotovelo.

- Vamos lá, deixo você me atacar primeiro.

Ele pode fugir, voltar para o laboratório, por falar nisso não faz ideia de como vão as coisas no laboratório, ou pode enfrenar e ver o que ganha com isso.




Fala
Ação
Pensamento



avatar
Edson F.
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 1013
Data de inscrição : 08/07/2012
Idade : 27
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Daniel Ramone em Ter 26 Ago 2014 - 22:18

"Pobre indivíduo sem imaginação." Pensei sobre Sérgio ao constatar seu desespero.

Consegui bloquear a porta de modo que o lobo não passasse. Resignado, o animal desistiu de nós, segundo os avisos de Mark. Provavelmente deve ter ido atrás de outras vítimas, não demoraria até termos notícias dele e do desgraçado que teve o azar de cruzar seu caminho.

- Parece que o perigo já passou. - Mencionei.

De qualquer forma, deixei que os dois saíssem primeiro, caso o lobo ainda estivesse lá fora, mas o único predador que havia por lá era o senhor D'Orleans. Amanda e Sérgio foram rápidos em lhe fazer as perguntas que mentes medíocres fariam. Enquanto conversavam, fui até uma das mesas e peguei minha Katana, era melhor pensar duas vezes antes de me separar dela de novo. Pensei em ir até as jaulas para fazer uma nova inspeção, contudo o provável responsável pelo incidente se apresentou no mesmo instante. Jensen apareceu, fazendo-se de desentendido para os outros,  e assinando seu atestado de culpa para mim.

- Vim o mais rápido que pude, precisamos ir atrás dele. Drs., você devem ficar em um local seguro, já que as câmeras não funcionam precisamos ser cuidadosos, eu e o Alaín vamos procurar esse lobo.

"Não seria estranho para mim se nosso adorável animal surgisse no lugar seguro para onde Jensen pensa em nos levar. Ele quer se livrar de nós, ou apenas nos atrasar."


- Vincenzo

- Gaspard

- Miranda

Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 30
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Alexyus em Qua 27 Ago 2014 - 13:32

A fuga do lobo foi algo inesperado. Alaín não sabia se tinha algo a ver com sua herança de presa de prata ou se havia fatores que ele não conhecia influenciando o lobo.

Mas a chegada de Jensen e a urgência de suas palavras despertaram a atenção de Alaín.

"As câmeras? Como...?"

Ele invocou imediatamente o dom da Verdade de Gaia e encarnou seu papel de juiz:

- Jensen, como sabia sobre as câmeras?

Ao mesmo tempo em que esperava a resposta, Alaín já sentia a Fúria se inflamando dentro dele, pronto para agir na velocidade do raio e dominar Jensen antes que ele pudesse piscar.
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Edson F. em Qui 28 Ago 2014 - 18:32

Dr.Lecter & Alaín

É até um pouco incômodo a ingenuidade de algumas pessoas, é o caso de Sérgio, ou é um homem muito esperto se fazendo de tolo, ou um homem tolo em um lugar para espertos. Diante da fala de Jensen o Lecter não demonstra nem uma ação, se limita apenas a escutar, pode não ser um Garou, mas sua Katana dá conta do recado caso seja necessário, e agora está com ela em mãos. Sérgio mais um vez em sua ingenuidade chama os Drs. para um lugar mais seguro, mas a conversa ainda não acabou. Alaín também tem suas dúvidas sobre Jensen, principalmente depois de falar sobre as câmeras, com seu Dom é impossível de Jensen mentir agora.

- Jensen, como sabia sobre as câmeras?

Jensen é um homem muito esperto, ele realmente serviu no exército e tem bastante conhecimento, sabe que qualquer movimento brusco alguém o atacará sem pensar duas vezes. Também sabe que não há saída, a não ser contar a verdade. Ele levanta as mão lentamente, não quer morrer por uma missão qualquer, de mãos levantadas ele começar a falar lentamente.

- Ok, calmos, não represento risco, não vim aqui para matar ninguém, apenas pegar uma amostra do vírus e da cura, é só o que quero, fui contratado por uma empresa, uma pentex, para comercializar a cura para os Garous, e com o vírus poder espalha-lho para continuar vendendo a cura. Só isso... Se os senhores deixarem, tenho algo no bolso para tirar, é a carta que me foi enviada com a missão...

Verdade de gaia:
Rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 7 e obteve: 9 5 4 3 4 7 3 Você obteve 2 sucessos!

Alaín foi abençoado com o dom da justiça, e com ele percebe se há verdade nas palavras faladas, é um sensação estranha, é como se ao mesmo tempo que Jensen fosse falando Alaín fosse escutando a verdadeira consciência de seu alvo, como se fossem duas vozes se sobrepondo, mas o que ele sente é diferente, do que é falado, não consegue entender tudo, talvez haja alguma verdade, mas a mentira é maior, há muito mais mentira em suas palavras, não há nem uma pentex, e sobre a cura também é mentira. Antes que ele pudesse tirar a carta do bolso a voz de Mark soa nos fones:

- PESSOAL, TEMOS PROBLEMAS, VI EM UMA DAS CÂMERAS UM HOMEM SE APROXIMANDO COM TRÊS LOBOS, NÃO SEI SE ESTÃO INFECTADOS.

Como as câmeras estão desajustadas, não havia como saber onde os lobos estava, antes que qualquer um faça qualquer reação, o home parece no início do corredor, com três lobos, como se foçam cães de passear, presos a correntes.

- Deixem o Jensen vir para cá ou vou literalmente soltar os cachorros.

Direto como uma bala, sem jogar conversa fora, mas fica evidente que as coisas não vai acabar com uma simples troca, pois o homem se transforma ali mesmo, na frente de todos, e agora ele é um enorme Crinos segurando três lobos. Ainda não se sabe se os lobos estão infectados ou não, eles babam, e parecem agrecivos, mas isso não é o suficiente, mas o Dr. Leter tem certeza que um dos lobos está sim infectado,  pois foi dele que tirou as amostras, mas porque ele não ataca os outros lobos? Devem está todos infectados...

Jensen: - Então, posso ir?

Jensen vai baixando as mãos devagar e arrastando os pés para trás, em direção ao Crinos, enquanto o quarteto apenas observa, sem dúvida, todos agora estão pensando em um plano. Talvez o Crinos não hesite, e se tentarem pegar o Jensen ele solte aqueles lobos infectados, mas ainda assim algo precisa ser feito.




Fala
Ação
Pensamento



avatar
Edson F.
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 1013
Data de inscrição : 08/07/2012
Idade : 27
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Daniel Ramone em Sex 29 Ago 2014 - 10:37

"Eis que o traidor se revela..." Pensei com um pequeno sorriso.

Porém, eu me recusava a pensar que Jensen estava sozinho naquilo tudo. Um homem que executa tarefas tão simples deixando tantos furos é um risco para qualquer plano. Não duvidava que mais alguém no laboratório também tinha segundas intenções quanto ao nosso problema. Amanda? Ela não me parece tão preocupada. Sérgio? Sua precipitação em me incriminar pela jaula aberta me parecia suspeita agora.

- Ok, calmos, não represento risco, não vim aqui para matar ninguém, apenas pegar uma amostra do vírus e da cura, é só o que quero, fui contratado por uma empresa, uma pentex, para comercializar a cura para os Garous, e com o vírus poder espalha-lho para continuar vendendo a cura. Só isso... Se os senhores deixarem, tenho algo no bolso para tirar, é a carta que me foi enviada com a missão...

"Hum, a Pentex querendo comercializar a cura? Por que se a chance de nos destruir totalmente já está em suas mãos?"

off: Se não for muito metajogo, gostaria de um teste de Percepção + Psicologia para identificar também se Jensen está mentindo.

- PESSOAL, TEMOS PROBLEMAS, VI EM UMA DAS CÂMERAS UM HOMEM SE APROXIMANDO COM TRÊS LOBOS, NÃO SEI SE ESTÃO INFECTADOS.

"Será que não há seguranças neste lugar." Pensei ligeiramente preocupado.

Como se soubesse exatamente onde estávamos, o invasor surgiu com seus cães infernais em uma coleira.

- Deixem o Jensen vir para cá ou vou literalmente soltar os cachorros.


Ao fim desta ameaça, olhei melhor para o corredor, procurando por portas onde eu poderia me enfiar quando os cães fossem soltos.  Creio que nenhum de meus colegas seria burro em pensar que aquele homem não o faria. Logo o novo inimigo se transforma, revelando-se um Garou. Seria ele um Dançarino a serviço da Wyrm ou apenas um lobisomem desesperado pela cura sabendo que estava infectado?

- Então, posso ir?

Apontei minha katana para o pescoço de Jensen no mesmo instante, preparado para cortá-lo a qualquer movimento brusco.

- Eu manteria estes animais bem presos se fosse você. Jensen é uma parte importante de seu plano, não é? Você não se arriscaria vindo aqui por ele se não fosse. - Digo ao Crinos.


- Vincenzo

- Gaspard

- Miranda

Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 30
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Alexyus em Sex 29 Ago 2014 - 20:17

Alaín deixou a Fúria fluir pelos membros, agarrando rapidamente Jensen e lançando-o dentro do laboratório, enquanto gritava para os outros:

- Para dentro, doutores!

Alaín jogou-se sobre Jensen, mudando para a forma glabro e tentando imobilizar o traidor.

- Fechem a porta! Bloqueiem a passagem! Rápido!

Alaín ia segurar Jensen até que Lecter bloqueasse a porta, para então voltar a interrogar o traidor:

- Muito bem, Jensen! Agora, sem mentir, porque eu sei quando você mente! Quem te contratou e por que você está aqui? E quem é aquele garou e por que ele te quer?
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Edson F. em Sab 30 Ago 2014 - 8:27

Dr. Lecter & Alaín

Para Lecter algumas coisas não se encaixam, a pentex não iria querer uma cura, ele iriam acabar com todos, dinheiro não é o único recurso que querem.

Percepção 2 + Psicologia 3 = 5:
Você rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 7 e obteve: 6 3 8 3 2. Você obteve 1 sucesso!

Apesar de não ver muito, talvez por Jensen ser um bom mentiroso, mas ainda assim percebe algo, um leve sorriso, como se obtivesse sucesso em sua mentira, o que não obteve, Alaín sabe que há mentiras e Lecter também, embora não saiba sobre o que ele desconfia que seja sobre a pentex, não faz sentido quererem uma cura. Nesa hora vem a mente de Lecter algo que ainda não havia visto por aqui, seguranças, se há seguranças nesse lugar onde estão? Antes que Jensen se afaste Lecter é tão rápido quando Alaín, o Dr. levanta sua Katana para o pescoço ao mesmo tempo que Alaín o segura pelo braço.

Lecter:
- Eu manteria estes animais bem presos se fosse você. Jensen é uma parte importante de seu plano, não é? Você não se arriscaria vindo aqui por ele se não fosse.

Alaín:
- Para dentro, doutores! Fechem a porta! Bloqueiem a passagem! Rápido!

Vigor 4 + Instinto primitivo 1 = 5:
Rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 7 e obteve: 7 3 2 7 10 Você obteve 3 sucessos!
OFF: Não vou fazer uma rolagem extra pelo sucesso 10, porque o objetivo já foi alcançado.


Alaín muda para a forma Glabro, ainda se parece com um humano, só que mais alto mais pesado e mais forte, suas roupas lhe apertam um pouco no corpo, mas isso não o atrapalhará se precisar de um movimento mais rápido ou repentino. O Dr. Lecter não demonstra vontade de baixar a katana, pelo contrario, ele vê uma boa oportunidade de continuar seus estudos secretos se tiver Jensen sob seu domínio, e em seu laboratório. Alaín também dá ordens a Jensen, este por sua fez não sente medo, mesmo tendo um Diretor e um Predador ameaçando-o. O Crinos é quem fala primeiro se dirigindo a Lecter. Enquanto isso Amanda e Sérgio se afastam um pouco do corredor e entram em uma sala, e se protegem como podem. O Crinos tenta falar no idioma humano para Lecter poder entende-lo melhor. Embora não fale tão bem nessa forma.

Crinos: - Ele não ser o mais importante... Apenas mais um... solte-o.

Jensen: - Tudo bem Dexter, eu resolvo. Alaín, Lecter, querem a verdade aqui vai... Primeiro vocês vão me soltar, não sou o mais importante nem o único aqui, há outros planejando entrar aqui, e se fosse vocês me soltariam ou nunca mais verão seu amigo da paz. Quem planejou tudo isso foi Olhos Vermelhos, ele não costuma errar nem hesitar, então ele fará o quem que ser feito para conseguir o que quer...

Lecter não identificou expressões que indiquem mentira, e o dom de Alaín não retornou nada, ambos tem certeza que o que fora falado agora é verdade, principalmente sobre o amigo da paz, ele estava se referindo ao Portador da Luz Interior, Joe, ele foi para a Umbra mais passou tempo demais, já deveria ter voltado, algo aconteceu. E esse Olhos Vermelhos, quem é ele? Parece ser aguém muito poderoso, pelo nome ele não é humano, talvez um Garou, será um Dançarino da Espiral Negra de grande poder? Dexter começa uma contagem regressiva, indicando que algo está prestes a acontecer...

- 5... 4... 3... 2... 1...




Fala
Ação
Pensamento



avatar
Edson F.
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 1013
Data de inscrição : 08/07/2012
Idade : 27
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Alexyus em Sab 30 Ago 2014 - 12:38

Alaín deu mais um tranco em Jensen, mudando agora para a forma crinos sem medo de Delirar alguém.

- Já que você é tão dispensável assim, Jensen, vai abrindo logo o bico antes que nós te dispensemos. Por que estou com muita vontade de investigar a Umbra daqui, e se você não disser quem é Olhos Vermelhos e o que vocês estão pretendendo aqui, vou simplesmente te rasgar no meio e largar seu amigo crinoso pra trás.

Alaín se esforçou para ser o mais intimidador possível. Mesmo naquela situação, ele era um Presa de Prata com Raça Pura de sobra pra impôr sua vontade até para aquele crinos renegado com os lobos infectados ou a um Parente traidor como Jensen.
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Daniel Ramone em Seg 1 Set 2014 - 10:04

Embora não visse necessidade para tamanha comoção, não era bom contrariar Garous em situações tensas como aquela. Eu estava pronto a entrar quando o crinos respondeu a minha ameaça.

- Ele não ser o mais importante... Apenas mais um... solte-o.


"Mas que belo blefe." Sorri astutamente.


Tudo bem Dexter, eu resolvo. Alaín, Lecter, querem a verdade aqui vai... Primeiro vocês vão me soltar, não sou o mais importante nem o único aqui, há outros planejando entrar aqui, e se fosse vocês me soltariam ou nunca mais verão seu amigo da paz. Quem planejou tudo isso foi Olhos Vermelhos, ele não costuma errar nem hesitar, então ele fará o quem que ser feito para conseguir o que quer...


"E por amigo da paz deve ser referir ao senhor Ramanandra, que até o momento não deu as caras. De fato, eu não ligo para o que possa acontecer a ele." Pensei, mantendo minha Katana ainda próxima do pescoço de Jensen.

- Parece que em breve teremos uma festa interessante por aqui. - Disse calmamente, mantendo o controle para não deixar que aqueles dois pensassem que estávamos cedendo a suas ameaças.

- Já que você é tão dispensável assim, Jensen, vai abrindo logo o bico antes que nós te dispensemos. Por que estou com muita vontade de investigar a Umbra daqui, e se você não disser quem é Olhos Vermelhos e o que vocês estão pretendendo aqui, vou simplesmente te rasgar no meio e largar seu amigo crinos pra trás.

Seria este o melhor passo? O que aqueles homens querem e em nome de quem estavam agindo era irrelevante. Tínhamos de pôr um fim naquilo tudo e voltar ao trabalho de encontrar a cura imediatamente. Creio que o melhor modo de agir seria matar Jensen e derrubar o Crinos ameaçador com seus lobos, mas nenhum parente assume o controle da situação quando Garous estão envolvidos, tudo que posso fazer é me manter calmo e esperar para ver o que acontece.


- Vincenzo

- Gaspard

- Miranda

Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 30
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Edson F. em Ter 2 Set 2014 - 9:37

Final - A batalha pela Infecção

Alaín & Lecter

Alaín já não tem mais paciência para tal situação e muda logo para sua forma de batalha, Crinos, sem sequer soltar-se de Jensen ele se transforma numa fera enorme de quase três metros de altura, sua roupa não aguenta o tamanho do corpo e se rasga, pesando 340kg e quase três metros de altura, Jensen parece agora uma pequena forma indefesa. Contudo, Jensen  não se deixa intimidar pela aparência da fera, e continua tranquilo.

- Já que você é tão dispensável assim, Jensen, vai abrindo logo o bico antes que nós te dispensemos. Por que estou com muita vontade de investigar a Umbra daqui, e se você não disser quem é Olhos Vermelhos e o que vocês estão pretendendo aqui, vou simplesmente te rasgar no meio e largar seu amigo crinoso pra trás.

Carisma 4 + Intimidação 2 = 6:
Você rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 4 e obteve: 9 2 6 3 4 1: Você obteve 2 sucessos!

Alaín é um sujeito de autoridade, e mais ainda como uma fera, Dexter não se afasta, mas isso o faz se calar, seus lobos recuam um pouco mas logo voltam a ficar agressivos novamente, mas isso é devido ao vírus, caso contrário sairiam correndo. Triunfo de Gaia sente a tensão no braço de Jensen, com certeza ele sentio sua autoridade, mas tenta manter a aparência de tranquilo.

Lecter também percebe a seriedade nas palavras do colega, mas também sabe que o tal Dexter está blefando, e Jensen é mesmo importante, e sobre o colega Joe, Lecter nem sente nem um pouco de pesar por ele, isso é uma missão e todos sabiam dos riscos, o foco agora é acabar com esse impasse, mas ele não toma uma iniciativa, é um parente, parentes geralmente servem como apoio, ainda mais numa batalha com lobisomens em suas piores formas. Talvez o erro tenha partido dos dois, porque algo inesperado acontece, e muito rápido, Jensen se transforma em Hispo, sua velocidade é incrível, e por acontecer algo inesperado Lecter nem Triunfo de Gaia conseguem impedir, contudo durante a transformação as carras de Alaín cortam a carna da pata dianteiro do que agora é um Hispo, e a katana de Lecter deixam um enorme corte em seu pescoço, não profundo ou muito grave.

Dexter solta os lobos infectados, a carnificina está pronta para começar, todos agora precisam agir rápido, o tempo de conversa acabou.



jensen:
Escoriado -0(Bônus da Forma) - Letal
Escoriado -0 - Letal

Machucado -1
Ferido -1
Ferido Gravemente -2
Espancado -2
Aleijado -5
Incapacitado




Fala
Ação
Pensamento



avatar
Edson F.
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 1013
Data de inscrição : 08/07/2012
Idade : 27
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Alexyus em Ter 2 Set 2014 - 14:29

Alaín praguejou mentalmente quando Jensen mudou de forma.

"Um garou! Maldito fingido!"

Ele liberou instantaneamente sua Fúria, enfiando suas garras em Jensen num golpe mortal com toda a força, ao mesmo tempo em que percebia os lobos avançando livres.

Levantou-se rápido e fechou a porta na cada deles, colocando Lecter e ele dentro do laboratório com os lobos pra fora.

Se conseguisse detê-los por alguns momentos, poderia saltar para a Umbra com Lecter e conseguir uma vantagem tática.


OFF: Gastando 2 pontos de Fúria para duas ações extras, sendo 1 ataque em Jensen com gasto de Força de Vontade para sucesso automático, 1 ataque simples, e a última ação para fechar a porta.
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  viracopos em Qua 3 Set 2014 - 2:26

.


Última edição por viracopos em Dom 7 Set 2014 - 19:20, editado 1 vez(es) (Razão : por favor excluir post)
avatar
viracopos

Mensagens : 12
Data de inscrição : 21/03/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Daniel Ramone em Qui 4 Set 2014 - 8:00

As parece que tudo sofreu uma estranha reviravolta. Agora tínhamos como inimigos dois garou o um trio de lobos sedentos por morte. Sem muito questionamento, obedeci a ordem do senhor D'Orleans e entrei na sala, mas o que o caro Garou não entendeu é que o lugar não nos oferece segurança alguma, pelo contrário, apenas nos deixa cercados.

"Espero que a falta de prática não tenha me deixado enferrujado na arte milenar da espada." Pensei, respirando devagar para tentar manter a calma.

Enquanto os inimigos não avançavam e meus dois companheiros tomavam suas providências, observei a sala em busca de pontos estratégicos para aluta que aconteceria. Então me posicionei atrás da porta de entrada, preparando minha Katana para desferir um ataque no primeiro infeliz que a atravessasse.


- Vincenzo

- Gaspard

- Miranda

Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 30
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Edson F. em Sex 5 Set 2014 - 17:37

Alaín & Lecter

Triunfo de Gaia é pego desprevenido, não esperava que Jensen fosse um Garou, mas assim como a verdade o atingiu também foi sua velocidade para atacar antes que Jensen se afastasse.

O Dr. Lecter não se atreveu a entrar nessa batalha, não nessa, essa é só para titãs, então ele entra logo na sala, ainda vê Alaín avançando contra Jensen, e talvez por milésimos de entrar na sala ele ainda vê de relance alguém aparecer do outro lado do corredor, na sala ele pensa em uma estratégia, e se posiciona atrás da porta, pronto para desferir um golpe mortal em quem aparecer primeiro.


atacar Jensen:
Você rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 9 1 10 7 7 4: Você obteve 3 sucessos + 1 Sucesso automático = 4 (Rolagem extra) 1 dado de 10 lados com dificuldade 6 e obteve: 5: Não obteve sucesso.

Você rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 5 1 8 4 8 5 6 2 2 6 3: Você obteve 4 sucessos! (Rolagens de danos e absorção de danos ignora-se os 1s.)

Jensen rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para absorver dano e obteve: 2 5 7 5 9 8:obteve 3 sucessos!

As enormes garras de Triunfo de Gaia atingem Jensen, não como esperado, mas o atinge no ombro, sua pele é espessa e seu pelo é longo, isso foi sua sorte caso contrário inutilizaria seu braço. O Presas de Prata estava pronto para desferir outro golpe em Jensen, mas os lobos já estavam perto demais, se atacasse não teria tempo de esquivar dos lobos infectados, sua saída é chutar em deles enquanto entra na sala.

chutar lobo:
Você rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 e obteve: 3 7 4 1 5 2 Que pena, você não obteve sucesso!

Triunfo de Gaia não consegue afastar o lobo, eles já estavam muito perto, não houve espaço necessário para realizar a manobra, o lobo já estava bem próximo com suas garras estiradas,  sua enorme boca cheio de baba aberta, pronto para morder e infectar, nesse momento Alaín escuta uma explosão atrás de si, e logo depois um zumbido em seu ouvido, uma bala de um revolver passa raspando sua orelha e atinge o primeiro lobo, o tiro é certeiro, atinge entre as patas dianteiras do lobo, ao cair suas garras ainda passam pelo braço de Alaín, mas sem causar ferimentos. Não havia nada que Alaín ou mesmo Lecter pudesse fazer, pouco antes de entrar na sala ele vê quem havia disparado, era Mark, estava parado no corredor segurando a arma com as duas mãos, sem mais demora Jensen passa voando pela sala e vai direto até Mark, todos sabem que já é tarde demais pra ele, antes de morrer ainda ouve dois disparos, pouco depois um grito...

Mark é estraçalhado pela fera, um dos tiros atinge um lobo, o outro passa raspando nas costelas de Jensen.

Tudo isso levou apenas um minuto para acontecer, e a mente de Gaspard Lecter ainda estava bem ativa, assim que Aláin em sua forma Crinos entra na sala, Lecter usa sua lâmina, como havia planejado, iria atacar o primeiro que entrasse, e atrás da porta não tem uma visão muito boa do sujeito que entrar, e infelizmente é seu aliado.


katana:
Lecter rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 e obteve: 6 4 6 3 2 4 Você obteve 2 sucessos!

Alaín rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para esquivar e obteve: 7 6 5 8 10 9 Você obteve 5 sucessos!

Alaín ainda estava no calor da batalha, talvez devido a isso ele tenha conseguido esquivar do golpe de Lecter puxando sua cabeça para trás enquanto chutava a porta para fechar. Mesmo com a sala trancada é possível escutar tudo lá fora, os dois lobos sobreviventes investindo contra a porta, e logo depois a voz de Jensen dando uma ordem a Dexter, apenas Triunfo de Gaia entende, Lecter não conhece e língua Garou para entender tudo o que é falado.

Jensen: - Dexter, os doutores na outra sala, rápido.

Embora Lecter não entenda, ele não é tolo, ele sabe que aquela porta não vai aguentar por muito tempo e claro que nem a de Amanda e Sérgio. A situação está completamente fora de controle e mais uma vez Alaín sente sua fúria pelo seu corpo, e não pode se deixar dominar pelo frenesi. Dentro da sala não há muito para ajudar, apenas pequenos itens, como bisturis, agulhas, nada que vá ajudar muito.



Triunfo de Gaia:
FÚRIA: 1/3
GNOSE: 1
FORÇA DE VONTADE: 2/3

jensen:
Escoriado -0(Bônus da Forma) - Letal
Escoriado -0 - Letal
Machucado -1 - Letal

Ferido -1
Ferido Gravemente -2
Espancado -2
Aleijado -5
Incapacitado




Fala
Ação
Pensamento



avatar
Edson F.
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 1013
Data de inscrição : 08/07/2012
Idade : 27
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Veu Cinza em Dom 7 Set 2014 - 19:39

Joe observa rapidamente ao seu redor e diz aos lobos como se ja espoerasse por isso, embora esteja tentando disfarcar
-Suponho entao que seja um um combate ritual como  os que os filhos de gaia fazem , nesse caso devo presumir que voces tenham um filodox, muito embora eu comeco a prever que nao, e nao me deixam escolha , ja que estou longe de casa em menor numero, sim sei coomo é



Joe tenta ganhar tempo, pois sabe que na umbra as coisas sao diferentes dsa tellurian, gnose aqui e artigo de luxo e nao sera a forma crinos que o ajudar so em caso de recuperacao entao redus sua forma para glabro locomovendo-se para nao ser pego de surpresa por um dos tres

-Senhores se nao e um combate mortal entao nao precisarei da forma de combate acho que isso resolvera, espero nao estar insultando duas faces, se eu perder considerando que a diferenca e obvia o que eu tenho de dar a voces ja que se comprometem a me ajudar
onde estao , estao , sera que nenhuma me seguiu tomara que tenham pelo menos avisado os outros, e se estao me mantendo aqui, e por que planejam algo no laboratorio e seja o que for tenho que manter estes caras aqui pelo menos por um tempo

Sandei, sandei kishuni basara um hata

pensa Joe enquanto muda para glabro posicionnando as duas palmas de suas maos unidas concentrando-as para no momento certo usar as garras
Acho melhor fzermos do contrario pode vir nao tenho costume de atacar ninguem
Enquanto espera seu oponente Joe pensa se realmente fez um bom negocio mas ele esta preparado ,para tudo seja, nao so resgatar o respeito e confianca dosoutrosm,por sua tribo mas para ajudar os que precisam
avatar
Veu Cinza
Portadores da Luz Interior
Portadores da Luz Interior

Mensagens : 233
Data de inscrição : 12/09/2012
Idade : 36
Localização : sao paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Daniel Ramone em Seg 8 Set 2014 - 11:29

Somente durante o ataque vi que estava atacando o senhor D'Orleans. Felizmente fiz o que dificilmente faço, errar o ataque.

- Desculpe, eu não vi que era você. - Disse calmamente.

Me mantenho na mesma posição, preparando minha espada para desferir um golpe surpresa, desta vez prestando melhor atenção em quem entraria.


- Vincenzo

- Gaspard

- Miranda

Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 30
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Edson F. em Seg 8 Set 2014 - 17:07

Joe

Como não se trata de uma luta até a morte Joe tenta apenas ganhar tempo, e decide mudar para um forma mais favorável na Umbra, Glabro.


-Senhores se nao e um combate mortal entao nao precisarei da forma de combate acho que isso resolvera, espero nao estar insultando duas faces, se eu perder considerando que a diferenca e obvia o que eu tenho de dar a voces ja que se comprometem a me ajudar.

Joe se prepara para usar suas garras, mas deixa o primeiro ataque para Duas Faces. Em momento algum Duas Faces hesita em atacar, ele é um Crinos muito ameaçador, e intimidador, embora ele não seja muito alto, mas a baixa estatura é preenchida com seus músculos, são muito bem definidos e volumosos, um ataque em cheio daqueles braços musculosos com enormes garras pode ser fatal.

ataque:
Duas Faces roulou 8 dados de 10 lados com dificuldade 7 que resultou em: 4 7 4 1 4 7 10 7: Obteve 3 sucessos!

Foco Sobre a Crise rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6para esquivar que resultou em: 2 3 2 6 2: Obteve 1 sucesso!

Duas Faces rolou 8 dados de 10 lado com dificuldade 7 que resultou em: 10 3 5 7 3 8 1 8: Obteve 4 sucessos! Em rolagens de Danos ignora-se os 1s.

Foco Sobre a Crise rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 que resultou em: 2 9 4 4 5 3: Obteve 1 sucesso!

Duas Faces é muito rápido, mesmo Joe esperando o ataque não foi capaz de desviar, as garras do Crinos atingem o ombro esquerdo no Glabro fazendo três enormes cortes, o impacto é tanto que empurra Joe fazendo-o cair, mas antes disso
Joe estica seu braço o maximo que pode para atingir o Crinos.


ataque:
Joe rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 6 que resultou em: 10 10 1 2: Rolagens extras: 5 6 = 1 sucesso + 1 sucesso = 2 sucessos!

Joe rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para dano que resultou em: 4 9 3 8 7 2: Obteve 3 sucessos!

Duas Faces rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 7 para absorver dano que resultou em: 7 9 9 8 8 8 9: Obteve 7 sucessos!

Joe acerta o ataque de garras mas infelizmente suas garras de Glabro não são grandes o suficiente para causar danos em Duas Faces. Joe cai no chão mas logo se levanta, Duas Faces recua alguns passos. Ele olha para Olhos Vermelhos o Hispo que entrou em contato primeiro com Joe.

Olhos Vermelhos: - Já chega Duas Faces, sabemos que isso é uma luta injusta, um Fenris contra um Portador da Luz Interior, engraçado isso, a maioria dos Portadores são fracos em batalha, mas um em especial supera qualquer tribo, hum. Agora é com vocês, preciso ir. Ramanamdra, agora seria a hora em que eu o mataria, mas você não apresenta risco, você é diferente dos outros, só pesso que fique fora do meu caminho e tudo acabará o mais breve possível.

Antes que alguém pudesse falar mais algo Olhos Vermelhos sai, e logo some de vista. Agora só ficam Joe, Duas Faces e mais dois Garous desconhecidos e como ele parece um imã para espíritos, também há alguns, não muito perto devido a batalha mantêm distnância. Foco Sobre a Crise se vê encurralado, e seu ombro continua dolorido e sangrando.

Foco Sobre a Crise:
Escoriado 0 - Bônus - Letal
Escoriado 0 - Letal
Machucado -1 - Letal
Ferido -1
Ferido Gravemente -2
Espancado -2
Aleijado -5
Incapacitado




Fala
Ação
Pensamento



avatar
Edson F.
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 1013
Data de inscrição : 08/07/2012
Idade : 27
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Veu Cinza em Ter 9 Set 2014 - 18:45

Joe  assume a forma crinos enquanto senta-se ao chao e aguarda ajuda prometida por Olhos Vermelhos e para ganhar tempo ate  curar inicia uma conversa com os presentes: 
-Entao senhres devo presumir que voces sao uma matilha e Olhos srja o alfa de voces certo.
enquanto fala Joe pensa o por que foi "poupado" talvez a resposta para o virus tenha sido passada atraves do ataque de Duas Faces see foor  sera so o tempo de saltar correr e percorrerr atalhos ate o laboratorio 
bom quemm vai me ajudar ou terei que zarpar
avatar
Veu Cinza
Portadores da Luz Interior
Portadores da Luz Interior

Mensagens : 233
Data de inscrição : 12/09/2012
Idade : 36
Localização : sao paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Alexyus em Qui 11 Set 2014 - 13:56

Alec bloqueou a porta com o corpo, segurando os lobos por um momento.

"Droga, Mark! Não era pra isso ter acontecido!"

Demorou menos de meio minuto pra tomar sua decisão, e sabia que não tinha escolha.

- Lecter, estamos sem opções. Vamos recuar, tentar escapar e reagrupar. Segura a minha mão!

Era arriscado levar um Parente para a Umbra, ainda mais sem nunca ter investigado a área, Mas Alaín não tinha tempo pra mais nada e percorreu atalhos, levando o Parente consigo. Na Umbra, tentaria traçar uma rota de fuga ou preparar-se para uma defesa melhor.

Mas ainda seriam dois crinos, provavelmente infectados, contra ele e um Parente mal-armado.
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Edson F. em Sex 12 Set 2014 - 15:11

Alaín & Lecter

Lecter apenas fica mais esperto em quem irá desferir o golpe na próxima vez, mas se mantém no mesmo lugar, vigilante, o barulho do lado de fora sessa, não se sabe ao certo o que estão planejando agora, até o uivo dos lobos enfurecidos se vai, talvez com a ausência de pessoas por perto e tenha ido para outro lugar. Mas e Drª Amanda e o Dr. Sérgio, o que estão fazendo, será que estão seguros? Difícil saber, mas se os inimigos os pegaram não terão chance, ou se estiverem atrás da cura eles terão.

Triunfo de Gaia depois de se livrar do ataque de lecter, bloqueia a porta com seu corpo, para evitar dos lobos entraram, mas logo eles silenciam e deve-se supor que foram procurar outro lugar mais humano para atacar. Alaín lamente por Mark, isso sem dúvida não estava nos planos, mas o que passou, passou, e logo ele toma uma decisão:


- Lecter, estamos sem opções. Vamos recuar, tentar escapar e reagrupar. Segura a minha mão!

Aláin decide que a melhor saída e ir para Umbra, sabe que mesmo isso pode ser arriscado, mas aqui não terão chances, ele segura a mão de Lecter para arrastá-lo junto. Ele fita alguns dos vidros que há no local, vendo seu reflexo isso facilita a entrada na Umbra.

percorrer atalhos:
Alaín rolou 1 dado de 10 lados com dificuldade 6 que resultou em 4:
Você não obteve sucesso!

Infelizmente Alaín não consegue, há vários fatores que influenciaram em seu resultado, como todos os Lobisomens sabem a Umbra é feito da matéria espiritual, Gnose, dos Garous, Alaín não é tão forte nesse quesito, outra é o fato de arrastar um não Garou, ele não possui essa matéria espiritual, o que aumenta a dificuldade, além do fato dele precisar confiar muito no Garou para obter sucesso, tudo isso dificulta, e devido ao esforço tentar novamente por uma hora, ou corre o risco de ficar preso, e isso seria ainda pior do que o que está por vir.
As chances agora são poucas, perderam Mark, e estão prestas a perder os outros Doutores. Por baixo da porta passa uma barata, parece só mais um barata comum, exceto pelo fato dela falar:


Barata: - Vim a mando de Foco Sobre a Crise, fizemos um pequeno pacto em troca de ajuda, os outros doutores que estão na outra sala estão seguros e trabalhando na cura, o Lupino (Joe) ficou na Umbra, em um tipo de confronto, dizem que ofereceriam ajuda a ele, mas está sendo enganado apenas para mante-lo afastado daqui. Vamos tirar vocês daqui e unir com o outro grupo.

Outra barata se aproxima e levam ambos para a sala onde se encontram Amanda e Sérgio, continuam trabalhando para achar uma cura.

Amanda: - O que foi isso? estava tudo indo bem de repente aparece um lobo do nada e Garous, não achei que isso seria tão arriscado...

Sérgio: - Por falar em arriscado Alaín, recebemos uma ligação, os telefones só funcionam por alguns breves minutos, apenas uma vez por dia, quando o satélite está no local adequado, e foi do Capitão Matthews, disse que uma de suas irmãs foi mordida por um cachorro, e ele estava infectado, não lembro bem o nome, estava um pouco nervoso quando atendi, e a ligação não estava da melhores, acho que é Abele, Adele, algo assim, mas ate agora não demonstra sinais de infecção alguma e está tudo bem, e há um médico de plantão caso precise, seu irmão está com elas.

E chegou recado também para você Dr. Lecter, parece que Haruka se preocupa muito com o Sr., ela acabou descobrindo sobre a missão e agora foi recrutada pelo capitão para fazer pequenos trabalhos, nada de arriscado, só achei que devia saber.

E de modo geral a infecção parece está controlada do lado de fora, a coisa só está feia aqui dentro.


Após terminar as notícias tudo volta a estaca zero, os espíritos de baratas estão distraindo os dois Garous, mas logo devem perder a conciência e esquecerem dos Drs. Se estão infectados logo também se tornarão ainda mais perigosos. E agora sabem que Joe está em uma tipo de confronto, cuja intenção é apenas mante-lo ocupado, alguma coisa diz que que aqueles Garous não eram os únicos.




Joe

Joe agora na forma Crinos permanece calmo, esperando a volta de Olhos Vermelhos, que havia prometido ajudar.

-Entao senhres devo presumir que voces sao uma matilha e Olhos srja o alfa de voces certo.

Duas Faces: - Somos muito maiores que qualquer matilha.

Silêncio.

bom quemm vai me ajudar ou terei que zarpar

Duas Faces fala para os outros Garous que estão com ele, mas é audível para Joe.

- Já faz um tempo desde que Olhos Vermelhos saiu, acho que ele já deve estar lá.

Ele se vira para Joe.

Se quiser pode ir embora filhote, a ajuda oferecida você já teve, poupamos a sua vida, e isso é raro entre nós. Mas não pense que não estará em risco no laboratório.

Dito isso eles se afastam deixando Joe sozinho, ele se sente um pouco usado, no fim não teve ajuda alguma, estavam apenas o distraindo, um espírito de barata se aproxima, e conta a situação a Joe.

- O laboratório foi mesmo invadido, havia lobos infectados, um homem foi morto e dois Garous estão infectados, e descontrolados, teremos de evacuar o local com ou sem cura, é arriscado para vocês enfrentarem um infectados e nós não somos muito fortes contra eles, podemos apenas criar distrações. O que sugere?

Mas o que Olhos Vermelhos quer no laboratório, o que ele procura?




Fala
Ação
Pensamento



avatar
Edson F.
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 1013
Data de inscrição : 08/07/2012
Idade : 27
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Daniel Ramone em Dom 14 Set 2014 - 10:52

Os barulhos cessaram, parece que eles partiram ao conseguirem que queriam, que era livrar Jensen. Mas o que eles levaram consigo? Só precisávamos descobrir o que para saber o seu real plano. Senhor D'Orleans tomou minha mão e sugeriu que fugíssemos para a Penumbra. Cruzar a película neste lugar dominado pela Weaver? Mesmo que conseguíssemos isso não nos livraria dos lobisomens lá fora. O que o desespero não faz com as pessoas...

"Ir para um mundo desconhecido onde ficarei nu e desarmado, isso não me agrada nem um pouco." Pensei.

Por bem o senhor D'Orleans não conseguiu rasgar a película, e continuávamos na mesma sala. Naquele instante uma barata passa por debaixo da porta.

- Vim a mando de Foco Sobre a Crise, fizemos um pequeno pacto em troca de ajuda, os outros doutores que estão na outra sala estão seguros e trabalhando na cura, o Lupino (Joe) ficou na Umbra, em um tipo de confronto, dizem que ofereceriam ajuda a ele, mas está sendo enganado apenas para mante-lo afastado daqui. Vamos tirar vocês daqui e unir com o outro grupo.


Logo outra barata surge e nos leva até a sala onde os outros doutores se encontram seguros.

- Eu não entendo muito destas questões espirituais, mas talvez seja o caso de o senhor ir ver como está o senhor Ramanandra. - Disse ao Senhor D'Orleans. - Sem querer ofendê-lo, mas creio que o senhor não será de muita ajuda dentro de um laboratório.

Assim, me volto até os doutores a fim de apaziguar as coisas.

- Tenha calma, doutora Amanda, ninguém esperava este ataque, mas assim é a vida de quem lida com assuntos delicados como o nosso. Podemos voltar ao trabalho agora? - Sugeri tranquilamente.

Eis que Sérgio dispara duas notícias nada agradáveis para nós. Acreditei que o senhor D'Orleans fosse perder a cabeça, e então aguardei por sua revolta. Só quando Sergio estava livre lhe abordei:

- Não gosto quando se envolvem com minha vida sem um pedido prévio, doutor. O acordo era para que eu os ajudasse. Se algo acontecer a Haruka, não conte mais comigo. - Deixo tudo bem claro.

Haruka era apenas um blefe para que os filhos da Wyrm pensassem duas vezes antes de se meterem comigo, mas na verdade era eu quem a protegia. Se algo lhe acontecesse de fato, aquelas pessoas teriam muito mais que um vírus a se preocupar.





- Vincenzo

- Gaspard

- Miranda

Ação
Fala
Off
Pensamento
avatar
Daniel Ramone
Senhores das Sombras
Senhores das Sombras

Mensagens : 443
Data de inscrição : 29/12/2013
Idade : 30
Localização : Pet Sematary

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Veu Cinza em Seg 15 Set 2014 - 10:46

Joe de fato se sente usado mas usa isso ao seu favor ele usara a rrogancia deles contra eles,, Joe se lembra que na batalha atingiu tambem duas faces , e procura no chao dali algum tufo de pelo ou qualquer coisa que tenha caido para que possa usar o ritual da pedra cacadora em duas faces e achando-o encontrara olhos vermelhos, caso o encontre Joe apos retornar para glabro, colocara em um bolso da sua mochila dedicada, e quanto aos espiritos ele diz:

Meus amigos pelo visto a situacao no  laboratorio e pior do que eu imaginei, fui usado para nao ajuda-los la , mas de fato penso que ao estar aqui estou imune ao virus ate entao, acredito que eles tambem sejam imunes ao virus, digo isso em relacao ao bando de olhos vermelhos, eles nao participariam de algo sem que tivessem um plano b, e creio que atraves do sangue e do ataque de duas faces eu rtenha entrado em contato com a "imuniddade" deles e posso usar isso para ajuda-los caso eu confirma.

No laboratorio suspeito que eu nao consiga provar minha teoria, talvez voces possam verificar o fluxo de informacoes em mim, uma vez que  somos um monte de codigos que se amontoam dividem e se juntam de novo, acho, se puderem valera a pena.
Precisarei de alguem que possa alertar outro theurge do que esta ocrrendo aqui, rapido!

E por falar em informacao preciso de toda informacao valida naquele lugar, receio que eu possa ficar louco no processo, mas esse eu meu sansara, ,eu karma entao entrarei na roda com destemor, ficarei em um ponto seguro la na umbra  meditando pois preciso recarregar minhas forcas, durante oprocesso serei uma especie de bateria viva, e precisarei de um de voces ou todos para se alimentarem de minha energia espiritual enquanto  introduzam em mim informacoes necessarias caso de algo errado,  entendam esetou disposto a tudo, tudo mesmo, voces compreendem?

Vamos ate la e hora de mostrar do que somos feitos .


'

Joe sabe que pode ate morrer no processo ou nao ser mais o mesmo, ou apenas deixar  de ser garou, mas ele nao se abalara com isso ha muita coisa em jogo e um suporte de carne nao e nada perante o que est acontecendo
avatar
Veu Cinza
Portadores da Luz Interior
Portadores da Luz Interior

Mensagens : 233
Data de inscrição : 12/09/2012
Idade : 36
Localização : sao paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Alexyus em Seg 15 Set 2014 - 14:49

Alaín assentiu para Lecter, compreendendo que o único aliado que poderia ajudá-lo numa luta corpo-a-corpo estava sendo distraído na Umbra. Os Parentes tinham sua própria luta, e ele não pdoeria proteger todos eles sozinho.

Concentrou-se para tentar percorrer atalhos de novo e ir procurar Joe pra ajudá-lo a resolver seus problemas.
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Edson F. em Ter 16 Set 2014 - 15:15

Joe

Joe se sente um pouco envergonhado por ter sido usado, mas tenta usar isso a seu favor, ele procura algum tufo de pelo de Duas Faces, ou roupa rasgada, qualquer coisa para usar para rastreá-lo depois.

Percepção 4 + investigação 2 = 6:
Joe rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 7 para investigar, que resultou em: 7, 4, 1, 2, 3, 5: Não obteve sucesso!

Infelizmente o local não é de fácil investigação para achar algo tão pequeno, e ainda mais tão leve que o vento possa levar.

Meus amigos pelo visto a situacao no  laboratorio e pior do que eu imaginei, fui usado para nao ajuda-los la , mas de fato penso que ao estar aqui estou imune ao virus ate entao, acredito que eles tambem sejam imunes ao virus, digo isso em relacao ao bando de olhos vermelhos, eles nao participariam de algo sem que tivessem um plano b, e creio que atraves do sangue e do ataque de duas faces eu rtenha entrado em contato com a "imuniddade" deles e posso usar isso para ajuda-los caso eu confirma.

Foco Sobre a Crise acredita estar imune ao vírus, claro que é apenas uma suposição, ele não tem certeza absoluta, mas precisa testar sua teoria, pede ao espíritos que façam algum teste com o fluxo de DNA, ou mesmo a matéria espiritual para identificar algo, isso não é uma tarefa fácil e nem simples, ele terá que ser possuído por um espírito, é a maneira mais rápida de se ver por dentro, mas ao fazer isso ele não terá mais controle sobre si mesmo, estará entregue ao espírito possessor, e ainda há o risco de não se encontrar nada, e sua Gnose será toda drenada após a possessão, pois é disso que se alimenta os espíritos, sem contar o risco de se ficar na Umbra sem matéria espiritual. Joe se mostra decidido, mesmo sabendo dos riscos. O espírito aceita fazer todo esse ritual, mas é claro, ele terá a Gnose que tanto deseja, o problema é encontrar algum Theurge que esteja realmente interessado em ajudar, e o principal, que seja de confiança, não há essa de lugar segura na Umbra quando se atrai todo tipo de espírito, ainda mais alguém como o Joe, com seu magnetismo espiritual.

Antes de iniciar o processo o espírito de barata fala sobre a chegada do novo Garou ao laboratório, Olhos Vermelhos, enfim ele conseguiu, não são todos que conseguem tão rápido assim entrar em algum lugar através da Umbra, isso requer certas habilidades. Mas já estava decidido. Eles vão até um local supostamente seguro, lá Joe se deixa ser possuído pelo espírito, na forma lupino, que talvez seja a forma original da infecção,. Tudo o que Joe sente, vê ou escuta é como se fosse em um sonho, ele sente tudo vagamente, não tem mais o controle do corpo, sente-se flutuando, mas não se sente leve, sente-se pesado, preso, tenta se movimentar mas não consegue, sente o corpo começar a doer um pouco, fica cansado, a experiência não é das melhores, mas era preciso, agora só precisa esperar tudo passar e torcer para alguém ajuda-lo, porque agora sabe que ao fim da sessão estará esgotado fisica e espiritualmente.


Gnose 4/6



Lecter & Alaín

- Eu não entendo muito destas questões espirituais, mas talvez seja o caso de o senhor ir ver como está o senhor Ramanandra. Sem querer ofendê-lo, mas creio que o senhor não será de muita ajuda dentro de um laboratório.


Lecter tem razão, agora que os lobisomens não estão por perto não há necessidade de um Garou no laboratório, mas ainda faz pouco tempo que Alaín tentou percorrer atalhos até a Umbra e não obteve sucesso, isso pode ser arriscado, ele pode acabar ficando preso entre o mundo físico e o mundo espiritual, ainda assim Alaín concorda e tenta mais um vez percorrer atalhos.

Enquanto Alaín tenta se concentrar, Lecter acalma a Drª Amanda, e logo depois vem Sérgio com notícias não tão boas. Claro que Lecter não gostou de saber que Haruka está envolvida.Para o bem de todos é melhor que nada aconteça.

Enquanto isso Alaín pega um bandeja simples que encontra em uma mesa para tentar percorrer atalhos novamente, ele mira seu reflexo no objeto e tenta se concentrar, haveria um jeito mais fácil de entrar na Umbra, seria através dos espíritos, mas isso não seria fácil, por mais que os espíritos pareçam amigáveis eles só fazem alguém se obtiverem algo em troca, e esse algo está em falta em Alaín, é a matéria espiritual, gnose, Alaín não tem o suficiente, e os espíritos já fizeram um pacto com Joe, que infelizmente também não tem muita matéria espiritual para tantas atividades.


Percorrer atalhos:
Alaín rolou 1 dado de 10 lados com dificuldade 8 para percorrer atalhos, que resultou em 3: Não obteve sucesso.

E mais um vez Triunfo de Gaia não obteve sucesso, ele está cansado, esgotado, sua confiança também fica um pouco abalada, e nessa últimas horas nada saiu como esperado, o que so irrita mais ainda, Mark está morto, as investigação não funcionaram, alguém estava a alguns passos a sua frente, já havia modificado os computadores, depois é descoberto um traidor, um aliado é mantido ocupado como um tolo na Umbra, um bando de humanos não conseguem desenvolver a cura, e não podem ajudar em batalha, uma de suas irmãs fora atacada por um cachorro, mas por sorte não contraria a infecção, nada dá certo, ele sente seu corpo quente, sente a fúria subindo à cabeça, e tomando conta de seu corpo.

furia:
Alaín rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 6 para frenesi, que resultou em 3, 7, 8: Obteve 2 sucessos.

A fúria não o toma, mas ele se sente esgotado, cai de joelhos, sente-se fraco.

Todos escutam um novo barulho começar no laboratório, é um barulho de sirene, alguém deve ter percebido o caos que está no local, e acionou os alarmes, de repente o ambiente fica mais frio do que o normal, as portas devem ter sido abertas, alguém deve ter se assustado com as coisas vistas e entrou em desespero abrindo as portas e caminhando para a morte, ou mesmo os Garous infectados podem ter  saido.

À porta aparece um sombra negra, com olhos muito vermelhos, um olhar penetrante como a morte, é um lobo, enorme, não, é um Hispo, seus pelos são arrepiados, apesar de seu semblante ser ameaçador, ele não demonstra ameaça, sua cabeça está alinhada com o resto do corpo, demonstrando um lobo tranquilo, na frente de todos ele se transforma, sua transformação é diferente de tudo já visto, é lento, mas ao mesmo tempo é tão rápido que é quase instantâneo, podem ver seus pelos entrando na carne, seu focinho fazendo pressão e entrando, formando a boca, suas orelhas diminuem e vão mudando de cor aos poucos, e tudo vai dando forma a uma homem, com as mesmas feições do Hispo, cabelos arrepiados, olhar penetrante, confiante, e embora parece ameaçador, demonstra tranquilidade, a única diferença do Hispo de agora a pouco é a cor, ele possui pele branca, e claro que agora seus olhos não são mais vermelhos são de uma cor negra.

Ele está pelado, não deve ter o ritual de dedicação do talismã, então calmamente ele vai até um armário e pega um jaleco. Olha em direção a doutora Amanda e fala:


- Já pensou bastante sobre os lobisomens doutora? É curioso nossa genética, não há um gene dominante e recessivo, tudo se resume a fúria.

A princípio Amanda parece confusa, mas depois parece entender o recado, embora ainda não fique totalmente a vontade com aquele estranho. Então ele se vira para os demais e fala:

- Ahh, não se importem comigo, façam ao que estavam fazendo, eu vim apenas em busca da amostra original do vírus.

Um homem estranho no laboratório, entra sem se apresentar, sem se importar por está em menor número, aparentando não está sentindo o frio vindo de fora, e tendo a ousadia de dizer que veio em busca do vírus.




Fala
Ação
Pensamento



avatar
Edson F.
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 1013
Data de inscrição : 08/07/2012
Idade : 27
Localização : Brasil

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Veu Cinza em Ter 16 Set 2014 - 20:07

Joe sabe que pagara o preco de ser feito de idiota em algum momento, em sua cabeca ele fez uma escolha e nao tinha muitas opcoes quer creiam ou nao , de fato no momento isso passa a nao importar muito, apenas  por um fim nisto, ele nao quer ser um heroi,nao busca renome, bem de certa forma nao, entretanto dependera dele para que parem de maldizer sua tribo, e realmente no momento ser um Portador ou membro de qualquer outra tribo e algo pequeno.

O que importa e acabar com tudo isso custe o que custar, Joe sabe que tera de sacrificar alguma coisa, seja algo fisico, espiritual , moral ou o que resta de sua hmanidade, em ultimo caso nem que tenha que sucumbir a furia, ele aprendeu com seu avo que o caminho do tao o leva a algum caminho, ele nao precisa se preocupar pois tudo se ajeita em consonancia com as leis do universo, e num rompante, ele reflete

- Mas e claro, como nao pensei, a natureza sempre encontra uma maneira de se livrar de algo incomodo, assim eo nosso corpo, seja por diarreia, seja por gripe, ou por coriza , se minha primeira teoria estiver errada, talvez esta  possa ajudar, esseo processo natural de purificacao do organismo, entao sera que o corpo pode encontrar uma forma de expulsar o virus, se for isso ele precisa de um potencializador para provocar uma reacao em cadeia e expulsar o virus, ei hum, ha ....

Joe se lembra de ter ouvido de seu avo quando teve febre e pediu remedio e seu avo apenas enrolou-o em um cobertor e disse porquê esperar que transpiraria ate que nao suasse mais , entao o processo de purificaco de seu corpo estaria completo e era so tomar sopa que estaria revigorado, assim como em outra ocasiao em que machucou o pe e seu avo colocou sanguessugas para sugarem o sangue preso, talvez seja desespero ou o efeito da ausencia brusca de gnose, mas ele comeca a teorizar coisas que pra ele fazem sentido e sao grandes verdades e e nisto que ele tentara ajudar na batalha contra este inimigo invisível, ele precisara ir ate um outro laboratorio ja que uma vez invadido pouca coisa sobrou, ....

Droga desapego e isso Olhos vermelhos falou das coisas em que apegamo-nos, como posso usar isso?

Bom terei que ir ao laboratorio e se for preciso terei de enfrenta-lo Joe continua em suas divagacaoes

Joe pensa em compartilhar suas ideias com as baratas e faz alusao a ir ate ao laboratório ou ate outro, mas ele prioriza o resultado da analise que fizeram pois ele e um rio que tem pressa em, atingir ao oceano, nem que seja preciso ir ate algum incarna ou coisa do tipo ele expressara brevidade em resolver e que recompensara bem quem o ajudar


Última edição por Veu Cinza em Qua 17 Set 2014 - 16:44, editado 1 vez(es) (Razão : erros gramaticais)
avatar
Veu Cinza
Portadores da Luz Interior
Portadores da Luz Interior

Mensagens : 233
Data de inscrição : 12/09/2012
Idade : 36
Localização : sao paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Um Inimigo Invisível

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 3 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum