UNIVERSIDADE DE LOBOS

Página 6 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Alexyus em Qua 20 Jan 2016 - 14:47

-- Ed, proteja Ariana caso seja necessário, levem o computador e as plantas pra republica, peguem um taxi, mas antes preciso que vocês se livrem das provas da invasão, afinal de contas nós três já espalhamos nossas digitais por toda a casa... um incendio resolverá o problema, usem a tubulação do gás de cozinha... e procurem sair sem serem vistos, nos vemos assim que eliminarmos Luiz.

"Outro incêndio? Os garous só pensam nisso?"

Ariana questionou Klauss na hora:

- Espera! Um incêndio numa área residencial, num horário em que ele deveria estar na universidade? Acho que isso só vai levantar mais suspeitas! Por que a gente não executa ele aqui e montamos um suicídio? Vai parecer bem mais natural, n´est-ce-pas?

"Digitais? Isso é o mais fácil de limpar! E mesmo se alguém achasse, só ia saber que alguns alunos da faculdade dele estiveram aqui na casa. Bem melhor que um incêndio que provocaria investigações oficiais, perícia técnica e sabe-se lá mais o que..."
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Klauss Krugger em Qua 20 Jan 2016 - 15:22

Alexyus escreveu:- Espera! Um incêndio numa área residencial, num horário em que ele deveria estar na universidade? Acho que isso só vai levantar mais suspeitas! Por que a gente não executa ele aqui e montamos um suicídio? Vai parecer bem mais natural, n´est-ce-pas?

*Me aproximo de Ariana encarando-a.* (favor testar manipulação+intimidação+raça pura)

-- Vai me questionar garota??? Já me desobedeceu ao vir pra cá sem trazer Falcão de Aço, não estou nem aí se ele é um babaca com as mulheres, ele é u m ahroun e no momento eu preferiria ele do que você aqui... *respiro fundo me acalmando um pouco.* você tinha uma tarefa a cumprir e não o fez... você ERA pra ser a ponte de ligação com Lobo Negro, agora não sabemos como ele está e quais os passos Luiz, você fala em suicídio mas não entendeu ainda, ele vai ser torturado pra abrir a boca, ou por acaso alguém se mutila antes de cometer suicídio??? Aacha que alguém vai se importar com ele, pelo que você falou ele preferiria uma boneca inflável ao contato humano, agora não me faça mais perder tempo e obedeça.


Citação
Ação
Pensamento
Narração
Fala

"Leões e Tigres são fortes... mas lobos não trabalham em circo."

ficha Klauss Krugger
avatar
Klauss Krugger
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 2494
Data de inscrição : 18/04/2011
Idade : 37

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Lua em Qui 21 Jan 2016 - 7:49

ARIANA, EDWARD E KLAUSS:

-- Vai me questionar garota??? Já me desobedeceu ao vir pra cá sem trazer Falcão de Aço, não estou nem aí se ele é um babaca com as mulheres, ele é u m ahroun e no momento eu preferiria ele do que você aqui... *respiro fundo me acalmando um pouco.* você tinha uma tarefa a cumprir e não o fez... você ERA pra ser a ponte de ligação com Lobo Negro, agora não sabemos como ele está e quais os passos Luiz, você fala em suicídio mas não entendeu ainda, ele vai ser torturado pra abrir a boca, ou por acaso alguém se mutila antes de cometer suicídio??? Aacha que alguém vai se importar com ele, pelo que você falou ele preferiria uma boneca inflável ao contato humano, agora não me faça mais perder tempo e obedeça.

rolagem:
Klauss rolou 13 dados de 10 lados com dificuldade 5 para Manobra Especial e obteve: 8 2 2 4 3 4 6 5 7 7 10 4 6 
Klauss obteve 7 sucessos!

[…]

O mesmo [obedecer as ordens de Klauss ]havia sido feito por Raul, ainda que de forma relutante.

Edward deixou a CPU perto da porta de entrada e pediu para Ariana chamar o taxi. Em seguida foi à cozinha, soltou o cano de gás e procurou algo para colocar no microondas a fim de gerar uma faísca e iniciar o incêndio.

Mas a tarefa demonstrou ser mais difícil do que ele pensava.*

Enquanto isso, Klauss entrava na umbra.

rolagem:
Klauss rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Manobra Especial e obteve: 10 5 4 3 6 
Klauss obteve 1 sucesso!

Alguns minutos depois estava do outro lado.


* Ed não tem pontos em ofícios ou ciências.

ARIANA E EDWARD:
Edward ainda tentava armar o incêndio na cozinha.

Na sala, Ariana ouviu o som de um carro se aproximando. Pensou que era o taxi, mas então escutou que o portão automático se abria e o carro entrava na garagem da casa. Luiz estava chegando
.

KLAUSS:
Mal Klauss atravessou a película e foi surpreendido por três aranhas padrão, que saltaram sobre ele enfurecidas!

SHAIRA:
-
- Eu.. eu... Na verdade... sim... eu vim trazer notícias... para Jamile Dihb, notícias sobre parentes do oriente... Mas.. o que ser isso... alguma armadilha? Por que tratando uma mensageira iniciante dessa forma? Fiz algo errado? Podem me tirar daqui...seja lá o que isso for...

Ao ouvir “Jamile Dibh”, Kim e a doutora Misyats se entreolharam. Ela perguntou algo para ele em português e Kim deu de ombros, impassível como um boneco de cera.

Mas, de algum modo, a desculpa de Shaira funcionou. Eles a libertaram.

Pouco tempo depois, de volta a hominídeo, ela se encontrava com Adele em um corredor próximo dali.

- Uhu! Consegui! – comemorava a parente – Aproximei-me da Larissa como você disse. Claro que a “simpática” nem se preocupou em me dar ajudar mas, ao menos, consegui afastar qualquer suspeita.  Agora ela foi para o laboratório da doutora Mysiats. Você vai espioná-la?

Mas Shaira nem teve tempo de responder. No começo do corredor, apareceram, de novo, Raphael Kim e a doutora Mysiats, só que agora acompanhados por Larissa. Não chegavam a correr, mas caminhavam rápido em direção a elas. Só havia duas explicações, ou Adele não fora tão eficaz quanto pensava e Larissa os advertiu de que algo errado estava acontecendo, ou alguma informação de fora havia chegado.

- Ei, você, venha cá! – disseram para Shaira, segundo a tradução de Adele.

A situação era tensa. A cara deles não era boa e se aproximavam rápido. Mas Shaira estava com uma parente, o que limitaria suas rotas de fuga. Tinha que pensar rápido.


Virgínia - post anterior:
rolagem Virna para seguir Dandara sem ser vista:
Virna rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Manobra Especial e obteve: 4 5 10 10 5 
Virna obteve 2 sucessos!

Virgínia caminhava pela umbra, convencendo-se cada vez mais de que havia um dedo, senão oito patas inteiras, da Tecedora por ali.

Fortaleceu-se espiritualmente, formando uma barreira protetora a seu redor.

Então espiou através da película e, com um pouco de sorte, conseguiu localizar o apartamento de Dandara.

A primeira vista, era um lugar agradável para um garou. Havia plantas, uma pequena horta orgânica na varanda e muitos objetos artesanais. Olhando melhor, praticamente tudo parecia artesanal ou reciclado de alguma maneira.

No entanto, conforme Virgínia foi se sentindo mais cômoda e pôde olhar melhor, percebeu algo curioso. Ao lado da tv havia um livro com um título em português que incluía o número 100. Uma olhada no quarto e, no criado mudo, sobre uns livros, estava uma revista aberta em um artigo com outro título contendo um número em destaque, abaixo do qual vinham pequenas fotos de capas de livros, numeradas em ordem crescente e com um texto curto ao lado. Na cozinha, várias listas plastificadas estavam presas na geladeira por ímãs. Talvez até no banheiro, onde Dandara agora tomava uma ducha, houvesse listas.

Virgínia também viu que Virna andava por ali furtivamente, tão atenta a tudo quanto ela. A diferença era que a parente lia em português e comprendia o mundo humano melhor do que Virgínia.

Dandara saiu do banho e vestiu-se de uma maneira bem menos modesta do que o costume. Parecia que ia sair. Então tocou o interfone e ela apanhou sua bolsa e foi em direção à porta, pasmem!, sorrindo.

De trás de um móvel, Virna espiava, meio confusa. Parecia querer seguir Dandara, mas estava hesitante. Virgínia precisava de um plano rápido. Deixar que Virna seguisse a garota e ficar para vasculhar o apartamento? Ou comunicar-se com a parente para coordenarem seus esforços. Haveria tempo? Que faria Virgínia?


Gasto: 1 ponto gnose.


Última edição por Lua em Sex 22 Jan 2016 - 16:58, editado 2 vez(es) (Razão : Retirada de trecho por divergência com o jogador.)


*Rodrigo*Alexey    *Mitzuki  


ação pensamento fala   /   narração diálogo

Esta é uma obra de ficção. A menos que você seja um lobisomem, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.
avatar
Lua
Admin
Admin

Mensagens : 1775
Data de inscrição : 28/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Fergus-Kennedy em Qui 21 Jan 2016 - 12:51

Klauss para Ariana escreveu:-- Vai me questionar garota??? Já me desobedeceu ao vir pra cá sem trazer Falcão de Aço, não estou nem aí se ele é um babaca com as mulheres, ele é u m ahroun e no momento eu preferiria ele do que você aqui... *respiro fundo me acalmando um pouco.* você tinha uma tarefa a cumprir e não o fez... você ERA pra ser a ponte de ligação com Lobo Negro, agora não sabemos como ele está e quais os passos Luiz, você fala em suicídio mas não entendeu ainda, ele vai ser torturado pra abrir a boca, ou por acaso alguém se mutila antes de cometer suicídio??? Acha que alguém vai se importar com ele, pelo que você falou ele preferiria uma boneca inflável ao contato humano, agora não me faça mais perder tempo e obedeça.

Edward observara em silencio sem poder fazer alguma coisa, tomar uma surra a essa altura não era muito viável tinha que abaixar a cabeça ao ver que ia embora Ed voltava a sua tarefa na cozinha mais parecia pior do que ele imaginava

"merda..."

Voltava a sala e aproximava do local por onde Klauss havia saio para olhar o outro lado vistando em saber que ele tinha ido embora.


"Sem duvidas deve ter mais dessas... se ele tiver.. tomara que o falcão de aço chegue logo.. talvez possa convocar outros espíritos para ajudar.. ou não"

--
OFF: teste para olhar pela película


"Pensamentos"
-Falas
*Ações*




"I Hate My Life"

avatar
Fergus-Kennedy
Peregrinos Silenciosos
Peregrinos Silenciosos

Mensagens : 184
Data de inscrição : 15/09/2015
Idade : 26
Localização : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Cetza em Qui 21 Jan 2016 - 14:27

Pouco tempo depois, de volta a hominídeo, ela se encontrava com Adele em um corredor próximo dali.
- Uhu! Consegui! – comemorava a parente – Aproximei-me da Larissa como você disse. Claro que a “simpática” nem se preocupou em me dar ajudar mas, ao menos, consegui afastar qualquer suspeita. Agora ela foi para o laboratório da doutora Mysiats. Você vai espioná-la?
Mas Shaira nem teve tempo de responder. No começo do corredor, apareceram, de novo, Raphael Kim e a doutora Mysiats, só que agora acompanhados por Larissa. Não chegavam a correr, mas caminhavam rápido em direção a elas. Só havia duas explicações, ou Adele não fora tão eficaz quanto pensava e Larissa os advertiu de que algo errado estava acontecendo, ou alguma informação de fora havia chegado.
- Ei, você, venha cá! – disseram para Shaira, segundo a tradução de Adele.

Shaira sentiu-se aliviada por eles terem a libertado, sua missão havia sido um fracasso... mas o comportamento agressivo dos dois podiam indicar que os mesmos estavam guardando algum segredo. Após deixa-los no laboratório, a ragabash correu ao encontro de Adele sendo recebia por boas notícias, parecia que Larissa havia caído na conversa de Adele, porém antes que pudesse falar qualquer coisa Raphael Kim, a doutora Mysiats e Larissa lhe chamavam. Shaira olhava para Adele e de forma sorrateira lhe dizia baixinho para não chamar a atenção dos três... - Chame lobo negro... posso precisar de ajuda... A ragabash sorria e se despedia de Adele falando em português bem errado enquanto caminhava até os três -- addio... adeus...

Shaira se aproximava dos três armada com o seu olhar curioso e sorriso tolo. A jovem estava preocupa porém tina que manter o disfarce a todo o custo, ela pensara que como se apresentou como uma Peregrina eles queriam dar alguma informação a ser repassada... mas seja o que fosse ela sabia que não teria como lutar ainda mais contra os três. A jovem os olhava sorrindo e de forma curiosa para Larrisa esperando que os mesmos tomassem a iniciativa.
" Por Luna... agora sim eu me ferrei..."


----------------------------------------
Ação/Narrativa
Pensamento/Off
Falas

Ingrid Nadira Kaif  Shaira Menefer Hellen B Earp
avatar
Cetza

Mensagens : 695
Data de inscrição : 07/09/2015
Idade : 32

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Klauss Krugger em Qui 21 Jan 2016 - 14:47

Mal Klauss atravessou a película e foi surpreendido por três aranhas padrão, que saltaram sobre ele enfurecidas!

*Ao me deparar com o ataque das aranhas libero um pouco de minha gnose, mesmo enfurecidas, elas se distrairiam com o alimento facil, então forço novamente a pelicula, para voltar ao mundo físico no mesmo lugar onde entrei (com gasto de força de vontade para sucesso automático).*

*Saindo da umbra assumo minha forma guerreira e me posiciono proximo a porta, porem longe de qualquer janela, pronto para atacar Luiz assim que ele entrar.*

off,
atacar com socos quero apenas desmaia-lo.



Citação
Ação
Pensamento
Narração
Fala

"Leões e Tigres são fortes... mas lobos não trabalham em circo."

ficha Klauss Krugger
avatar
Klauss Krugger
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 2494
Data de inscrição : 18/04/2011
Idade : 37

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Alexyus em Sex 22 Jan 2016 - 19:27

Ariana tremeu de medo e raiva com os gritos de Klauss. Ocorreu-lhe que, com a destruição do monstro aracnídeo, tinha sobrado o pior monstro, e era justo o "chefe" da missão. Não teve presença de espírito para dizer mais nada até a partida de Klauss. Ficou parada em choque enquanto Edward saía para cumprir as ordens.

Ela não saberia precisar quanto tempo tinha se passado naquele estado até que ouviu o barulho da porta da garagem se abrindo e percebeu o carro de Luiz chegando.

Tomada de súbita energia e senso de urgência, ela correu para a cozinha, em busca de Edward.

- Rapide, rush, Edward! Oublier las paroles que fils de pute Klauss! Luiz chegou! Nãos podemos queimar nada aqui! Precisamos dar um jeito nisso antes! O que você acha? Pegamos ele ou tentamos nos esconder?
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Natalie em Dom 24 Jan 2016 - 13:49

Virgínia foi farejando pela Umbra, espiando através da película, até achar seu alvo.

Dava pra ver a Virna escondida e a Dandara se arrumando pra sair.

O apartamento dela parecia agradável, mas Aurora desconfiou e foi achanado muitas coisas estranhas.

Quando ela se arrumou pra sair e Virna fez que ia atrás dela, Virgínia só esperou as duas saírem e percorreu atalhos de novo, entrando no apartamento pra investigar.

Ia olhar as coisas com o dom de Sentir a Wyrm e ver se conseguia descobrir alguma coisa estranha.


*Ações*
- Falas
"Pensamentos"
avatar
Natalie
Filhos de Gaia
Filhos de Gaia

Mensagens : 792
Data de inscrição : 15/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Lua em Qui 28 Jan 2016 - 10:10

Ariana e Edward:
Edward foi até o lugar por onde Klauss entrou na película e espiou. O que viu não foi nada alentador, Klauss estava sendo atacado por três aranhas padrão e uma delas acabava de cravar suas quelíceras em seu flanco como se ele fosse um grande inseto humano.

Não teve tempo de pensar em nada. Ouviu o som do carro de Luiz entrando na garagem.

Ariana correu em sua direção:

- Rapide, rush, Edward! Oublier las paroles que fils de pute Klauss! Luiz chegou! Nãos podemos queimar nada aqui! Precisamos dar um jeito nisso antes! O que você acha? Pegamos ele ou tentamos nos esconder?

Não pôde responder.

Luiz entrou, já com uma arma em punho. Disse algo em português, que Edward não pôde entender mas Ariana sim:

- Não se movam. Já sabemos quem vocês são e esta arma está carregada com prata, malditos extra-terrestes! – olhou com ódio para Ariana – E você… estava me espionando… Que idiota fui, como se  não soubesse que as garotas bonitas não valem nada!

Então um segundo veículo parou.

Uma mulher entrou e, após uns segundos, Edward e Ariana reconheceram a doutora Silversword. Também estava armada.

- Ele! – disse indicando Edward para Luiz – Aponte para a cabeça dele.

Luiz obedeceu. Em seguida ela abriu a maleta que trazia na outra mão e tirou dela uma seringa.

- Colabore. – disse calmamente para Ariana - Preferimos levá-los vivos mas se não tiver outro jeito… Isso não vai doer nada, é só para acalmá-la. Agora vamos, levante a manga de sua blusa e mostre o bracinho…


KLAUSS:
Klauss liberou gnose para distriar as aranhas padrão, o que teria funcionado se elas tivessem sido acidentalmente provocadas em uma travessia pela penumbra ou algo do gênero. Mas todos aqueles espíritos aracnídeos estavam naquele lugar com um propósito forte e, como bons cães de trabalho, eram “alimentados” para tal.

As aranhas atacaram.

Klauss estava em hominídeo e pouco fez para defender-se.

Rolagem:
Aranha 1 rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque e obteve: 2 9 8 3 1 3 
Aranha 1 obteve 1 sucesso!

Aranha 1 rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 5 4 9 1 
Aranha 1 obteve 1 sucesso! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Dano: Escoriado

Aranha 2 rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque e obteve: 3 7 3 4 7 3 
Aranha 2 obteve 2 sucessos!

Aranha 2 rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Dano e obteve: 7 3 5 8 7
Aranha 2 obteve 3 sucessos! (Rolagens de Dano ignora-se os 1s)

Dano: -3

Aranha 3 rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque e obteve: 5 6 1 1 3 6 
Que pena, Aranha 3 não obteve sucesso!

A primeira aranha saltou sobre Klauss com as quelíceras afastadas como um horrenda boca mas só conseguiu morder seu braço erguido em uma débil tentativa de proteger-se, rasgando um pouco a carne.

A mesmo tempo, a segunda aranha atacava pelo outro flanco, mordendo-lhe na base das costelas. Klauss sentiu uma dor lancinante, como se duas facas penetrassem em seu corpo ao mesmo tempo, uma pela barriga e outra pelas costas, injetando um líquido que fez uma pressão ardente entre seus órgãos. Era uma dor visceral, insuportável, e ele começou a sentir náuseas e vertigens.

Por sorte a própria movimentação dos corpos cheios de patas das aranhas dificultou o ataque da terceira, que errou o alvo.

No entanto, ela não perdeu seu tempo. Junto com as demais aranhas, começou a fiar ao redor de Klauss.


SHAIRA:

Shaira olhava para Adele e de forma sorrateira lhe dizia baixinho para não chamar a atenção dos três... - Chame lobo negro... posso precisar de ajuda... A ragabash sorria e se despedia de Adele falando em português bem errado enquanto caminhava até os três -- addio… adeus...
Adele entendeu o recado. Fez que sim com a cabeça, sorrindo como Shaira e despediu-se com alegres chauzinhos.
Shaira se aproximava dos três armada com o seu olhar curioso e sorriso tolo. A jovem estava preocupa porém tina que manter o disfarce a todo o custo, ela pensara que como se apresentou como uma Peregrina eles queriam dar alguma informação a ser repassada... mas seja o que fosse ela sabia que não teria como lutar ainda mais contra os três. A jovem os olhava sorrindo e de forma curiosa para Larrisa esperando que os mesmos tomassem a iniciativa.
" Por Luna... agora sim eu me ferrei..."

Os três sorriram para ela. Com esforço a doutora Misyats murmurou uma palavra em garou:

- Calma.

Enquanto Shaira olhava para ela, Raphael Kin pôs a mão em seu ombro. Imediatamente Shaira sentiu uma descarga elétrica potente e começou a tremer convulsivamente, grudada ao corpo dele.

Então tudo ficou negro.

---

Shaira despertou em um lugar parecido a um quarto de hospital, só que sem janelas e com barras de aço na porta. Se tentasse entrar na umbra, veria que a construção estava praticamente resconstruída do outro lado, impossibilitando uma fuga.

Tudo era perfeitamente limpo e organizado. Havia uma maca moderníssima, que podia servir de cama se totalmente baixada e também uma poltrona, uma pequena mesa e um televisor. Se decidisse ligá-lo veria que a programação era a cabo, sem nenhum canal de notícias. Em um armário, ela encontrou algumas mantas e um travesseiro.

Um pequeno banheiro - tão limpo que daria para comer no chão - completava o ambiente. Shaira achou ali um envoltório plástico, contendo todo material necessário para sua higiene pessoal, o que incluía um robe e um par de chinelos de quarto.

Pareciam preparados para mantê-la ali por um bom tempo…


Virgínia:
Quando Dandara fechou a porta, Virgínia viu que a voluntariosa parente havia decidido segui-la. Virna esperou até escutarem os passos de Dandara na escada e saiu atrás dela, pisando leve como um gato.

Agora Virgínia podia investigar o apartamento sozinha.

O dom novamente teve êxito mas não revelou nenhum toque da Wyrm.

Todas as evidências que Virgínia encontrou foram de uma vida voltada para ações politicamente corretas… mas… havia algo indefinível ali.

Era como se a alma lupina de Virgínia sentisse falta de uma presença, mínima que fosse, da Wyld. Mesmo a horta na varanda era tão arrumada que dava desespero. Faltava um matinho entre as plantas, uma folha com rastros da passagem de um inseto, uma muda mais desenvolvida que a outras… Era possível que algo da natureza parecesse artificial? Era essa sensação que dava.

E mais coisas do tipo.

Virgínia tinha boa cultura geral e reconheceu grandes líderes políticos do mundo humano espalhados em pôsteres pela casa: Gandhi, Che Guevara, Simone de Beauvoir, Martin Luther King. Havia outros que ela não conhecia. E frases que ela não podia ler mas que espalhavam-se em pequenos quadros, porta-retratos, adesivos, etc. como se em cada cômodo houvesse algo a guiar a vida de Dandara.

Estava na cozinha, segurando um livro em inglês chamado “The Karl Marx's Kitchen”, quando escutou que mexiam na porta de entrada. Deu uma espiada rápida e viu que o vulto de um homem armado adentrava.

- Já sabemos que você está aqui, garou. Apareça e não lhe farei mal. – disse ele com uma voz alta e imperiosa.


off:
Off: Natalie, da uma olhadinha no off e diga o tipo de jogo que quer.

Informe "publicitário": Estão abertas as inscrições para uma história de poucos posts que pode somar aqueles pontinhos necessários para mudar de posto, agora ou no futuro. http://lobisomemoapocalipse.livreforum.com/t766p12-inscricoes-para-o-1-ciclo-de-2016-1-de-janeiro-a-31-de-marco#18464


*Rodrigo*Alexey    *Mitzuki  


ação pensamento fala   /   narração diálogo

Esta é uma obra de ficção. A menos que você seja um lobisomem, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.
avatar
Lua
Admin
Admin

Mensagens : 1775
Data de inscrição : 28/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Cetza em Qui 28 Jan 2016 - 12:22

Cativeiro escreveu:Então tudo ficou negro.
---------------
Shaira despertou em um lugar parecido a um quarto de hospital, só que sem janelas e com barras de aço na porta. Se tentasse entrar na umbra, veria que a construção estava praticamente resconstruída do outro lado, impossibilitando uma fuga.

Tudo era perfeitamente limpo e organizado. Havia uma maca moderníssima, que podia servir de cama se totalmente baixada e também uma poltrona, uma pequena mesa e um televisor. Se decidisse ligá-lo veria que a programação era a cabo, sem nenhum canal de notícias. Em um armário, ela encontrou algumas mantas e um travesseiro.

Um pequeno banheiro - tão limpo que daria para comer no chão - completava o ambiente. Shaira achou ali um envoltório plástico, contendo todo material necessário para sua higiene pessoal, o que incluía um robe e um par de chinelos de quarto.

Pareciam preparados para mantê-la ali por um bom tempo…

O semblante de Shaira desaparecia a medida que o choque levava sua consciência... tudo ficava escuro e confuso. Shaira não fazia ideia de quanto tempo e nem onde estava, ela olhava os arredores e percebia que estava numa espécie de hospital, provavelmente numa ala esquecida e restrita aos alunos. Ela olhava cada canto do cativeiro. Shaira dava uns gritos, exigindo algumas explicações e também para saber se tinha alguém ali. Shaira não tinha muitas opções de fuga, já que até a Umbra foi protegida... só lhe restava encarar os seus captores e quem sabe assim poder descobrir mais estando bem perto dos inimigos... ao menos era assim que pensava. " Maldição...me ferrei... ou me FERREI bonito...fugir seria uma boa... mas não poder a chance de olhar nos olhos do inimigo...é uma oportunidade única... Shaira olhava a quantidade de objetos pessoais ali presentes Shaira percebia que ficaria um longo tempo ali... ela começava a arrumar suas coisas à espera de que seus algozes se apresentassem...


----------------------------------------
Ação/Narrativa
Pensamento/Off
Falas

Ingrid Nadira Kaif  Shaira Menefer Hellen B Earp
avatar
Cetza

Mensagens : 695
Data de inscrição : 07/09/2015
Idade : 32

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Klauss Krugger em Qui 28 Jan 2016 - 15:40

-- O QUE???? As aranhas ignoraram a gnose???

*Dor*

-- ARRHHHHHH QUE MERDA... ESQUECI DESSAS MERDAS DE ARANHAS, MALDITA PARENTE PRESA DE PRATA.... Cada vez mais odeio essa linhagem!

*Respiro fundo buscando o controle.*  Ativo o dom Resistência a dor

Junto com as demais aranhas, começou a fiar ao redor de Klauss.

-- Não vou morrer aqui... Não sem atingir meus objetivos!!!!

*Deixo a fúria fluir mudo de forma acreditando que o aumento de tamanho da forma crinos seja suficiente para arrebentar as teias...isso não vai afastar as aranhas... ataco-as  com todas as forças.*

*Após me livrar das aranhas espio através da pelicula o que acontece no mundo real, caso a ação com Ed e Ariana ainda esteja acontecendo, vou até outro comodo da casa e forço a pelicula para sair da umbra, chegando na casa, quebro alguma coisa para tirar a atenção e dar-lhes a chance de reagir, então, gasto o restante de minha fúria para invadir a sala onde estão presentes e atacar a doutora e Luiz.*

Ação
Ativar dom Resistência a dor
Gasto de 4 pontos de fúria, sendo um para mudar de forma instantaneamente e os demais para golpear as aranhas.
Permaneço de prontidão a movimentação das demais aranhas e espio pela pelicula ver o que está acontecendo dentro da casa de Luiz
Vou até outro comodo alerta as aranhas e forço a pelicula para sair da umbra, e quebro algo nesse comodo para dar a chance de Ed e Ariana agirem, caso ainda não tenham sucesso queimo o resto da fúria para entrar no comodo atacando Luiz e a Doutora com a klaive, nem que tenha que mudar para a forma glabro para me movimentar melhor dentro da casa.


Última edição por Klauss Krugger em Sex 29 Jan 2016 - 12:26, editado 2 vez(es)


Citação
Ação
Pensamento
Narração
Fala

"Leões e Tigres são fortes... mas lobos não trabalham em circo."

ficha Klauss Krugger
avatar
Klauss Krugger
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 2494
Data de inscrição : 18/04/2011
Idade : 37

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Alexyus em Qui 28 Jan 2016 - 16:35

Ariana tomou um susto com a entrada de Luiz.

"Claro que ele já sabia de tudo! Aquele espírito devia ser um tipo de alarme. "

Não ligou muito para as besteiras que ele falava, a sua atenção estava concentrada no outro carro que chegava. A tal doutora Silvesword.

A calma dela ajudou a estancar o pânico que ameaçava tomar conta de Ari de novo. A situação era estrategicamente vantajosa para eles, mas eles contavam com a rendição deles, um momento crítico e delicado daquela negociação.

Ari duvidava que os garous resolvessem negociar com outras coisa que não fosse os punhos.

Ela começou a obedecer a doutora, fingindo submissão, enquanto erguia a manga.

- Ok, c'est bien...

Mas quando a doutora chegou perto o suficiente, ela deu um empurrão usando todo o corpo, tentando jogá-la contra Luis e usando o corpo dela como escudo contra os tiros.

Ia tentar usar a proteção do corpo dela o quanto pudesse, segurando os braços dela enquanto a empurrava contra Luís.

A ação era tão corajosa quanto arriscada, mas ela não podia esperar a iniciativa dos outros pra agir.


OFF: Posso usar um ponto de Força de Vontade para enganar a doutora que vou me render até ela baixar a guarda e mais um na ação física de empurrar ela contra o Luís ?


Última edição por Alexyus em Sab 30 Jan 2016 - 7:06, editado 4 vez(es) (Razão : formatação da segunda fala incluída previamente)
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Fergus-Kennedy em Qui 28 Jan 2016 - 19:00

Ouvir o carro e ver Klauss tendo problemas o deixava um tanto nervoso tinha um tempo que não sentira isso na pele.
ao olhar para Ariana sem entender muito devido seu sotaque francês e depois Luiz entrando na sala e falando coisas que não compreenderá o fazia pensar que era assim que alguns pensavam quando falava em dialetos.


Luiz escreveu:- Não se movam. Já sabemos quem vocês são e esta arma está carregada com prata, malditos extra-terrestres! – olhou com ódio para Ariana – E você… estava me espionando… Que idiota fui, como se  não soubesse que as garotas bonitas não valem nada!

Observou a reação do homem e ponderou que poderia ataca-lo em um movimento rápido mais ouvira o segundo carro chegando

Uma mulher entrou e, após uns segundos, Edward e Ariana reconheceram a doutora Silversword. Também estava armada.

- Ele! – disse indicando Edward para Luiz – Aponte para a cabeça dele.

"Que ótimo, entramos numa fria maior ainda..."
- Colabore. – disse calmamente para Ariana - Preferimos levá-los vivos mas se não tiver outro jeito… Isso não vai doer nada, é só para acalmá-la. Agora vamos, levante a manga de sua blusa e mostre o bracinho…

Pensou naquele segundos que poderia fazer um contra ataque usando toda sua fúria mais poderia acabar matando aliada e isso o iria arruiná-lo por toda a vida, voltando olhar aquela arma imaginado o quanto tempo iria levar para sobreviver um tiro de prata.
Voltou a realidade quando Ariana empurrou a doutora então sem perder tempo saltou em direção ao Luiz mudando para Crinos de pelagens negras para intimida-lo e desarma-lo com ataques de garras ou mordida dependendo do tempo que teria para o ataque.

Se ele por acaso muda-se também de forma iria lutar contra ele o tempo necessário  para chegada do Raul ou até mesmo do Klauss

----------------

[OFF: e agora ou nunca, dados para briga (3) + 2 de fúria e claro sei que Ed não possui intimidação  se der samba usar a força de vontade pra não sair matando todos. ]


"Pensamentos"
-Falas
*Ações*




"I Hate My Life"

avatar
Fergus-Kennedy
Peregrinos Silenciosos
Peregrinos Silenciosos

Mensagens : 184
Data de inscrição : 15/09/2015
Idade : 26
Localização : RJ

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Natalie em Dom 31 Jan 2016 - 15:17

Virgínia não achou nada de muito estranho na cada da Dandara no começo, mas logo as coisas pareceram certinhas demais. Parecia que o lugar não tinha vido, não tinha espírito, eram coisas feitas artificialmente.

Os livros pareciam servir de guia para todas as coisas que a Dandara fazia, mas nenhum deles era de pessoas garous, eram todos humanos, e a maior parte era de revolucionários.

Quando ouviu a voz do homem, ela jogou o livro na direção dele e percorreu atalhos.

Da Umbra, ela olharia através da Película para identificar o homem, ver se estava armado e se estava sozinho.

Quando tivesse uma visão clara, ia percorrer atalhos de volta, já na forma crinos, e cair sobre ele em golpes mortais.


*Ações*
- Falas
"Pensamentos"
avatar
Natalie
Filhos de Gaia
Filhos de Gaia

Mensagens : 792
Data de inscrição : 15/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Lua em Sex 8 Abr 2016 - 15:08

CINCO MESES DEPOIS…

Finalmente o semestre havia acabado.

Ariana, Adele, Edward, Klauss, Shaira e Virgínia compartilhavam com os demais estudantes aquela sensação de alívio e de não saber muito bem como tinham conseguido sobreviver ao período.

Só que no caso deles, a sensação era literal.

Agora estavam em uma festa organizada pelos estudantes da seita, num estabelecimento que começava a despontar como o novo ponto de encontro de garous e parentes de Serpente do Brejo e cujo apelido dado secretamente pelos cliaths - Zim Bar - refletia bem o clima de decadência moral que ameaçava aquele caern.

A pesar do clima festivo, havia um sabor amargo ao fim daquela temporada.

Talvez se evidenciasse na figura de Klauss que, encostado em uma parede e com um copo na mão, relembrava como haviam entregado a André Pantulha o enlouquecido Luiz Cavalcanti, a dra. Sophia Silversword e o prof. Custódio Jaguaribe, este capturado por Virgínia, apenas para ouvir dele um breve agradecimento e o aviso de que estavam liberados da missão a partir daquele momento.

A liderança então passaria a Lobo Negro, o que era surpreendente e constrangedor até mesmo para ele, um reconhecido ômega.

Da mesma forma era estranho que, de uma hora para outra, pudessem assumir a missão todos os garous uspianos que até então combatiam na Zona Leste. Será que, de fato, os problemas por lá se haviam resolvido tão rápido? Tão a propósito? Aquilo tudo cheirva mal. Tanto mais que os fatos giravam em torno  a andarilhos do asfalto e senhores das sombras. Talvez os instintos de Klauss não estivessem equivocados afinal…

O fato é que Serpente do Brejo havia reassumido a missão e Klauss infelizmente não tivera tempo de mostrar aos que duvidaram de sua liderança que era, sim, um bom líder. Mas não faltariam oportunidades para provar seu valor no futuro, isso era certo.

Tomou um gole e olhou para a pista de dança.

Virna bailava sozinha, com a mesma energia inesgotável da noite em que ele a conhecera, com a diferença, apenas, de que agora ela já não o convidava abertamente para acompanhá-la. Limitava-se a olhá-lo, às vezes. E quando seus olhos se encontravam como naquele momento, a dúvida voltava ao coração de Klauss.

Desde aquela acalorada conversa noturna ele já não sabia se a parente continuaria fazendo parte de seus planos. Os olhos azuis dela o convidavam a dançar mas ele sabia que ela era dura o suficiente para seguir sua vida sozinha, se ele assim o decidisse. Ela era feita da mesma matéria que ele, havia dito. Não esmoreceria.

La fora, no estacionamento da boate, a moto, que ninguém havia pedido de volta,  esperava-o como um cavalo paciente, mas pronta a ganhar a liberdade da estrada.

Empreenderia outros rumos? E a parente poderia incluir-se neles? Só Klauss poderia dizer.

Em uma mesa não muito distante de Klauss, Edward saboreava o melhor whiky do estabelecimento, imerso em pensamentos de certo modo parecidos. Najla havia preferido ir à festa com Bruno, deixando-o livre para empreender o caminho que seu coração realmente desejasse. Qual seria seu destino?

Uma dorzinha nas costelas recordou-o das balas de prata que Luiz, mais apavorado que consciente, havia disparado em seu corpo. Já estava recuperado e felizmente elas não foram o bastante para impedi-lo de dominar a situação até Klauss poder livrar-se das aranhas e ajudá-lo.

Tinha sido uma boa ação conjunta… Então Edward ouviu um burburinho.

- Uuullll ! Ariana e Adele acabavam de entrar, com toda a euforia adolescente, atraindo a atenção por sua alegria e beleza.

Adele vestia um top, mostrando seu ventre liso e perfeito. Ariana teria que esperar um pouco mais para exibir sua barriga, pois ainda trazia as marcas da cirurgia de emergência que salvara sua vida mas que a mantivera por semanas em um hospital e deixara uma extensa cicatriz.  Nada que um bom cirurgião plástico não resolvesse futuramente, se ela assim desejasse.

No momento, porém, havia algo de heróico naquela marca em sua pele: ela era a testemunha do ato de bravura que Ariana empreendera. Ao lançar-se sobre a doutora Silversword e derrubá-la, Ariana se havia exposto às balas que a mulher disparara, ainda no solo. Fora alvejada mas a confusão causada permitira que Edward partisse para cima de Luiz, neutralizando-o. *

A valentia de Ariana não tinha passado despercebido. Ainda que de forma restrita, alguns garous e parente já começavam a vê-la como algo mais que uma parente rica e bonita. Os presas de prata locais manifestaram sua aprovação com discretas e inestimáveis gentilezas e visitas amáveis.

Adele também havia mostrado seu valor, ajudando a missão com seu conhecimento acadêmico e esperteza. Agora dançava com Raúl. Ariana notou que ao fim aquele jogo meio brutal de ofensas entre sua irmã e ele tivera um vencedor: Adele controlava o ahroun apaixonado como quem conduz um touro bravio puxando-o só pela argola em seu focinho. E ela o fazia sem comprometer-lhe nem mesmo uma pestana dos belos olhos verdes/azuis. Touché, mon cher.

Ao contrário dar gêmeas, Virgínia e Lobo Negro entraram na boate sem nenhum alarde. Foram só para “dar um alô” aos amigos, já que, evidentemente, aquele não era um lugar que os agradasse.

São Paulo era quase como o coração da Weaver e aquele caern cravado no centro de uma universidade gigantesca seria, provavelmente, um dos mais estranhos que Virgínia conheceria na vida. E muitas suspeitas emanavam do súbito afastamento dos garous estrangeiros daquela missão.

Ao menos Virgínia aprendera o português, o que não era pouco, já que no Brasil se travava uma das guerras mais cruciais para o futuro de Gaia.

Shaira chegou com um pouco menos de discreção e acompanhada por sua prima Cristina, que simplesmente não pudera resistir à palavra “festa” e se convidara para ir com ela.

Ambas usavam maravilhosos adornos que Shaira aprendera a fazer na Oficina de Criatividade em Artes Plásticas. Tinha se saído muito bem no curso e poderia até mesmo ganhar dinheiro fazendo jóias e bijouterias, se desejasse. Cristina, é claro, não havia pagado pelo bracelete que usava mas tinha feito uma boa propaganda entre as amigas, de modo que já havia algumas encomendas para Shaira atender. O fato de já poder falar português também facilitava sua vida.

Vida... Quanto sentido tinha essa palabra. Shaira estivera muito perto de ser torturada e até mesmo morrer naquele hospital abandonado. E havia sido justamente alguém que já tinha perdido a vida que a ajudara a escapar.

Ela nunca chegara a compreender porque aquele fantasma a auxiliara a fugir, informando-a que a sala que a aprisionava não se mantinha na umbra todo o tempo e que havia momentos em se esvanecia e os espíritos da weaver tinham que refazê-la.  No hora da fuga, Shaira estava tão aturdida pela profusão de almas penadas que encontrava pelos corredores umbrais do hospital que não viu quando o fantasma desapareceu sem ter pedido nada em troca do auxílio dado a ela. Assim como a vida, a morte tinha seus mistérios.

Emergiu de seus pensamentos e olhou ao redor, identificando seus companheiros em diferentes pontos da boate. Lá estavam Ariana, Adele, Edward, Klauss e Virgínia.

Apesar dos pesares, todos haviam se beneficiado de alguma maneira da passagem pela universidade.

Ariana tinha aproveitado o tempo no hospital para estudar sozinha e fora aprovada em Técnicas de Redação em Inglês com mais facilidade do que os alunos que assistiram todas as aulas da professora medíocre. Agora se expressava melhor por escrito.

Adele iniciara-se no caminho do ocultismo. Se as lendas que ela aprendera correspondiam a seres sobrenaturais e espíritos que realmente existiam ou se eram apenas imaginação popular, não se podia saber. Mas ela já conhecia algo dessas criaturas fantásticas, sobretudo as brasileiras, e isso poderia ser útil em algum momento.

Klauss aproveitara muito as aulas de História das Grandes Batalhas. O professor tinha um conhecimento inesgotável do assunto e boa didática, de modo que a cada aula ele se sentia como se abandonasse sua própria pele ao som das palavras do professor e ressurgisse como um guerreiro da Antiguidade em combate, um rei guiando seu exército em uma batalha medieval, um general traçando complexas estratégias militares em uma das guerras mundiais ou um guerrilheiro vencendo com inteligência um inimigo mais forte. E esse conhecimento o ajudaria na hora de criar suas próprias táticas e estratégias.

Edward aprendera português e pudera circular pela grande cidade, exibindo orgulhoso seu kilt. Ademais, o êxito na captura de Luiz lhe provara, mais uma vez, que podia confiar em si mesmo.

E assim com todos os demais. Embora a missão original não tivesse prosperado para eles, a luta por Gaia era tão imensa e os defensores tão escassos que durante sua estadia em São Paulo não faltaram oportunidades de ajudar e lutas que combater.  

O semestre terminava com alguns êxitos e também frustrações e dúvidas, era certo, mas eles estavam vivos e em uma festa. Havia música, bebida e boa companhia. Cada um poderia disfrutar dela como quisesse ou até mesmo aproveitar sua liberdade para despedir-se dos amigos e partir.

Conscientes uns dos outros, Ariana, Adele, Edward, Klauss, Shaira e Virgínia entreolharam-se. E neste momento começou a tocar uma canção animada, de cuja letra, pela proximidade com o português, eles conseguiram captar alguma coisa. Com esperança e um certo sarcasmo, ela dizia:


letra:
Hoje me entregarei, me condenarei
Não haverá mais nada
porque tudo saiu mal
já não me importa, não chorarei

Tranquilo, rapaz
que o mundo não acaba
Maldito relógio
Se o tempo parasse

Hoje me apagarei, me evaporarei
não sobrará nada
que nada saiu bem
já não me importa, não chorarei

Tranquilo, rapaz
que o mundo não acaba
Maldito relógio
Se o tempo parasse


https://www.youtube.com/watch?v=qJDc1S6P7w8

* Era o que estava dando nos dados, até onde consegui rolar.


*Rodrigo*Alexey    *Mitzuki  


ação pensamento fala   /   narração diálogo

Esta é uma obra de ficção. A menos que você seja um lobisomem, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.
avatar
Lua
Admin
Admin

Mensagens : 1775
Data de inscrição : 28/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: UNIVERSIDADE DE LOBOS

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 6 de 6 Anterior  1, 2, 3, 4, 5, 6

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum