As Invasões Bárbaras

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Lua em Ter 10 Maio 2016 - 22:33

Rodrigo gostou de ver Ingrid rindo e abandonando um pouco do recato.

- Quando tiver vontade, pode começar me contando sobre a Ordem da Mãe Misericordiosa. Mas não precisa fazê-lo se não quiser.

E, sim, tenho a língua afiada. Por isso me dizem Língua de Açoite. Você pode me chamar por este nome ou simplesmente de Rodrigo. Deixemos "lorde" e "sir" para os presas de prata que apreciam essas bobagens.


Rodrigo não tinha muita pressa de ir à seita do Grande Leão Prata mas se pretendia ajudar os garous dali, seria inevitável. Assim que assentiu à proposta de Ingrid:

- Como queira, irmã. Eu a acompanharei.


*Rodrigo*Alexey    *Mitzuki  


ação pensamento fala   /   narração diálogo

Esta é uma obra de ficção. A menos que você seja um lobisomem, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.
avatar
Lua
Admin
Admin

Mensagens : 1775
Data de inscrição : 28/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Klauss Krugger em Qua 11 Maio 2016 - 8:11

*Jon observava a moça espancando os soldados sentindo a raça pura dela, olha a pequena multidão se juntando leva a mão ao cabo da espada e se aproxima dela caso ela o ataque executa um bloqueio com a espada e lhe fala em liguagem garou.*

-- Está chamando muito a atenção irmã, sabe que não são todas as mulheres que tem essa habilidade de luta... *olho para os 4 homens no chão*... e pelo visto nem os homens... venha vamos sair daqui.

*Em seguida a levo para uma taverna próxima e conto minhas poucas moedas e peço duas canecas de cerveja e a levo para o canto vazio da taverna para poder conversar .*


-- Sou Jon, Garras da Justiça, filodox dos Presas de Prata, acabei de chegar a cidade, as noticias são verdadeiras?



Citação
Ação
Pensamento
Narração
Fala

"Leões e Tigres são fortes... mas lobos não trabalham em circo."

ficha Klauss Krugger
avatar
Klauss Krugger
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 2494
Data de inscrição : 18/04/2011
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Cetza em Qui 12 Maio 2016 - 20:06

Rodrigo gostou de ver Ingrid rindo e abandonando um pouco do recato.

- Quando tiver vontade, pode começar me contando sobre a Ordem da Mãe Misericordiosa. Mas não precisa fazê-lo se não quiser.

E, sim, tenho a língua afiada. Por isso me dizem Língua de Açoite. Você pode me chamar por este nome ou simplesmente de Rodrigo. Deixemos "lorde" e "sir" para os presas de prata que apreciam essas bobagens.

-- É eles apreciam mesmo, um dia quem sabe eu te conte... um dia, Por você tem mais acesso ao Rei do que eu... acho que estarei à suas ordens Rodrigo, é de grande importância que esse disfarce continue... entendeu.
Ingrid ria de leve ao ouvir sobre os presas de prata. A freira se dirigia até a porta e dava um pequeno sorriso para Rodrigo ao abrir a porta.
-- Posso contar com a sua discrição? quem sabe eu te conte umas coisas e...outras.


----------------------------------------
Ação/Narrativa
Pensamento/Off
Falas

Ingrid Nadira Kaif  Shaira Menefer Hellen B Earp
avatar
Cetza

Mensagens : 695
Data de inscrição : 07/09/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Natalie em Dom 15 Maio 2016 - 8:42

Amora estava se divertindo espancando aqueles quatro, mas ai apareceu aquele garou dizendo que ela estava chamando a atencao demais. Ela interrompeu o espancamentl, agradeceu os soldados pela diversao e fez um cumprimento para a plateia.

Na taverna, o estraga-prazer se apresentou como um phillodox dos presas de prata e comecou a fazer perguntas.

- Eu sou Amora Deschamps, Brava Canção de Batalha, skald cliath do Grande Fenris. As historias de um reino atacado chegaram as florestas de França onde moro. Em todo lugar, fala se de medo e terror frente a uma guerra iminente. Mas aqui so vi pessoas mais assustadas do que uma presa acuada pelo predador. Nem os que aqui e chamam de guerreiros sao capazes de lutas minimamente dignas.


*Ações*
- Falas
"Pensamentos"
avatar
Natalie
Filhos de Gaia
Filhos de Gaia

Mensagens : 792
Data de inscrição : 15/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Alexyus em Sab 21 Maio 2016 - 19:59

Amora & Jon

Antes que Jon pudesse responder a Amora, soldados com mantos do rei entraram, acompanhados por dois dos mercenários surrados pela fenrir.

- Foram eles! Aquela garota nos bateu e o outro levou-a embora!

O líder se acercou da mesa deles e falou em voz grave:

Você é a guerreira que surrou esses homens? Levantem-se e nos acompanhem, por favor.

Interpelados dessa maneira, Jon e Amora foram compelidos a seguir com os soldados.

Eles caminharam para o castelo, entrando na fortaleza e depois seguidos por apenas o soldado e dois líderes até um belo jardim, do tamanho de uma praça, um oásis de paz e tranquilidade, com um ar de mundo antigo, melancólico e decadente , mas ainda imponente.

Spoiler:

- Meu nome é Leander, mas também sou conhecido por Lâmina de Prata, phillodox adren dos Presas de Prata, Guardião da Seita do Leão de Prata. O totem avisou que havia novos garous na divisa, então eu saí a procurar e encontrei-os. Quem sois vós?


RODRIGO & LISBETH

Rodrigo e Lisbeth tentaram ser discretos, mas saíram da catedral juntos, atraindo olhares suspeitosos dos que estavam à  volta.

Com o entardecer cedendo lugar à noite de lua crescente, eles podiam fazer um uivo de apresentação sem parecer algo fora do lugar.

OFF:  Presumindo que vocês fizeram o uivo, caso contrário, ignorem a continuação.

O uivo de resposta veio quase de imediato. Um certo Presa de Prata, ahroun dos Presas de Prata, marcou sua posição e veio até eles. Jhon e Lisbeth perceberam a Raça Pura dele, menor que a maioria dos Presas de Prata, mas ainda bastante notável para os garous comuns. Junto com ele, três garous machos e uma fêmea, que não mereceram apresentação mas aparentavam ser fiannas.



- Saudações, visitantes! Eu sou Sir Uriens, Presa de Prata, athro ahroun da  Casa Olhos Cintilantes dos Presas de Prata. Nosso totem, o Leão de Prata, avisou que havia novos garous na divisa, então esperávamos pelo momento em que vos apresentar meus. Quem sois?


Última edição por Alexyus em Seg 30 Maio 2016 - 23:01, editado 1 vez(es)
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Natalie em Sab 28 Maio 2016 - 15:12

Amora nem conseguiu terminar sua cerveja direito e aqueles homens vieram buscá-la.

A vontade de começar uma luta ali mesmo foi grande, mas acabou preferindo se comportar, embora andasse de cabeça erguida e não demonstrasse medo nenhum.

Quando entraram no castelo e o cavaleiro se apresentou, Amora percebeu que ele era um garou.

- Meu nome é Leander, mas também sou conhecido por Lâmina de Prata, phillodox adren dos Presas de Prata, Guardião da Seita do Leão de Prata. O totem avisou que havia novos garous na divisa, então eu saí a procurar e encontrei-os. Quem sois vós?

Amora respondeu:

- Eu sou Amora Deschamps, Brava-Canção-de-Batalha do Grande Fenris, skald cliath das terras de França. Vim para ajudá-los e empreguei-me como ajudante do convento. Os homens que me identificaram me convidaram para uma diversão, mas lutam muito mal e não venceriam uma criança! Acho que você precisa de ajuda aqui, presa de prata...


*Ações*
- Falas
"Pensamentos"
avatar
Natalie
Filhos de Gaia
Filhos de Gaia

Mensagens : 792
Data de inscrição : 15/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Cetza em Seg 30 Maio 2016 - 10:15

Rodrigo e Lisbeth tentaram ser discretos, mas saíram da catedral juntos, atraindo olhares suspeitosos dos que estavam à volta.

Com o entardecer cedendo lugar à noite de lua crescente, eles podiam fazer um uivo de apresentação sem parecer algo fora do lugar.

Ingrid seguia com Rodrigo, os olhares suspeitos das outras pessoas a incomodavam porém ela sabia que seriam apenas cochichos de fazendeiros e mulheres desocupadas frente à uma irmã e um nobre de além mar. Com a chegada da noite Ingrid se sentia mais a vontade, por ser uma loba não temia a escuridão como os homens. A loba mesmo em sua forma humana uivava num tom alto e vívido se apresentando para os senhores daquelas terras. Agir como loba novamente a fazia sentir muito bem consigo mesma.

-- É bom uivar as vezes, faz um tempo que não fazia isso...

O uivo de resposta veio quase de imediato. Um certo Presa de Prata, ahroun dos Presas de Prata, marcou sua posição e veio até eles. Jhon e Lisbeth perceberam a Raça Pura dele, menor que a maioria dos Presas de Prata, mas ainda bastante notável para os garous comuns. Junto com ele, três garous machos e uma fêmea, que não mereceram apresentação mas aparentavam ser fiannas.

Ingrid achava engraçado um Presa de Prata tão pequeno, ela sempre imaginou eles como sendo grandes e imponentes. Sua natureza de lua nova gritava de dentro dela, porém ela se continha em respeito aos senhores daquela terra. A jovem arrumava seu mostrando algum tipo de falso pudor ela iniciava as apresentações.

Passos Noturno,lua nova, cliath das Fúrias Negras. Ouvimos os boatos e minhas irmãs superiores do convento de Holyrood me enviaram para averiguar a situação e garantir que o máximo de mulheres sejam salvas da guerra que pode estar por vir nesses dias vindouros.


----------------------------------------
Ação/Narrativa
Pensamento/Off
Falas

Ingrid Nadira Kaif  Shaira Menefer Hellen B Earp
avatar
Cetza

Mensagens : 695
Data de inscrição : 07/09/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Lua em Seg 30 Maio 2016 - 10:50

Rodrigo agiu como um cavalheiro, cedendo a execução do uivo à garou lupina.


-- É bom uivar as vezes, faz um tempo que não fazia isso…


Sorriu ao ver a satisfação da jovem.


O uivo de resposta veio quase de imediato. Um certo Presa de Prata, ahroun dos Presas de Prata, marcou sua posição e veio até eles. Jhon e Lisbeth perceberam a Raça Pura dele, menor que a maioria dos Presas de Prata, mas ainda bastante notável para os garous comuns. Junto com ele, três garous machos e uma fêmea, que não mereceram apresentação mas aparentavam ser fiannas.


Rodrigo notou a raça pura menor do presa de prata mas isso não teve demasiada influência sobre ele, que costumava levar em conta mais o modo de agir de um garou, sua inteligência e astúcia, do que outros fatores. Identificou os demais como fianna mas ainda não havia elementos para formar uma opinião sobre eles.

Deixou que Ingrid se apresentasse primeiro. Estava em território dos presas de prata e convinha mostrar-se discreto. Depois que a jovem falou, fez sua apresentação:

- Sou Rodrigo Lobo, "Língua de Açoite", cliath, ragabash dos Senhores das Sombras. Venho das terras de Hispânia oferecer-lhes minha ajuda contra uma possível invasão.

Palavras simples em um tom respeitoso bastariam por ora. No mais, ficou atento aos gestos e reações do presa de prata e seus acompanhantes fianna.


*Rodrigo*Alexey    *Mitzuki  


ação pensamento fala   /   narração diálogo

Esta é uma obra de ficção. A menos que você seja um lobisomem, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.
avatar
Lua
Admin
Admin

Mensagens : 1775
Data de inscrição : 28/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Alexyus em Seg 30 Maio 2016 - 22:58

Lisbeth &Rodrigo

Uriens fez cumprimentos corteses para os dois garous.

Spoiler:


Passos Noturno,lua nova, cliath das Fúrias Negras. Ouvimos os boatos e minhas irmãs superiores do convento de Holyrood me enviaram para averiguar a situação e garantir que o máximo de mulheres sejam salvas da guerra que pode estar por vir nesses dias vindouros.

- Ah, Fúria Negra! Então deves conhecer a irmã. Considerar-te-ei parte do séquito dela, e assim tua presença será permitida em nosso caern. Mas deves seguir as ordens de tua anciã, pois será através dela que nos pronunciaremos a ti.


- Sou Rodrigo Lobo, "Língua de Açoite", cliath, ragabash dos Senhores das Sombras. Venho das terras de Hispânia oferecer-lhes minha ajuda contra uma possível invasão.

A expressão de Uriens foi apenas ligeiramente diferente da que tinha usado com Lisbeth.

- Lobo? Um nome bastante sugestivo, Sir! Temos poucos senhores das sombras aqui, não mais que meia dúzia, então reforçarás as fileiras deles. Está sob as ordens de quem? Não do próprio Teriam, eu presumo. Leander? Ah, ele é um fianna habilidoso, por certo. Escutai-me então: amanhã faremos exercícios militares na praça central, e então podereis ver o Rei Ricardo. Tu podes participar , Lobo, e a irmã Lisbeth pode assistir. Vamos levantar o moral da tropa e dos camponios. Há algo que precisais antes de amanhã?
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Cetza em Ter 31 Maio 2016 - 8:33

- Ah, Fúria Negra! Então deves conhecer a irmã. Considerar-te-ei parte do séquito dela, e assim tua presença será permitida em nosso caern. Mas deves seguir as ordens de tua anciã, pois será através dela que nos pronunciaremos a ti.

-- Muito obrigada Sir Uriens, será uma honra servir à anciã. Mas... os boatos que ouvimos são verdadeiros...há mesmo um exército da devoradora ameaçando o caen do Grande Leão de Prata e consequentemente toda a região?

Escutai-me então: amanhã faremos exercícios militares na praça central, e então podereis ver o Rei Ricardo. Tu podes participar , Lobo, e a irmã Lisbeth pode assistir. Vamos levantar o moral da tropa e dos camponios. Há algo que precisais antes de amanhã?

Ingrid batia as mãos dando leves aplausos ao ouvir sobre os exercícios militares, estava curiosa sobre as habilidades de combate daqueles garou e claro de Rodrigo Lobo.
-- Exercícios militares? Parece interessante. Sir Uriens devemos também nos ater à proteção de nossos parentes e dos duas-patas. Acredito que minhas habilidades serão melhores na busca de informações sobre nossos inimigos do que no combate direto.


----------------------------------------
Ação/Narrativa
Pensamento/Off
Falas

Ingrid Nadira Kaif  Shaira Menefer Hellen B Earp
avatar
Cetza

Mensagens : 695
Data de inscrição : 07/09/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Lua em Ter 31 Maio 2016 - 14:04

- Lobo? Um nome bastante sugestivo, Sir!


Rodrigo deu um pequeno sorriso.

- Ah, vejo que conhece um pouco do meu idioma. Sim, é um belo significado o do meu sobrenome.

Traduziu para que Ingrid entendesse.

- Também gosto de conhecer idiomas. Quem sabe eu não consiga aprender um pouco de inglês entre uma batalha e outra. - riu com simpatia.


Temos poucos senhores das sombras aqui, não mais que meia dúzia, então reforçarás as fileiras deles. Está sob as ordens de quem? Não do próprio Teriam, eu presumo. Leander? Ah, ele é um fianna habilidoso, por certo. Escutai-me então: amanhã faremos exercícios militares na praça central, e então podereis ver o Rei Ricardo. Tu podes participar , Lobo, e a irmã Lisbeth pode assistir. Vamos levantar o moral da tropa e dos camponios.


- Me parece excelente. - respondeu Rodrigo.

Excelente! Gente de minha tribo. Provavelmente sabem mais a respeito de tudo isso do que a maioria.


Há algo que precisais antes de amanhã?


Dormir!

- Não, senhor, para mim está tudo bem.


*Rodrigo*Alexey    *Mitzuki  


ação pensamento fala   /   narração diálogo

Esta é uma obra de ficção. A menos que você seja um lobisomem, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.
avatar
Lua
Admin
Admin

Mensagens : 1775
Data de inscrição : 28/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Klauss Krugger em Ter 31 Maio 2016 - 14:13

- Saudações, visitantes! Eu sou Sir Uriens, Presa de Prata, athro ahroun da Casa Olhos Cintilantes dos Presas de Prata. Nosso totem, o Leão de Prata, avisou que havia novos garous na divisa, então esperávamos pelo momento em que vos apresentar meus. Quem sois?

*Espero que a Fenrir se apresente primeiro.*

Natalie escreveu:- Eu sou Amora Deschamps, Brava-Canção-de-Batalha do Grande Fenris, skald cliath das terras de França. Vim para ajudá-los e empreguei-me como ajudante do convento. Os homens que me identificaram me convidaram para uma diversão, mas lutam muito mal e não venceriam uma criança! Acho que você precisa de ajuda aqui, presa de prata...

*Em seguida mantenho o semblante firme e encaro Uriens e faço uma pequena reverencia com a cabeça para ele.*

-- Sou Jon, Garras da Justiça, filodox, cliath dos Presas de Prata, encontrei Brava-Canção-da-Batalha justamente quando ela se divertia com os mercenários, apesar de ter certeza que não era esse o tipo de diversão que eles queriam, acredito que Brava-Canção lhes ensinou uma lição que nunca mais esquecerão.


Citação
Ação
Pensamento
Narração
Fala

"Leões e Tigres são fortes... mas lobos não trabalham em circo."

ficha Klauss Krugger
avatar
Klauss Krugger
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 2494
Data de inscrição : 18/04/2011
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Alexyus em Qua 1 Jun 2016 - 20:51

Amora & Jon

Natalie escreveu:
- Eu sou Amora Deschamps, Brava-Canção-de-Batalha do Grande Fenris, skald cliath das terras de França. Vim para ajudá-los e empreguei-me como ajudante do convento. Os homens que me identificaram me convidaram para uma diversão, mas lutam muito mal e não venceriam uma criança! Acho que você precisa de ajuda aqui, presa de prata...

-- Sou Jon, Garras da Justiça, filodox, cliath dos Presas de Prata, encontrei Brava-Canção-da-Batalha justamente quando ela se divertia com os mercenários, apesar de ter certeza que não era esse o tipo de diversão que eles queriam, acredito que Brava-Canção lhes ensinou uma lição que nunca mais esquecerão.

O presa de prata cortesia com Amora e pareceu genuinamente feliz em saber da tribo de Jhon.

- Não vos preocupeis com aqueles ignóbeis rufiões; há dezenas deles por toda a cidade. Ainda que não sejam grandes guerreiros, são úteis às tropas por serem costumeiramente não demonstrarem medo, pois isso levanta a moral dos homens. Mas é evidente que não se comparam à uma guerreira nata como tu, dama fenrir. Foi uma fortuna que tu estavas lá para moderar os ânimos , Justiça de Prata. Presumo que como sois garous, estejais ansiosos para apresentar-vos à corte do Rei Ricardo e oferecer vossos préstimos . O Rei estará na praça da cidade amanhã para assistir a exercícios militares e em seguida poderá receber-vos. poderia eu pedir a vós que sejais de retos até lá ? Sem mais "diversões" como está de hoje?

avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Klauss Krugger em Qui 2 Jun 2016 - 7:51

- Não vos preocupeis com aqueles ignóbeis rufiões; há dezenas deles por toda a cidade. Ainda que não sejam grandes guerreiros, são úteis às tropas por serem costumeiramente não demonstrarem medo, pois isso levanta a moral dos homens. Mas é evidente que não se comparam à uma guerreira nata como tu, dama fenrir. Foi uma fortuna que tu estavas lá para moderar os ânimos , Justiça de Prata. Presumo que como sois garous, estejais ansiosos para apresentar-vos à corte do Rei Ricardo e oferecer vossos préstimos . O Rei estará na praça da cidade amanhã para assistir a exercícios militares e em seguida poderá receber-vos. poderia eu pedir a vós que sejais de retos até lá ? Sem mais "diversões" como está de hoje?

-- Perdão Sir, mas meu nome é Garras da Justiça, apesar que Justiça de Prata seria um nome que realmente faria jus a um filodox, mas não foi esse o desejo do Lorde Falcão e estou realmente ansioso por colocar minha espada a serviço da Seita do Leão de Prata. E concordo, sem "diversões", tens a minha palavra que não procurarei por encrencas nesse meio tempo..


Citação
Ação
Pensamento
Narração
Fala

"Leões e Tigres são fortes... mas lobos não trabalham em circo."

ficha Klauss Krugger
avatar
Klauss Krugger
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 2494
Data de inscrição : 18/04/2011
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Natalie em Qua 8 Jun 2016 - 5:33

Amora não gostou muito da meia bronca que aquele presa de prata estava dando nela. Afinal, se ele não mantinha seus homens na linha, só podia esperar mais confusões como aquela. Mas era melhor evitar discutir e ela se limitou a fazer sim com a cabeça.

Ela se despediu dos dois presas de prata e voltou pro convento antes que ficasse muito tarde. Ia ter que aprender um monte de coisas ainda, mas se o rei vinha ver os soldados treinarem, ela ia dar um jeito de assistir tambem


*Ações*
- Falas
"Pensamentos"
avatar
Natalie
Filhos de Gaia
Filhos de Gaia

Mensagens : 792
Data de inscrição : 15/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Alexyus em Qui 9 Jun 2016 - 18:11

Com todos os garous convocados para o dia seguinte, restou a eles ir para suas casas. Jhon e Rodrigo voltaram às suas acomodações entre os soldados, e Lisbeth e Amora encontraram-se ao entrar na casa paroquial, já com a Lua alta no céu.

No dia seguinte, a melodia do trabalho começou com os primeiros raios de sol, e quando todos   estavam na praça Principal, havia uma feira de comerciantes ávidos para apresentar suas mercadorias a qualquer passante. Desde frutas e cereais até artefatos de couro e metal, ferramentas e armas, armaduras e tecidos, havia ampla variedade.  Alguns preços estavam bem altos, explorando a urgênciada situação do feudo, mas outros procuravam liquidar seus estoques a preços módicos, e havia até pechinchas que faziam suspeitar da legitimidade dos bens.

Havia tres arenas no centro, um para a luta corpo a corpo, outra para a luta de espadas, e a maior de todas era para a disputa de justas. As barracas para se inscrever nas competições contavam com grandes filas, cheias de soldados tentando destacar-se por algum prêmio e ganhar a atenção e favor do Rei.

O Rei Ricardo chegaria apenas para o início das competições, que deveria ser ao meio dia, mas muitos de seus cavaleiros, pajens, damas, cortesãos e servos já podiam ser vistos circulando pela praça.

No convento, as freiras rezariam até meados da manhã e então se ocupariam das compras necessárias à Casa Paroquial. Com sorte estariam livres para assistir às competições. Lisbeth tinha uma lista de tecidos para adquirir dos comerciantes e teria que pechinchar para economizar os débeis recursos da paróquia, mas talvez conseguisse se desembaraçar de seus deveres um pouco mais cedo. Já Amora não tinha tarefas específicas, mas algumas freiras a convidaram para acompanhar as compras, e a francesa desconfiou que poderiam estar pensando nela como uma carregadora de peso útil, dada a sua força. Ela poderia recusar e ir ver os guerreiros e suas ocupações, mas isso não angariaria muita reputação entre as religiosas.

Já Rodrigo e Jhon estavam às voltas com o entusiasmo dos soldados para provarem-se em batalhas simuladas. Os nobres como Rodrigo que tivessem um cavalo só precisariam preparar lanças e escudos para a disputa das justas, mas a luta corporal e a com espada estavam ao alcance de todos. O presa de prata e o senhor das sombras só precisavam definir seus objetivos antes que as filas ficassem longas demais.
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Lua em Sex 10 Jun 2016 - 12:45

A idéia de participar de uma justa era tentadora demais para que Rodrigo resistisse.
Assim que inscreveu-se na barraca correspondente e depois foi atrás de lanças e escudos.
Por último foi buscar seu cavalo, Valeroso, no estábulo onde o havia deixado.
Era um animal bem especial, vindo de um criadouro em um monastério de parentes senhores das sombras. Rodrigo alegrou-se de have-lo trazido.


Valeroso:


*Rodrigo*Alexey    *Mitzuki  


ação pensamento fala   /   narração diálogo

Esta é uma obra de ficção. A menos que você seja um lobisomem, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.
avatar
Lua
Admin
Admin

Mensagens : 1775
Data de inscrição : 28/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Cetza em Sex 10 Jun 2016 - 19:57

No convento, as freiras rezariam até meados da manhã e então se ocupariam das compras necessárias à Casa Paroquial. Com sorte estariam livres para assistir às competições. Lisbeth tinha uma lista de tecidos para adquirir dos comerciantes e teria que pechinchar para economizar os débeis recursos da paróquia, mas talvez conseguisse se desembaraçar de seus deveres um pouco

Ingrid dedicava à sua manhã às rezas, em suas preces ela pedia à Gaia forças para por fim aquela ameaça aos garou da Inglaterra e seus parentes. Após terminar suas orações a lupina ficou encarregada de comprar uns rolos de tecidos e infelizmente sabia que com a ameaça de uma guerra não encontraria preços justos. A jovem freira logo se prontificava a convidar Amora para ir com ela, a jovem era forte demais em comparação as outras mulheres e iria aproveitar aquele momento no mercado para conhece-la melhor e claro ter alguém para carregar aqueles panos pesados.

-- Amora, gostaria de me acompanhar até o mercado, não é certo uma moça andar por ai sem estar acompanha... e acredito que seus braços serão muito úteis para levar os pesados tecidos, quem sabe mais tarde possamos ver as justas.

Após falar com Amora, indiferente de sua ajuda ou não, Ingrid iria completar as tarefas que a superiora lhe incumbiu.


----------------------------------------
Ação/Narrativa
Pensamento/Off
Falas

Ingrid Nadira Kaif  Shaira Menefer Hellen B Earp
avatar
Cetza

Mensagens : 695
Data de inscrição : 07/09/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Klauss Krugger em Seg 13 Jun 2016 - 9:59

*Jon caminha em meio a euforia dos soldados e mercenários, acreditava que não precisava provar nada a ninguém, mas o premio da competição de espadas viria bem a calhar, se ele estava indo para uma guerra precisaria de dinheiro para equipamentos melhores, então sem muita perspectiva de quantos adversários teria e do nivel da competição faz sua inscrição no combate com espadas.*


Citação
Ação
Pensamento
Narração
Fala

"Leões e Tigres são fortes... mas lobos não trabalham em circo."

ficha Klauss Krugger
avatar
Klauss Krugger
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 2494
Data de inscrição : 18/04/2011
Idade : 38

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Natalie em Qua 15 Jun 2016 - 0:09

Amora estava ansiosa para ir ver os guerreiros mas as freiras contavam com ela para carregar peso. Sentindo se obrigada a colaborar e com a responsabilidade de proteger as irmas, ela aceitou o convite de Lisbeth.

- Está bem. Me diga o que você precisa.


*Ações*
- Falas
"Pensamentos"
avatar
Natalie
Filhos de Gaia
Filhos de Gaia

Mensagens : 792
Data de inscrição : 15/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Cetza em Sex 17 Jun 2016 - 9:19

Amora estava ansiosa para ir ver os guerreiros mas as freiras contavam com ela para carregar peso. Sentindo se obrigada a colaborar e com a responsabilidade de proteger as irmas, ela aceitou o convite de Lisbeth.

- Está bem. Me diga o que você precisa.

Ingrid, sorria de forma sincera enquanto pausava a mão sobre o ombro da jovem enquanto falava. Ingrid como uma boa ragabash queria usar a força da amiga para fazer o serviço pesado porém havia algo mais além de mera exploração da forço de Amora, a lupina se aproximava dela e lhe confessava baixinho.

- Ainda não conheço muito do lugar... e estou inquieta por conhecer cada canto da cidade... porém como freira tal liberdade me é censurada. Mas... se estiver acompanhada... especialmente com alguém como você, não terei problemas e claro... em tempos difíceis quem é louco de ir contra a vontade da santa igreja...aposto que consigo até uns barris de vinho para você... O que me diz?

Independente da resposta de Amora, Ingrid fazia questão de dispensar as outras irmãs preferindo ir somente com Amora ou sozinha caso ela se recusasse em acompanha-la até o mercado da cidade.


----------------------------------------
Ação/Narrativa
Pensamento/Off
Falas

Ingrid Nadira Kaif  Shaira Menefer Hellen B Earp
avatar
Cetza

Mensagens : 695
Data de inscrição : 07/09/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Natalie em Dom 19 Jun 2016 - 7:04

Amora pensou em como era ruim ser uma freira.

- Não se preocupe comigo, não tenho o habito de beber. Eu a acompanharei por onde tu for e não deixarei ninguem perturbá-la.


*Ações*
- Falas
"Pensamentos"
avatar
Natalie
Filhos de Gaia
Filhos de Gaia

Mensagens : 792
Data de inscrição : 15/04/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Alexyus em Sab 25 Jun 2016 - 20:05

INGRID & AMORA

Rolagens de Negociação:
Ingrid rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Percepção+Empatia e obteve: 5 3 1 5 6
Ingrid obteve -1 crítico!

Amora rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Percepção+Artesanato e obteve: 10 5 2 5
Amora obteve 1 sucesso!



Ingrid e Amora caminharam pela agitada feira, entre os gritos dos comerciantes e fazendeiros que tentavam vender seus bens.

Havia diversos comerciantes que vendiam tecidos, alguns feitos artesanalmente por esposas e servas, outros comprados de lugares distantes e por isso mesmo mais raros.

Mas Ingrid se espantou com um rolo de tecido vermelho brilhante muito chamativo.

Spoiler:

O comerciante, um velho de vistosa barba negra, acercou-se delas com gentileza, assuntando:

- Bom dia, miladies! Vejos que as senhoras têm ótimo gosto para tecidos! Esse rolo foi me trazido da China, diretamente da rota da seda, e é uma seda muito difícil de encontrar por aqui! Mas posso fazer um preço especial para as senhoras! Que tal uma moeda de ouro o metro?

Ingrid estava disposta a aceitar a pechincha, mas Amora, mais conhecedora das feituras humanas, percebeu logo a mentira do vendedor. Aquele tecido não era seda, mas cetim, e mesmo que fosse de excelente qualidade, seu metro valeria no mínimo dez vezes menos do que ele pedia.


JON GARRAS DA JUSTIÇA



ROLAGENS DE BATALHA:
1 Teste de Destreza + Armas Brancas para cada combate

Jon rolou 9 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Arma e obteve: 6 8 9 6 8 7 1 7 10
Jon obteve 7 sucessos!

Jon rolou 9 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Arma e obteve: 4 10 7 4 7 6 2 9 7
Jon obteve 6 sucessos!

Jon rolou 9 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Ataque com Arma e obteve: 5 2 3 9 3 3 8 1 10
Jon obteve 2 sucessos!

Jon inscreveu-se nas disputas de espada e foi logo informado de que seriam três combates.

O primeiro oponente de Jon foi um jovem guerreiro local, alistado como soldado, que segurava sua arma de um jeito muito mal. No primeiro golpe, Jon fez voar a espada dele para o ar, que deu várias piruetas até se cravar no solo da arena. Jon golpeou os fundilhos do fedelho, que virou para encontrar a ponta da espada apontada para sua garganta. O público urrou com a vitória de Jon e ele passou a ser visto com temor e respeito pelos outros competidores, e adorado pela plebe.

O segundo desafiante era um mercenário convencido que partiu para cima de Jon assim que soou o gongo. Apesar da tenacidade do soldados, Jon não teve dificuldades em se esquivar dos golpes dele, e com apenas um contra-ataque, derrubou-o no chão. Apesar do mercenário continuar a se defender com o escudo, os golpes implacáveis de Jon mostraram que o desafio fora ganho. A segunda vitória incontestável credenciou Jon a um dos favoritos ao título. E assim ele foi avançando até a grande final.

Na final, um certo jovem Kelvin, filho mais novo de um nobre qualquer, entrou com olhos atentos e guarda fechada contra Jon. Sem partir para o ataque, rodeou o presa de prata até que este partiu para o ataque. A defesa do jovem era boa, e seu contra-ataque levou perigo, mas Jon conseguiu colocar o escudo antes de ser atingido. O jovem fechou novamente a defesa em vez de continuar o ataque, dando a oportunidade de Jon atacar mais uma vez. O bloqueio e o contra-ataque do jovem foi novamente perigoso, e Jon entendeu como ele tinha chegado até a final. Vários lances daqueles se sucederam, sem que Jon conseguisse um golpe efetivo, mas conseguindo também evitar ser atingido. Quando em dado momento Jon acertou o escudo de Kelvin, este se despedaçou, atingindo o braço do rapaz. Foi o momento que Jon precisava, e assim ele derrubou Kelvin e sagrou-se campeão do torneio de espadas.


RODRIGO LOBO



Ao contrário de outros competidores, Rodrigo não precisou arriscar-se em alugar um cavalo qualquer. Tinha seu próprio garanhão, Valeroso. Com apenas um tecido e uma armadura rudimentar, o corcel apresentou-se imponente para a disputa de justas.

Não eram muitos os concorrentes, todos eram nobres, e cada um tinha sua própria torcidas, que variava em composição e número. Rodrigo ganhara rapidamente a simpatia dos ibéricos e falantes do latim, que o chamavam de El Lobo.

Rodrigo sabia que o segredo da disputa de justa era a habilidade de cavalgar e a capacidade de se manter firme no momento do impacto. Foi com essa sabedoria que ele entrou na disputa.

Testes de DES + Cavalgar:
Rodrigo rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Manobra Especial e obteve: 7 9 10 9
Rodrigo obteve 4 sucessos!

Rodrigo rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Manobra Especial e obteve: 3 1 9 6
Rodrigo obteve 1 sucesso!

Rodrigo rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Manobra Especial e obteve: 3 3 2 1
Rodrigo obteve -1 crítico!

O primeiro combate encerrou-se rapidamente, com Rodrigo derrubando o adversário logo na primeira carga.

O segundo foi bastante árduo, e apenas na terceira carga El Lobo conseguiu derrubar seu oponente.

Na grande final, Rodrigo Lobo bateu-se contra Sir Sven, um cavaleiro que usava um tapa-olho e um vistoso elmo com plumas. A primeira carga foi a decisiva, pois El Lobo não conseguiu manter a empunhadura da lança firme e sequer acertou o escudo do rival, que em contrapartida destruiu seu broquel e ainda o atingiu no ombro, fazendo Lobo cair de cara no chão, engolindo um tanto de lama e esterco.
avatar
Alexyus
Presas de Prata
Presas de Prata

Mensagens : 1783
Data de inscrição : 14/09/2012

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Lua em Sab 25 Jun 2016 - 21:05

Rodrigo cuspiu a terra e virou-se de barriga para cima, sentindo o olhar dos presentes.
Havia duas coisas importantes sobre ele que todos ignoravam.
A primeira, que era um lobisomem.
A segunda, que era um sem lua extravagante e de alma comediante.
Assim que ver toda aquela gente ibérica, que havia levado o jogo a sério e torcido por ele, decepcionada e os demais possivelmente divertidos com sua queda causou-lhe um ataque de riso imediato.
Levantou-se gargalhando e, ainda fungando e limpando as lágrimas de riso dos cantos dos olhos, fez uma referência à torcida  e, depois, dirigiu-se ao caolho que o havia derrotado.
A idéia de que um cavaleiro sem um dos olhos o havia vencido só reviveu seu riso mas ele se conteve e pôde fazer uma reverência decente ao homem e agradecer-lhe pelo bom combate. Então, voltando-se à platéia com seu sorriso mais carismático, falou em espanhol:

-  A vida é um presente de Deus. Desfrutem-na e não levem o mundano demasiado a sério.

Spoiler:

Em seguida pegou seu cavalo que, felizmente, ao que parecia, não tinha se ferido na brincadeira, e saiu de cabeça erguida e um mal contido sorriso nos lábios.


*Rodrigo*Alexey    *Mitzuki  


ação pensamento fala   /   narração diálogo

Esta é uma obra de ficção. A menos que você seja um lobisomem, qualquer semelhança com nomes, pessoas, fatos ou situações da vida real terá sido mera coincidência.
avatar
Lua
Admin
Admin

Mensagens : 1775
Data de inscrição : 28/07/2014

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Cetza em Dom 26 Jun 2016 - 15:44

Ingrid e Amora caminharam pela agitada feira, entre os gritos dos comerciantes e fazendeiros que tentavam vender seus bens.

Havia diversos comerciantes que vendiam tecidos, alguns feitos artesanalmente por esposas e servas, outros comprados de lugares distantes e por isso mesmo mais raros.

Mas Ingrid se espantou com um rolo de tecido vermelho brilhante muito chamativo.

Ingrid caminhava animadamente junta à Amora, longe das paredes do convento a jovem noviça estava incrivelmente animada e com um belo sorriso que não cabia em seu rosto. Por mais que o convento lhe permitisse ajudar parentas frente a fúria da igreja dos homens, porém o custo era muito alto... o ambiente recluso e obediente sufocavam o ímpeto de liberdade tão típico dos ragabash. Por isso que tais saídas eram tão importantes de Ingrid... era naquelas saídas que a jovem lupina podia explorar um pouco de suas habilidades entre os duas patas. A feira estava bastante cheia e isso somente servia para deixar Ingrid ainda mais animada com aquela saída, as tapeçarias que as duas jovens encontravam eram maravilhosas, as cores vivas chamavam a atenção da lupina e como não estava muito acostumada a lidar com aquelas 'peças de metal' - que os duas patas davam tanto valor - ela estava disposta a pagar o preço do vendedor.

-- Olhe que linda, Amora. São os tecidos mais belos que já vi. Imagina que bela estola posso poderia fazer. Uma moeda de ouro por um tecido da China! Isso é uma pechincha... Acho que uns dois metros serão mais do que suficientes... Ingrid estava disposta a dar as moedas para o comerciante, retirando as preciosas moedas de metal de seu pequeno bolsinho de moedas.


----------------------------------------
Ação/Narrativa
Pensamento/Off
Falas

Ingrid Nadira Kaif  Shaira Menefer Hellen B Earp
avatar
Cetza

Mensagens : 695
Data de inscrição : 07/09/2015
Idade : 33

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: As Invasões Bárbaras

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 5 Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte

Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum