A Cruzada dos Miseráveis

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Lua em Qua 10 Jun 2015 - 19:55

Rodrigo apreciou muito conversar com padre Apolônio. Era bom conhecer um religioso inteligente e crítico. Fez com que se lembrasse das conversas com o pai.
Nao se importou em nao conseguir usar o dom, só o fez respeitar ainda mais o sacerdote, que deveria ter uma grande força moral.
Ao amanhecer regressou para companhia dos outros garous, ansioso por compartilhar a informaçao obtida.


*Rodrigo*Alexey    *Mitzuki  


ação pensamento fala   /   narração diálogo

Esta é uma obra de ficção. A menos que você seja um lobisomem, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.
avatar
Lua
Admin
Admin

Mensagens : 1775
Data de inscrição : 28/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Alexyus em Qua 10 Jun 2015 - 21:46

Dimitri:
1° ação- mudar para Hispo - Dimitri rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Manobra Especial e obteve: 8 10 9 3
Dimitri obteve 3 sucessos!

2° ação - Dimitri rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 3 1 5 5 8 4
Dimitri obteve 2 sucessos! (sucessos adicionais além do primeiro viram dados de dano extra)
Dimitri rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 8 para Dano e obteve: 3 6 3 9 2
Dimitri obteve 1 sucesso! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 10 7 7 7 3
Crusader obteve 4 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Egon usa o Encanto Sorte, permitindo que Dimitri refaça os próximos 3 testes

3° ação - Dimitri divide a parada de dados para 3 ataques
Dimitri rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 6 2 8
Dimitri obteve 2 sucessos!
Dimitri rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 8 para Dano e obteve: 1 7 2 8 6
Dimitri obteve 1 sucesso! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 5 9 6 4 2
Crusader obteve 2 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Dimitri rolou 2 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 9 3
Dimitri obteve 1 sucesso!
Dimitri rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 8 para Dano e obteve: 9 4 2 7 9
Dimitri obteve 2 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 4 4 5 2 3
Que pena, Crusader não obteve sucesso! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Crusader cai para 14/16 de Essência
Dimitri rolou 1 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 3
Que pena, Dimitri não obteve sucesso!

4° ação - Dimitri divide a parada de dados para 2 ataques
Dimitri rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 6 8 5 3
Dimitri obteve 3 sucessos!
Dimitri rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 8 para Dano e obteve: 5 6 1 10 3 7 3
Dimitri obteve 1 sucesso! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 8 9 9 8 5
Crusader obteve 4 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Dimitri rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 9 6 10
Dimitri obteve 3 sucessos!
Dimitri rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 8 para Dano e obteve: 7 5 7 8 5 4 3
Dimitri obteve 1 sucesso! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 6 5 9 3 10
Crusader obteve 3 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Crusader rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Encanto Rajada e obteve: 4 2 5
Que pena, Crusader não obteve sucesso!
Crusader cai para 13/16 de Essência

5° ação - Dimitri divide a parada para dois ataques (encontrão + ataque no caído)
Dimitri rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Manobra Especial e obteve: 2 7 1
Que pena, Dimitri não obteve sucesso!
Dimitri refaz o teste devido ao encanto Sorte
Dimitri rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Manobra Especial e obteve: 9 1 9
Dimitri obteve 1 sucesso!
Dimitri rolou 2 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 7 2
Dimitri obteve 1 sucesso!
Dimitri rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 8 para Dano e obteve: 2 2 8 2 8
Dimitri obteve 2 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 5 10 6 9 10
Crusader obteve 4 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Crusader rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Encanto Rajada e obteve: 10 10 8
Crusader obteve 3 sucessos!
Crusader cai para Essência 12/16
Crusader rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 9 3 6 9 6 7 1 6
Crusader obteve 6 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Dimitri rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 2 3 2 4 4
Que pena, Dimitri não obteve sucesso! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Dimitri cai para Ferido Gravemente 1, -2 nos testes, dano agravado

Amora:
Amora tenta invocar seu Ancestral
1° ação - Amora rolou 1 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ancestral e obteve: 6
Amora obteve 1 sucesso!
+1 dado nos testes dessa luta

2° ação - Amora rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 3 para Saltos e obteve: 9 9 3 5 10 2 3 8 6 3 8
Amora obteve 10 sucessos!
Amora gasta 1/4 de Fúria
Amora rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Ataque com Garras e obteve: 5 2 2 3 5 2 8 1 7 9
Amora obteve 2 sucessos!
Amora rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 8 para Dano e obteve: 1 8 9 2 10 1 8 8 3 8 6
Amora obteve 6 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader 2 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 9 2 9 4 7
Crusader 2 obteve 3 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Crusader 2 cai para 13/16 de Essência

3° ação - Amora rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 3 para Esquivar e obteve: 10 7 5 6 4 7 3 3 6 1 8
Amora obteve 9 sucessos!
Amora gasta 2/4 de Fúria
Amora rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Ataque com Garras e obteve: 10 5 5 7 5 9 9 10 10 9
Amora obteve 7 sucessos!
Amora rolou 15 dados de 10 lados com dificuldade 8 para Dano e obteve: 5 8 1 3 7 2 8 9 1 1 3 10 4 6 4
Amora obteve 4 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader 2 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 7 4 7 6 7
Crusader 2 obteve 4 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Crusader 2 rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Encanto Rajada e obteve: 1 2 3
Crusader 2 obteve -1 crítico!
Crusader 2 caia para 11/16 de Essência
Crusader 2 rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 10 8 9 1 9 8 2 8
Crusader 2 obteve 6 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader 1 caia para 6/16 de Essência

4° ação - Amora rolou 11 dados de 10 lados com dificuldade 3 para Esquivar e obteve: 3 6 6 4 6 2 9 4 9 7 6
Amora obteve 10 sucessos!
Amora gasta 3 / 4 de Fúria
Amora rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Ataque com Garras e obteve: 4 7 1 4 9 9 8 4 2 4
Amora obteve 3 sucessos!
Amora rolou 12 dados de 10 lados com dificuldade 8 para Dano e obteve: 7 8 1 3 1 1 7 6 1 7 1 2
Amora obteve 1 sucesso! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader 2 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 2 10 4 7 6
Crusader 2 obteve 3 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Crusader 2 rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Encanto Rajada e obteve: 2 10 10
Crusader 2 obteve 2 sucessos!
Crusader 2 cai para 10/16 de Essência
Crusader 2 rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 8 6 2 6 3 4 10 5
Crusader 2 obteve 4 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Amora rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Absorver Dano e obteve: 9 10 7 4 6 4 9
Amora obteve 5 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Presa de Sangue:
1° ação - Mudança para Hispo
Presa de sangue rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Mudança de forma e obteve: 9 3 9 6 2 1
Presa de sangue obteve 1 sucesso!
Crusader 3 rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Encanto Rajada e obteve: 8 8 9
Crusader 3 obteve 3 sucessos!
Crusader 3 cai para 15/16 de Essência
Crusader 3 rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 6 6 4 6 3 1 10 5
Crusader 3 obteve 4 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Presa de sangue rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 5 3 7 4 4 6
Presa de sangue obteve 2 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Presa de sangue cai para Machucado, -1 nos testes, dano agravado

2° ação - Presa de Sangue gasta 3/7 de Fúria para ativar Dom Borrão Vermelho
Ação Extra - Presa de sangue rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 8 3 2 6 2 8
Presa de sangue obteve 3 sucessos!
Presa de sangue rolou 9 dados de 10 lados com dificuldade 8 para Dano e obteve: 3 10 2 2 9 1 2 6 10
Presa de sangue obteve 3 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader 3 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 4 10 4 2 10
Crusader 3 obteve 2 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Crusader 3 cai para 14/16 de Essência
Crusader 3 rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 10 6 2 3 10 7 10 9
Crusader 3 obteve 6 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Presa de sangue rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 5 9 3 10 9 9
Presa de sangue obteve 4 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Presa de Sangue cai para Ferido Gravemente, -2 nos testes, dano agravado

3° ação - Presa de sangue rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 7 2 5 7 7 9 3 9
Presa de sangue obteve 6 sucessos!
Presa de sangue rolou 12 dados de 10 lados com dificuldade 8 para Dano e obteve: 10 5 9 9 3 1 1 7 9 8 3 4
Presa de sangue obteve 5 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader 3 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 9 8 10 7 5
Crusader 3 obteve 4 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Crusader 3 cai para 13/16 de Esência
Ação Extra - Presa de sangue rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 5 9 10 9 5 1 1 10
Presa de sangue obteve 4 sucessos!
Presa de sangue rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 8 para Dano e obteve: 10 5 8 7 9 5 1 4 3 8
Presa de sangue obteve 4 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader 3 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 2 10 10 3 1
Crusader 3 obteve 2 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Crusader 3 cai para Essência 11/16
Crusader 3 rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Manobra Especial e obteve: 1 3 1
Crusader 3 obteve -2 crítico!
Crusader 3 rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 10 7 2 8 8 4 4 3
Crusader 3 obteve 4 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader 1 cai para 2/16 de Essência
Crusader 2 cai para 6/16 de Essência

Dimitri foi o primeiro a chegar a Umbra e preparou-se para a batalha, mudando para a forma Hispo. Em seguida, pedindo a Égon que lhe concedesse a Sorte de seu encanto, ele atacou o espírito maldito mais próximo com suas presas, cravando-as na altura do pescoço, mas sentiu morder apenas uma couraça de metal. O encanto de Égon caiu sobre ele e Sorriso de Prata disparou uma série de mordidas contra o espírito à procura de um ponto fraco. A primeira bateu contra o metal novamente, mas a segunda perfurou a efêmera do espírito, fazendo-o perder um pouco de sua Essência. Dimitri ainda tentou uma terceira mordida, mas errou o alvo dessa vez. Sem desanimar, Sorriso de Prata desferiu mais duas mordidas rápidas contra o inimigo flamejante,mas ambas bateram contra o metal. Recuperado da surpresa, o maldito flamejante disparou uma rajada de fogo, mas Dimitri foi ágil para se esquivar das chamas. Pressentindo o perigo, Dimitri resolveu mudar de tática e deu um encontrão no maldito, fazendo cair. Sem perder tempo, ele tentou morder o inimigo caído, mas este bloqueou suas presas com a mão metálica e Dimitri notou com horror que ele preparava um novo disparo de fogo. Teve tempo apenas de apertar os olhos antes que a rajada de chamas o atingisse em cheio por todo o corpo, incendiando seu corpo. Dimitri estava bastante ferido masainda vivo, o que com certeza mudaria se ele recebesse outro golpe daqueles...

Amora encarou os inimigos e apelou para seu ancestral Matador de Gigantes para entender o que eles eram. Ela ouviu a voz de seu ancestral em sua mente. "Isso são construtos gerados por grandes emanações de ódio, fanatismo e outras emoções humanas descontroladas. Cuidado com o fogo que eles espalham!". Guiada pelo instinto de batalha de seu ancestral heroico, Amora armou uma tática para evitar as rajadas de fogo: saltou na forma crinos 15 metros por cima do maldito, aproveitando a passagem pelo alto da cabeça dele para desferir um golpe de suas garras com toda a fúria. A tática deu certo e ela sentiu risco de matéria espiritual, a efêmera, esguicharem nas suas garras antes que ela pousasse em segurança à distância. Ela repetiu o ataque, mas dessa vez suas garras bateram contra o elmo de metal do inimigo, sem penetrar sua armadura. Ela caiu um pouco mais perto agora depois do salto de 13 metros e meio. O cruzado de fogo estava ficando confuso com sua movimentação e disparou precipitadamente, acertando o inimigo que enfrentava o presa de prata Dimitri. Brava Canção de Batalha saltou mais uma vez, mas mais uma vez ela atingiu a armadura do oponente sem conseguir feri-lo. Dessa vez, ela caiu bem na linha de fogo do espírito cruzado, mas surpreendentemente conseguiu passar pelas chamas sem ser queimada com gravidade.

Presa de sangue chegou e preparou-s para o combate contra aqueles espírito humanoides. Mudou para a forma hispo, mas foi surpreendido pela prontidão do inimigo, que já alerta não hesitou em disparar uma rajada de fogo contra ele. Pegou apenas de raspão, mas produziu uma queimadura ardida que talvez deixasse marcas mais tarde. Vendo a gravidade do perigo, Presa de sangue ativou o dom Borrão Vermelho e imediatamente partiu pra cima do inimigo, desferindo uma dentada na garganta dele. O golpe foi forte e espalhou parte da efêmera do inimigo, mas Presa de sangue ficou quase sem tempo para se desviar da próxima rajada, que causou uma nova e dolorosa queimadura no corpo do garra vermelha. Sem hesitar, o lupino deu mais duas dentadas rápidas no espírito, causando mais estragos, e dessa vez o fanático fumegante errou o disparo de forma bisonha, acertando seus dois aliados de uma só vez.

Os Filhos da Clareira relutavam em deixar a área onde seus corpos físicos residiam, mas Égon voava ao redor deles, fazendo um rebanho de árvores para afastá-los da zona de batalha. Era improvável que sobrevivessem a uma perseguição, mas enquanto os garous fossem os alvos dos malditos, eles estariam a salvo.


Última edição por Alexyus em Qua 10 Jun 2015 - 22:49, editado 1 vez(es)
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Alexyus em Qua 10 Jun 2015 - 21:55

RODRIGO

Ao se reunir com Jon, Miranda, Malala e Greepfeen, rodrigo ficou sabendo que os comerciantes da cidade estavam bastante preocupados, e que a guarda da cidade elaborava um plano para evitar um conflito aberto com os cruzados que se aproximavam. PArte dese plano era convocar guerreiros mercenários estrangeiros para servirem de batedores para uma invasão dos peregrinos na Anatólia, do outro lado do Bósforo.

Parecia claro que o rei de Constantinopla queria despachar os cruzados o mais rapidamente que pudesse para o Oriente, o que apressaria a onda de destruição sobre as terras onde os garous queriam procurar. Agora, o grupo podia procurar sinais de Corvo Negro do outro lado do Bósforo, tentar descobrir o que o rei Aleixo I de Constantinopla planejava para os cruzados, correr para a Anatólia na frente dos cruzados para salvar o que pudessem e talvez achar Paz Sublime, ou procurar entre os cruzados recém-chegados por algum de seus conhecidos que estavam naquela mesma missão.
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  kausBR em Qua 10 Jun 2015 - 22:49

Dimitri ficou surpreso com a força do inimigo e recebeu um massivo ataque. *Nossa tem quase a força de Egon*
Dimitri era um estrategista e sempre fazia o máximo para não ir imprudentemente em cima de um inimigo mas ele sabia que existem horas que deixa de ser imprudencia e virá ultimo recurso, Percebendo que seu irmão já havia protegido os filhos da floresta, Dimitri grita:
- Egon falta pouco! Vou precisar de umas boas garras de falcão para terminar aqui!

Atacou então com uma sequencia de mordida e garras o Maldito mas dessa vez se preparou para o tudo ou nada, Mas ele teve que recorrer a sua escassa reserva de fúria primordial para ter certeza que sobraria o minimo de inimigos vivos, fazendo assim um derradeiro ataque com suas ultimas reservas!


OFF: Vai pegar sua ação normal e dividir em 2 uma mordida e uma garrada e com a ação da fúria dará uma ultima mordida. Se ele matar o maldito antes seguirá para o próximo com  mesma ação


-A coragem alimenta as guerras, mas é o medo que as faz nascer..
--Somos todos campos de batalha, nos quais se digladiam deuses...
---Você não morre pela sua matilha. Você vive por ela! Levante-se! Se tem tempo para pensar em uma morte bela, porque não vive belamente até o fim?
avatar
kausBR
Peregrinos Silenciosos
Peregrinos Silenciosos

Mensagens : 319
Data de inscrição : 23/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Natalie em Dom 14 Jun 2015 - 18:40

Amora viu o perigo de perto, mas não desistiu de sua tática. Não tinha intimidade com os outros pra tentar uma tática de matilha, então ia resolver tudo sozinha mesmo.

Repetiu o Salto Dilacerante, dessa vez golpeando com força pra derrubar logo aquele espírito maldito.


OFF: Salto Dilacerante com gasto de Força de Vontade para sucesso a cada turno pra acerto automático.


*Ações*
- Falas
"Pensamentos"
avatar
Natalie
Filhos de Gaia
Filhos de Gaia

Mensagens : 792
Data de inscrição : 15/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Tony.Zefs em Ter 16 Jun 2015 - 8:41

As queimaduras ardiam na minha pele... As cicatrizes iriam durar varias luas para sair... Mas isso não importava... Não enquanto a floresta precisasse de mim... Uivo trazendo a força da fúria para o meu corpo... Vejo os meus alvos... Já estavam bastante feridos também...

Fazendo a fúria reger o meu corpo, parto para cima do espíritos e usando de toda a minha fúria procuro dilacerar as suas essências com minhas presas.... Iria me aproveitar na minha velocidade superior e correr pelo campo dilacerando os seus corpos a medida que me aproximava dos mesmos... Evitando ser um alvo muito vulnerável para seus ataques...

Ação 01 (Normal): Ataque de presas no espirito mais próximo...

Ação 02 (Extra Dom): Ataque de presas no espirito mais próximo...

Ação 03 (Extra Fúria): Ataque de presas no espirito mais próximo...

Ação 04 (Extra Fúria): Ataque de presas no espirito mais próximo...


Narração
Minha Fala
Pensamento


                                                                                                         

Neal Schmitt -  Domador de Aranhas - Andarilho do Asfalto - Hominideo - Ragabash

Presa de Sangue - Garra Vermelha - Lupino - Arhoun

Oliver Queen - Parente Fianna - Socio da Alpha Moon
avatar
Tony.Zefs
Moderador
Moderador

Mensagens : 540
Data de inscrição : 25/09/2012
Idade : 28
Localização : Casa

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Lua em Qui 18 Jun 2015 - 23:01

Rodrigo pensou em todas as possibilidades. Nao sabia se podiam separar-se ou se o grupo agiria apenas em conjunto. Ele particularmente preferiria  correr para a Anatólia na frente dos cruzados. Tinha mais vontade de encontrar Paz Sublime que Corvo Negro e, sobretudo, se preocupava com a destruição que aquelas hordas de pessoas ignorantes causariam no Oriente. Se pudesse salvar obras do conhecimento humano e fetiches garous estaria feliz. Porém sua grande ambição era encontrar Paz Sublime e Halliny e dar início, o mais rápido possível,  à restauração  do equilíbrio de Gaia.  Qualquer coisa que pudesse preservar as maravilhas do Oriente e harmonizá-lo com o indômito Ocidente, sem esmagar nenhum dos lados, faria bater mais forte o coraçao de Língua de Açoite.


*Rodrigo*Alexey    *Mitzuki  


ação pensamento fala   /   narração diálogo

Esta é uma obra de ficção. A menos que você seja um lobisomem, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.
avatar
Lua
Admin
Admin

Mensagens : 1775
Data de inscrição : 28/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Veu Cinza em Seg 22 Jun 2015 - 20:26

Alexius escreveu:Malala nem cogitou tentar falar com algum comandante. Em vez disso, ela abordou um dos soldados mais rasos, puxando assunto de modo insinuante e gastou uma boa hora antes de despedir-se do miliciano com um sorriso. Greepfeen, que não falava grego, teve que se conformar em esperar por ela, mas não de modo passivo

(Nota: pode tomar uma ação solo aqui se desejar)

Greep enquanto o tempo passa acaba perambulando pelo local usando esconder o lobo
Malala nem cogitou tentar falar com algum comandante. Em vez disso, ela abordou um dos soldados mais rasos, puxando assunto de modo insinuante e gastou uma boa hora antes de despedir-se do miliciano com um sorriso. Greepfeen, que não falava grego, teve que se conformar em esperar por ela, mas não de modo passivo  (Nota: pode tomar uma ação solo aqui se desejar):
 e caso encontre alguma mulher tentara converasar caso ela fale sua lingua ou algo proximo usando sedutor das mil amantes para arrancar qualquer informacao desde dinheiro moedas ate o que puder levar sem denotar alarme do que fez, depois de um tempo voltara pelo local onde estava com Malala


Off Boa noite pessoal peco perdao pelo sumico, tive uns problemas, perdi telefone pc com virus e para terminar de me f,,, quase me separei de minha esposa, isso me abalou um pouco e pensei ate em desistir, mas venci os malditos na umbra e estou aqui em baixa frequência para jogar obrigado por tudo
avatar
Veu Cinza
Portadores da Luz Interior
Portadores da Luz Interior

Mensagens : 233
Data de inscrição : 12/09/2012
Idade : 35
Localização : sao paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Alexyus em Qui 9 Jul 2015 - 19:47

Enquanto MAlala falava com os guardas, Greepfeen procurou entabular conversações com as mulheres à rua naquela hora. As damas da nobreza já estavam recolhidas aos seus lares, mas ainda havia muitas plebeias de baixa estirpe que faziam da vida noturna seu habitat. Ao redor da caserna da guarda onde estavam ficavam muitas meretrizes, que distraíam os soldados e outros transeuntes noturnos. Uma delas, chamada Zenobia, era bastante falante e tinha muitas informações para contar sobre o dia-a-dia em Constantinopla. Foi através dela que Sorte-ao_lado ficou sabendo de um incrível geurreiro de ótimo porte físico e sotaque britânico, já um pouco idoso mas plenamente conservado, que se empregou como mercenário nas forças especiais que Aleixo I preparava para apoiar a iniciativa das Cruzadas. Zenóbia lamentou quando ele partiu para a Anatólia em missão oficial dois dias antes.


Na manhã em que a cidade entrou em polvorosa pelo avistamento dos cruzados, Jon, Miranda, Greepfeen, rodrigo e Malala ficaram encurralados na cidade, pois o acesso pelos portões pássou a ser severamente controlado pelos soldados, que revistavam rigorosamente cada um que entrava ou saía. Emissários reais foram enviados até o horizonte onde os cruzados se avolumavam.

Recorrendo aos seus contatos recém-adquiridos, Rodrigo, Greepfeen e Bakia zaki conseguiram descobrir que Aleixo I negociava um acordo com as multidões de cruzados esfarrapados de Pedro Eremita. Antes do fim do dia, já ficara acertado que constantinopla cederia mantimentos e outros itens de primeira necessidade aos cruzados em troca de que Pedro o eremita e Gauldério-sem-haveres os conduzissem diretamente para a Anatólia em navios cedidos por Aleixo I.

No dia seguinte, os cruzados marcharam por Constantinopla em direção ao cais, após terem sido abastecidos de suas demandas pelos bizantinos. Os garous ainda estavam sem opção, mas agora vislumbravam a chance de embarcar junto com aqueles cruzados esfarrapados num dos navios em direção à Anatólia, aproveitando o movimento intenso, sendo que outra chance de cruzar o Bósforo poderia levar muitos dias à espera dos exércitos dos nobres nos quais Rodrigo estivera antes. Claro que isolar-se num barco com uma multidão de fanáticos de genuína fé não era o melhor plano, mas as investigações em constantinopla pareciam ter chegado a um impasse.

Entre os mulambentos que compunham aquela massa de gente fanática, Greepfeen viu uma inconfundível cabeleira ruiva. Red Trap estava entre os cruzados que embarcariam paraa Anatólia! Sorte-ao_lado poderia ir falar com ela, mas seria praticamente impossível não chamar a atenção de quem estivesse ao redor. Segui-la também era outra opção.

Malala virou-se para os garous e indagou com ar hesitante:

- Você têm alguma ideia do que querem fazer agora?


OFF: Malala aceitará qualquer cureso de ação que sugiram. Como passou-se mais de um dia, podem listar preparativos e compras que queiram ter feito.
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Alexyus em Dom 12 Jul 2015 - 11:26

Dimitri:
Crusader 1 2/16
Crusader 2 6/16
Crusader 3 11/16

Presa de Sangue Ferido Gravemente   -2
Dimitri         Ferido Gravemente 1 -2

Dimitri rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 5 2 5
Que pena, Dimitri não obteve sucesso!
Dimitri rolou 2 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 8 6
Dimitri obteve 2 sucessos!
Dimitri rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 1 1 3 6 2 3
Dimitri obteve 1 sucesso! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader 1 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 8 6 4 8 4
Crusader 1 obteve 3 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Dimitri gasta 1/2 de Fúria para ataque adicional
Dimitri rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 3 8 10 8 7 5 6
Dimitri obteve 6 sucessos!
Dimitri rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 8 5 3 6 2 6 8 3 3 2
Dimitri obteve 4 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader 1 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 1 5 7 8 6
Crusader 1 obteve 3 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Crusader 1 cai para Essência 1/16

Crusader 1 caia para Essêcnia 0/16
Crusader 1 rolou 3 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Manobra Especial e obteve: 8 4 4
Crusader 1 obteve 1 sucesso!
Crusader 1 rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 2 5 6 5 7 9 4 10
Crusader 1 obteve 4 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Dimitri obteve 2 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Dimitri cai para Aleijado, -5
Amora:
Amora gasta 4/4 de Fúria para ação adicional
Amora rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 3 para Destreza+Esportes e obteve: 3 8 7 3 7 8 5 5
Amora obteve 8 sucessos!
Amora gasta 1/4 de Força de Vontade para acerto automático
Amora rolou 15 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 8 6 5 1 2 10 3 8 8 3 8 5 3 5 7
Amora obteve 6 sucessos!
Amora rolou 15 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 7 7 9 10 10 7 2 4 9 4 3 2 8 1 3
Amora obteve 8 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader 2 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 10 3 8 4 6
Crusader 2 obteve 3 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Crusader 2 cai para 0/16 de Essência
Presa-de-Sangue:
Presa de sangue rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 4 9 3 3 1 8
Presa de sangue obteve 1 sucesso!
Presa de sangue rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 3 1 2 5 4 5 4
Que pena, Presa de sangue não obteve sucesso! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Presas-de-Sangue rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 3 9 5 5 1 2
Presas-de-Sangue obteve 2 sucessos!
Presas-de-Sangue rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 10 2 7 1 1 10 1 1
Presas-de-Sangue obteve 3 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader 3 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 8 3 9 2 7
Crusader 3 obteve 3 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

Presa de sangue gasta 4/7 de Fúria para ataque adicional
Presas-de-Sangue rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 6 7 7 8 5 10 8 10
Presas-de-Sangue obteve 8 sucessos!
Presas-de-Sangue rolou 14 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 4 9 3 5 8 6 9 8 7 10 1 1 6 2
Presas-de-Sangue obteve 8 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader 3 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 5 9 7 5 1
Crusader 3 obteve 2 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Crusader 3 cai para Essência 5/16

Presa-de-Sangue gasta 5/7 de Fúria para ataque adicional
Presas-de-Sangue rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Presas e obteve: 3 7 6 3 5 5 3 2
Presas-de-Sangue obteve 4 sucessos!
Presas-de-Sangue rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 7 9 10 10 8 8 4 3 6 2
Presas-de-Sangue obteve 7 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Crusader 3 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 7 10 8 10 5
Crusader 3 obteve 4 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Crusader 3 cai para Essência 2/16

O primeiro impulso de Dimitri foi atacar com a garrar e a mordida ao mesmo tempo, mas sua coordenação não foi boa: as garras rasgaram apenas o ar, e suas presas se fecharam contra o metal da armadura espiritual, sem provocar dano. Mas a Fúria queimava nele e impulsionou seus músculos a atacarem novamente em velocidade incrível. Dessa vez o golpe foi certeiro e o espírito Maldito já vazava matéria efêmera por todos os lados.

Mas em vez de tentar fugir para garantir a continuação de sua existência, o inimigo usou tudo o que restava de sua Essência, convertendo a si mesmo numa poderosa rajada flamejante. O fogo espiritual levou Dimitri às portas da morte, mas Égon pegou-o com suas garras para afastá-lo da explosão e evitar que fosse consumido. Pelo menos um dos inimigos tinha sido derrotado.

Amora insistiu em sua tática pululante e preparou mais um Salto Dilacerante contra seu oponente, combinando sua Fúria com sua Força de Vontade. O salto foi perfeito e ela voou sobre o inimigo, aplicando um ataque de garras diretamente sobre o pescoço do espírito e decepando-lhe a cabeça. Vazando seu fogo interior numa coluna de chamas em direção ao céu, o espírito queimou como um pedaço de pano até extinguir-se completamente.

Presa-de-Sangue usou sua Fúria para atacar em velocidade redobrada e aplicar quatro dentadas no inimigo. As primeiras foram evitadas, mas a última fechou-se profundamente sobre a carne do espírito.

Mesmo acuado e sozinho, o último crusader ainda não fazia nem sinal de que iria recuar e preparava mais um golpe contra os garous...


Última edição por Alexyus em Seg 20 Jul 2015 - 18:51, editado 2 vez(es)
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Veu Cinza em Dom 19 Jul 2015 - 16:32

Sorte-ao-lado sem hesitar ou pensar diz em voz baixa pórem confiante:

- Vamos para Anatólia , em bem provavel que  nossas respostas estejam la

Ele fala isso enquanto observa  seu amor sumir em mneio a multidao, ele sente seu coracao acelerado seu sangue percorre por suas veias, afinal o que prenderia a eles , ao memso tempo nao pode arriscar a missao na qual se juntou bastava recorrer ao de seu grupo para convence-los a ir

-Nossos "alvos" se encontram a dois dias de nos rumo a Anatólia e eis que vejo uma multidao indo para la, senhores podemos ficar aqui sem saber o que fazer ou podemos ir para  nao so em busca da aventura que preenche o nosso vazio interior , mas para que nao perdamos mais tempo, aqui ja nao e lugar para nos creio que vos pensais o mesmo  

A medida em que vai falando Greep vai deixando seu lado Galliarf falar ,mais alto e vai ficando mais eloquente ate que se cala e diz um tanto que ofegante, e diz ja abaixando o tom de voz se desculpando pela euforia e voltando a observar a multidao indo em direcao ao navio
avatar
Veu Cinza
Portadores da Luz Interior
Portadores da Luz Interior

Mensagens : 233
Data de inscrição : 12/09/2012
Idade : 35
Localização : sao paulo

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Alexyus em Qua 22 Jul 2015 - 21:58

Ao concordarem com a sugestão de Greepfeen, os garous se misturaram à multidão de cruzados esfarrapados e embaracaram num dos navios que cruzariam o Bósforo.

Aquela era uma operação gigantesca, com milhares embarcando em naus já preparadas (antecipadamente?) para conduzi-las. A viagem duraria menos de um dia e portanto os barcos não ofereciam nenhum luxo, reduzindo-se a empilhar os viajantes no convés e nos porões abaixo. A tripulação não chegava a ser grosseira, mas estava no limite da frieza copm aqueles passageiros estrangeiros.

Tão logo os garous encontraram um lugar no convés sob o sol, o barco zarpou apressado, conduzindo as centenas de pessoas à bordo para um destino incerto na Anatólia onde só a fé os guiaria. Os cruzados miseráveis iam rezando em voz alta e em uníssono, declamando o Pai Nosso, a Ave Maria e mais uma série de orações em latim da qual pouco ou nada entendiam o significado. A reza monótona não deixava de incomodar os garous, pois era o gatilho para despertar um fervor fanático que não deveria existir em nenhuma das criaturas de Gaia.

Sorte-ao-Lado percebeu com seus olhos aguçados que Redtrap estava no mesmo barco que ele. Mas, ao contrário dos outros, ela não estava rezando. Ao contrário, ela chorava e olhava para o mar, aparentando quase estar arrependida por estar ali. O que estaria ela realmente sentindo?

Ao lado de Rodrigo, uma velha anciã raquítica se apoiava em seu cajado. Ela observou a reza durante algum tempo, tossindo e parecendo estar nas últimas, só mais uma dos muitos pobres que fizeram aquela viagem em total despreparo. Mas ao falar com Rodrigo, ela foi bastante objetiva:

- Ainda bem que você está aqui, meu filho. Acho que todos aqui vão morrer mais cedo ou mais tarde, mais eu vou encontrar a Grande Mãe primeiro. Eu sei que você faz parte do povo, filhote, e sei que como eu quer preservar tudo o que essa guerra por vir vai destruir. Você veio por Halliny, não? Acha que o fetihe poderá parar essa guerra e reconciliar o Oriente e o Ocidente, como eu achava quando o encontrei. De fato, ela poderia ter esse poder, pois ela move a humanidade, não como um espírito de Gaia, mas como um espírito da própria humanidade, tão forte quanto os mais poderosos servos da Mãe. Mas ele muda sua natureza junto com a disposição dos humanos, e nesse momento ele é nocivo para seu portador. Semanas atrás, eu era Paz Sublime, uma theurge do posto Athro de apenas 40 estações, mas a pose de Halliny consumiu rapidamente minha chama, e sou o que você vê agora. Eu estava tentando levar Halliny à Terra Santa na esperança de mudar a disposição dos humanos, mas minhas forças estão se esgotando...

A velha teve um novo acesso de tosse, e dessa vez escarrou sangue de modo agonizante. As pessoas ao redor não lhe prestavam atenção, era apenas mais uma que morreria pelo caminho. Apenas Rodrigo a escutava. E com muito esforço, Paz Sublime voltou a falar com ele:

- A hora está próxima, meu jovem... eu não chegarei à Terra Santa... Pegue este fardo... - ela entregou algo envolto em panos brancos sujos a rodrigo - ...Eu não tenho instruções pra você... Apenas avisos... Use Halliny... ou esconda-o ... ou destrua-o... a escolha é sua... seja sábio...

A velha arquejou mais uma vez e então ficou quieta, calmamente recostada na amurada do barco como um fardo de carne, partindo em paz como uma Filha de Gaia para os braços da Mãe.

Enquanto Greepfeen se ocupava com Redtrap e Rodrigo falava com Paz Sublime, uma discussão entre um marujo e um dos cruzados descambou para uma briga que destruiu o leme do navio, deixando-o à deriva. Levado pelas correntes do Bósforo, ele chocou-se contra um dos barcos vizinhos, e os dois começaram a fazer água, afundando de modo rápido e levando o desespero da morte iminente a todos à bordo.

Greepfeen, Rodrigo e os outros garous poderiam fugir pela Umbra, tentarem nadar em suas formas mais fortes ou mesmo tentar salvar o máximo de humanos possível ao consertar o estrago nos barcos. Mas teriam de ser rápidos, pois o fim se aproximava rapidamente...
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Natalie em Sex 24 Jul 2015 - 18:03

Amora viu que a vitória estava próxima, ams que os outros garou estavam bastante feridos.

Saltou mais uma vez, tentando outro salto dilacerante.

- Não desistam agora, estamos quase vencendo!

OFF: Dividir a parada de dados pras duas ações.


*Ações*
- Falas
"Pensamentos"
avatar
Natalie
Filhos de Gaia
Filhos de Gaia

Mensagens : 792
Data de inscrição : 15/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Lua em Sab 25 Jul 2015 - 9:47

Rodrigo uniu-se à multidao de cruzados esfarrapados que entrava nos barcos.

Nao estava acostumado ao contato tao próximo com aquela gente andrajosa, mas procurou adaptar-se e em pouco tempo já nao o incomodava tanto.

Sob o sol do convés, escutou as oraçoes em voz alta dos cruzados. A princípio nao se incomodou com as preces, pois era algo a que estava acostumado. A ladaínha monótona inclusive teve um efeito relaxante. Em silêncio, começou ele próprio uma oraçao a Deus/Gaia para que perdoasse aquela gente ignorante e nao permitisse que alcançassem seu intento fanático.

No entanto, conforme aquelas oraçoes repetidas mecanicamente pelos cruzados sobrepunham-se à sua prece sincera, Rodrigo deu-se conta do quanto eram poucos  os garous diante daquela maré ignorante e fanática.

A idéia da destruiçao que causariam deixou-o mais enjoado do que o balanço do barco.

Entao notou a ancia enferma e raquítica que se dirigia a ele.


- Ainda bem que você está aqui, meu filho. Acho que todos aqui vão morrer mais cedo ou mais tarde, mais eu vou encontrar a Grande Mãe primeiro. Eu sei que você faz parte do povo, filhote, e sei que como eu quer preservar tudo o que essa guerra por vir vai destruir. Você veio por Halliny, não? Acha que o fetihe poderá parar essa guerra e reconciliar o Oriente e o Ocidente, como eu achava quando o encontrei. De fato, ela poderia ter esse poder, pois ela move a humanidade, não como um espírito de Gaia, mas como um espírito da própria humanidade, tão forte quanto os mais poderosos servos da Mãe. Mas ele muda sua natureza junto com a disposição dos humanos, e nesse momento ele é nocivo para seu portador. Semanas atrás, eu era Paz Sublime, uma theurge do posto Athro de apenas 40 estações, mas a pose de Halliny consumiu rapidamente minha chama, e sou o que você vê agora. Eu estava tentando levar Halliny à Terra Santa na esperança de mudar a disposição dos humanos, mas minhas forças estão se esgotando...


Escutou as palavras de Paz Sublime com atençao e sem interrompê-la.


- A hora está próxima, meu jovem... eu não chegarei à Terra Santa... Pegue este fardo... - ela entregou algo envolto em panos brancos sujos a rodrigo - ...Eu não tenho instruções pra você... Apenas avisos... Use Halliny... ou esconda-o ... ou destrua-o... a escolha é sua... seja sábio


Rodrigo tomou o fetiche em suas maos com cuidado e respeito e disse à Paz Sublime:

- Você já fez sua parte Paz Sublime-rhya, eu assumo o fardo agora. Fique tranquila.


A velha arquejou mais uma vez e então ficou quieta, calmamente recostada na amurada do barco como um fardo de carne, partindo em paz como uma Filha de Gaia para os braços da Mãe.


Rodrigo baixou as pálpebras de Paz Sublime.

Entao sentiu o impacto do navio chocando-se com outro e começando a afundar com rapidez.

Tinha que agir rápido.

Rodrigo nem cogitou tentar consertar o barco e salvar os humanos. Era cristao, mas também era um senhor das sombras e por  nada impediria a providencial morte de centenas de cruzados – o que considerou um atendimento às suas preces.

Apesar de sua religiosidade, Rodrigo havia tomado mais tempo para conhecer o mundo dos homens que o dos espíritos. Em consequência nao confiava muito em incursoes na umbra.

Acima de tudo, nao podia deixar o fetiche.

Assim que nao teve mais remédio que mobilizar sua fúria para passar a hispo, forma em que era mais destro e vigoroso e nadar para longe dos navios o mais rápido que pudesse, com o fetiche firmemente seguro na mandíbula.

Concentrou-se com toda a força de sua alma e rogou a Deus que nao o deixassem sucumbir às águas antes de cumprir seu fado atroz, e usar Halliny contra a loucura humana.


Off. – se for permitido usar FV para um sucesso automático, Rodrigo usará para qualquer teste relacionado a nataçao ou que permita alcançar uma margem, subir a outro barco ou a algum escombro flutuante.


*Rodrigo*Alexey    *Mitzuki  


ação pensamento fala   /   narração diálogo

Esta é uma obra de ficção. A menos que você seja um lobisomem, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.
avatar
Lua
Admin
Admin

Mensagens : 1775
Data de inscrição : 28/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  kausBR em Dom 26 Jul 2015 - 13:33

Dimitri estava quebrado.

A única coisa que mantinha sua consciência era sua força de vontade, ele estava triste e satisfeito, não foi um peso para aqueles 2, ele sabia que não devia ter agido como ágil mas não permitiria que os espíritos fossem feridos, essa era a missão e tão importante quanto era não parecer indigno perante membros de outras tribos. Agora ele tentava forçar o sua natureza para uma recuperação mínima para pelo menos tira-lo das portas da morte mas teve tempo de pensar:

*Duvido que seja só sobre isso a visão, ela foi a chave para esse grupo, um vento da umbra está soprano e ele é gélido...*


-A coragem alimenta as guerras, mas é o medo que as faz nascer..
--Somos todos campos de batalha, nos quais se digladiam deuses...
---Você não morre pela sua matilha. Você vive por ela! Levante-se! Se tem tempo para pensar em uma morte bela, porque não vive belamente até o fim?
avatar
kausBR
Peregrinos Silenciosos
Peregrinos Silenciosos

Mensagens : 319
Data de inscrição : 23/09/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Alexyus em Qua 29 Jul 2015 - 18:29

Spoiler:
Crusader 3 2/16
Dmitri Aleijado, -5
Presa de Sangue Ferido Gravemente   -2
Amora Saudável

Crusader 3 gasta 15/16 de essência para Encanto Rajada
Crusader 3 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Manobra Especial e obteve: 3 9 9 2 4
Crusader 3 obteve 2 sucessos!
Crusader 3 rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 2 10 3 6 4 8 5 4
Crusader 3 obteve 3 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)
Amora rolou 7 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 1 4 7 2 5 3 4
Amora obteve 1 sucesso! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)
Amora cai para Machucada, -1
Amora rolou 8 dados de 10 lados com dificuldade 3 para Manobra Especial e obteve: 10 3 9 9 3 2 9 10
Amora obteve 7 sucessos!
Amora rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Ataque com Garras e obteve: 3 5 4 10 8 3 3 8 4 4
Amora obteve 4 sucessos!
Amora rolou 13 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Garras e obteve: 5 1 1 6 3 1 2 10 10 6 5 7 2
Amora obteve 2 sucessos!
Amora rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 4 8 1 2 10 8 7 3 7 3
Amora obteve 5 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se
Crusader 3 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Absorver Dano e obteve: 9 5 9 8 4
Crusader 3 obteve 3 sucessos! (Rolagens de Absorver Dano ignora-se os 1s)

O espírito cruzado viu o início do movimento de Brava Canção de Batalha e direcionou sua última rajada de fogo contra ela. A galliard fenrir queimou enquanto saltava no ar, mas esses ferimentos não foram suficientes para detê-la e ela completou seu movimento com um último golpe contra a parte vulnerável do espírito hostil.

O inimigo foi decapitado e explodiu em chamas, que não feriram nenhum dos garous, que já estavam a uma distância segura dele. A ameaça tinha sido vencida finalmente, apesar de levar os garous bem perto da morte e ter vitimado muitos Filhos da Clareira antes que os guerreiros de Gaia chegassem para socorrê-los.

Égon, o espírito falcão, ergueu-se no ar e falou com voz muito diferente da sua comum, soando como o ribombar de um trovão reverberando uma tempestade terrível sobre um solo em terremoto:

- Guerreiros da Mãe, vós fostes os primeiros a vencer essa nova ameaça! Mas acautelai-vos, pois o fanatismo da humanidade cresce, e mais desses espíritos amaldiçoados nasceram em muitas partes do mundo, alimentando-se das guerras que virão. As miríades que morrerem enfraquecerão a Mãe e fortalecerão o Grande Dragão. Fazei o que puderes para proteger as crianças de Gaia, mas sabeis que doravante o mundo jamais será o mesmo!

Dmitri e Presa-de-Sangue tinham cicatrizes de batalha profundas, mas estavam vivos para retornarem às suas seitas. Amora se ferira pouco e, ainda que o ferimento ardesse, ela poderia se orgulhar de ter desferido o golpe final. Égon voltou ao normal, sem lembrar-se das palavras proféticas que proferira.

Um pedaço da face de Gaia tinha sido salvo, mas tremia de medo dos horrores que se avizinhavam.
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Alexyus em Qua 29 Jul 2015 - 18:53

Spoiler:

Rodrigo rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 8 para Nadar e obteve: 9 9 1 1 3 3
Que pena, Rodrigo não obteve sucesso!

Enquanto o barco era tragado para dentro do mar, a água encheu-se de náufragos desesperados. Os gritos de pessoas agonizando antes de encontrarem suas sepulturas no fundo do Bósforo preencheu toda a sonoridade marinha, às vezes secundada pelo ranger de madeira se dobrando e partindo enquanto as embarcações criavam vórtices de redemoinho que puxavam tudo ao redor para afundar com eles.

Jon nadava suficientemente bem para escapar da conflagração aquática, e cumpriu sua missão de proteger Miranda, arrastando-a até a margem da qual tinham partido, regressando assim a Constantinopla.

Sorte-ao-Lado também não teve grandes problemas em sobreviver ao desastre, mas perdeu completamente de vista sua amada Redtrap, e mesmo após cair exausto nas praias da Anatólia, ele não teve mais pistas da parente que ele procurava.

Rodrigo teve a tarefa mais difícil, pois tinha que carregar um objeto de tamanho incômodo na boca enquanto nadava na forma hispo. Com a boca aberta, ele engolia mais água salgada do que era apropriado, afogando-se em pequenas parcelas enquanto lutava contra as ondas. Halliny, fortalecida pelo fanatismo que os cercava mesmo no momento da morte de centenas de cristãos que encomendava suas almas ao Criador, parecia emanar uma aura de decadência e morte violenta, aura que começou a afetar ainda mais Língua-de-Açoite. Mais do que ninguém, o senhor das sombras sabia que não podia falhar, que aquele fetiche lendário poderia ser controlado e usado para domar mais uma vez a humanidade, talvez até mesmo conduzindo-a à paz com Gaia novamente... mas suas forças se esgotavam rapidamente, e o fetiche aumentava seu peso enquanto mais e mais água descia pela garganta do hispo. A água verde calara foi ficando mais e mais escura....

Rodrigo Lobo acordou tossindo água dos pulmões e com o corpo todo dolorido, sentindo a areia a roçar-lhe a pele. De algum modo, o mar o jogara contra as praias da Anatólia. Ele sobrevivera, podia até mesmo ver onde os cruzados tinham desembarcado e iniciado sua marcha para o interior do continente, via Greepfeen à distância sem saber o que fazer.

Mas Halliny se fôra, enterrado em algum lugar no fundo do Estreito de Bósforo, repousando eternamente no lugar onde o Oriente encontra-se com o Ocidente. E sepultadas com ele tinham sido todas as chances de se evitar a guerra que se iniciava.


Pedro reuniu-se aos francos de Gualtério Sem-Haveres e a alguns italianos que chegaram ao mesmo tempo. Assim que atravessaram o Bósforo para a Ásia, os cruzados começaram a saquear cidades. Ao chegarem a Nicomédia, as tensões entre francos de um lado, e germânicos e italianos do outro, resultaram em uma diferença de opiniões sobre como continuar. O exército separou-se então em dois contingentes, o franco liderado por Godofredo Burel e o germânico/italiano por um italiano chamado Reinaldo.

Pedro o Eremita tinha perdido completamente o controlo do cruzada. Os peregrinos desprezaram os conselhos de Aleixo I Comneno de aguardar pelo exército dos nobres; incentivados uns pelos outros e pela facilidade com que conseguiam dominar as populações locais, avançavam com cada vez mais ousadia contra cidades vizinhas, até os francos chegarem junto a Niceia, a capital dos seljúcidas, pilhando os subúrbios.

Os turcos eram guerreiros experientes e conheciam o terreno, por isso durante cerca de um mês aguardaram e observaram até ao melhor momento para atacar. Em Agosto de 1096, uma primeira patrulha de soldados do sultão Kilij Arslan I foi enviada, sem sucesso, para barrá-los.

Para provarem o seu valor igual ou superior aos francos, os germânicos marcharam com 6 000 cruzados sobre a fortaleza de Xerigordo, que conquistaram a 18 de Setembro, com o objectivo de a poderem usar como base para atacar o território. Em resposta, Kilij Arslan I enviou um exército de 15.000 turcos liderado pelo general Elcanes, que cercou Xerigordo17 a 21 de Setembro.

Uma vez que a fortaleza não dispunha de fontes de água, os turcos aguardaram que a sede se encarregasse de derrotar os inimigos, o que demorou cerca de uma semana. Forçados a beber o sangue dos seus burros e a sua própria urina , os cruzados renderam-se a 29 de Setembro. Alguns foram aprisionados, forçados a converterem-se ao Islã e enviados para Coração, onde foram escravizados, enquanto outros recusaram-se a renegar a sua fé e foram mortos.

No acampamento franco de Cibotos, dois espiões turcos espalharam o rumor de que os germânicos tinham conseguido tomar não só Xerigordo como também Niceia, o que incentivou este contingente a apressar-se para chegar à cidade o mais depressa possível para poder participar do saque. Só mais tarde os cruzados souberam a verdade de o que acontecera em Xerigordo. Com os cruzados tomados de pânico, Pedro o Eremita voltou a Constantinopla para obter mantimentos.

Os líderes discutiram se deveriam aguardar por Pedro, que deveria demorar pouco tempo. Na verdade, este não chegou a voltar: Godofredo Burel, que tinha o apoio popular das massas do exército, argumentou que seria covardia aguardar, e que deveriam avançar imediatamente contra os muçulmanos. Na manhã de 21 de Outubro, todo o exército de cerca de 20.000 cruzados marchou em direção a Niceia, deixando mulheres, crianças, velhos e doentes no acampamento .

O exército turco aguardava em emboscada a cerca de três milhas do acampamento cruzado, em um local onde a estrada entrava em um vale arborizado e estreito junto à aldeia de Draco. Ao aproximarem-se do vale, os ocidentais marchavam lenta e ruidosamente, levantando uma nuvem de poeira. Recebidos por um ataque de flechas que vitimou um grande número de peregrinos, e sem dispor de qualquer proteção, foram imediatamente tomados de pânico e em poucos minutos bateram em retirada para o acampamento.

O exército cruzado seria massacrado quase na totalidade , mas as crianças e os que se renderam foram poupados. Os milhares de soldados que tentaram resistir foram facilmente derrotados. Para além de alguns sobreviventes dispersos, apenas cerca de 3.000 peregrinos, incluindo Godofredo Burel, se conseguiram refugiar num castelo abandonado. Eventualmente uma força bizantina chegou de barco e levantou o cerco turco para levar os ocidentais de volta a Constantinopla, onde muitos se juntariam à Cruzada dos Nobres.


FIM?
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Lua em Qui 30 Jul 2015 - 11:25

Quando pôde recuperar-se um pouco, Rodrigo sentou-se na areia da praia com o braços pousados nos joelhos e o olhar perdido na direçao do mar.
No fundo daquelas águas, jazia a esperança de que Oriente e Ocidente se reconciliassem.
Pensou na envelhecida Paz Sublime, que entregara a vitalidade de seu corpo para levar adiante o fetiche e na promessa que fizera a ela, e nao conseguira cumprir.
Entao seria assim?  Pelos séculos e séculos vindouros, Oriente e Ocidente permaneceriam separados, incapazes de compreender-se mutualmente? E os homens, entretidos em suas guerras e divergências no modo de pensar, jamais voltariam a unir-se a Gaia?
Os cruzados desembarcando pareciam responder afirmativamente.
Um nó apertava-lhe a garganta queimada pelo sal das águas.
Ele falhara.
E a dor era imensa.
Nao podia aplacá-la com o humor que sempre aliviara sua alma. Nao podia transformá-la em riso, ainda que amargo. E somente outro lua nova poderia compreender um ragabash que nao podia rir.
Talvez fosse essa a dor que castigasse nele a ofensa de seus pais ao Deus humano.
Pior que mil lagos de prata incandescente.
Ele pensara que seu destino era definhar sua juventude como Paz Sublime fez, para unir os dois lados do mundo e evitar a guerra.
Mas seu fado foi pior: presenciar sua derrota com a força intacta. Enquanto a alma definhava, envelhecendo mais rápido que aquela velha morta na borda do barco.
Com a certeza de que cada tesouro oriental destruído seria por sua culpa.
E que toda dor mais que viesse seria merecida.


*Rodrigo*Alexey    *Mitzuki  


ação pensamento fala   /   narração diálogo

Esta é uma obra de ficção. A menos que você seja um lobisomem, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.
avatar
Lua
Admin
Admin

Mensagens : 1775
Data de inscrição : 28/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: A Cruzada dos Miseráveis

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum