Yuri Brachiev -- Fornalha da Fúria

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Yuri Brachiev -- Fornalha da Fúria

Mensagem  Garras de Sangue em Qui 27 Out 2016 - 12:08

"Yuri abre os olhos, a dor em sua cabeça era lascinante, sua visão ainda estava turva sentia todo o peso de seu corpo sendo sustentado por seus braços, havia grilhões em suas mãos que pendiam do teto, seus pés não tocavam o chão e neles também haviam grilhões, estava nú e um estranho medalhão pendia em seus pescoço, olhava ao redor procurando por alguma coisa e via apenas as paredes de pedra desgastadas pelo tempo, olhava para trás e via uma porta de madeira antiga, que lhe parecia bem grossa. Buscava em sua memória o que havia acontecido ele era um dos vigias numa das noites em Vaki, e andava em sua forma lupina pelas fronteiras da cidade, de repente algo se abre sob seus pés, e ele cai, não houve tempo de mudar de forma mais ainda assim em sua forma de lobo consegue evitar que a queda lhe causasse danos mais graves, quando sente a pancada na cabeça. Quanto tempo havia ficado desacordado, quanto tempo levaria até que os demais sentissem sua falta e quanto tempo levaria até que viessem procura-lo?"

Garras de Sangue

Mensagens : 24
Data de inscrição : 17/09/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yuri Brachiev -- Fornalha da Fúria

Mensagem  Zayrus em Qui 27 Out 2016 - 19:03

Acordei como se houvesse acabado de imergir de um pesadelo, com o abrir repentino dos olhos, o coração subitamente acelerado, e o impulso de me jogar a frente. Eu dei ouvido a ele, mas não fui muito longe. Estava preso: "Que merda é essa?" A dor ainda turvava minha visão, mas consegui enxergar meus pulsos e pés acorrentados. Aquilo me gerou uma raiva genuína, o Lobo dentro de mim rugia por liberdade. De fato, nenhum humano costuma ser amante do cárcere, mas um lobo não foi feito para, em hipótese alguma, se ver sob os limites de algemas, grilhões ou jaulas.

Eu ainda estava confuso e, apesar da ira em me ver naquela sotuação, procurei me lembrar o que havia me levado até ali. O esforço, no entanto, foi em vão. Lembrava apenas de estar cumprindo meu turno de vigília, do chão se abrindo sob meus pés, meus esforços para sobreviver a queda, e da escuridão que a seguiu. Debati meus braços instintivamente tentando me libertar, mas fora inútil. Meus dentes rangeram com a ideia do confinamento:
"Mas nem fodendo!" Determinado a me ver livre, assumi minha forma Crinos, tentando arrebentar as correntes.
avatar
Zayrus
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 250
Data de inscrição : 05/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yuri Brachiev -- Fornalha da Fúria

Mensagem  Garras de Sangue em Qui 10 Nov 2016 - 13:20

"Que merda é essa?

"Mas nem fodendo!"

Yuri clama por seu lobo interior.

Teste transformação em crinos:
Yuri rolou 5 dados de 10 lados com dificuldade 6 para Manobra Especial e obteve: 3 6 9 3 8
Yuri obteve 3 sucessos!

Yuri sente seu corpo se dilatar e a sensação da mudança se inicia, sente seus músculos se expandirem , porém o amuleto que pende em seu peito brilha num tom de vermelho vivo e a mudança sessa, ao contrário do que imaginava sente-se tranquilo, apesar da situação incomoda. Até que escuta.

-- Então esse é o garoto que matou minha mãe??? Não vejo porque ele se voltou contra nós, Afinal de contas ele é um dos nossos...

-- Não se engane ele apenas está no caminho, ele ainda não dançou a espiral, ele ainda é um Presa de Prata, mas dentro em breve ele se tornara um Espiral de Prata, e isso nos dara uma vantagem, alguns garou ainda confiam nele...

As vozes vinham do fundo da sala, atrás de Yuri, uma delas parecia ser de um homem e a outra de uma mulher, sem dizer nada a mulher entra na sala onde Yuri é cativo, anda ao redor dele, passando suas longas unhas na pele nua de Yuri, que se arrepia pela reação

Spoiler:

-- Logo você será um de nós...

Ela para em frente a Yuri as correntes se esticam, as articulações estalam, Yuri novamente tenta força-las sem sucesso, ela então se abaixa e começa a fazer sexo oral.




Garras de Sangue

Mensagens : 24
Data de inscrição : 17/09/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yuri Brachiev -- Fornalha da Fúria

Mensagem  Zayrus em Qui 10 Nov 2016 - 20:44

A sensação de poder começa a se apoderar do meu corpo, as correntes parecem assumir um aspecto fragilizado na medida em que meus músculos se dilatam, por um instante pude me vislumbrar livre. No outro me senti tão impotente quanto um homem qualquer. O brilho do colar sugeria que ele era o responsável por aquilo, eu precisaria me livrar dele. Uma calma vinda eu não sabia de onde confrontava meu sentimento de indignação, eu estava em uma situação ruim. Algo me dizia que pior do que quer que eu pudesse imaginar.

Um par de vozes chama minha atenção enquanto penso em uma maneira de me libertar. Suas palavras me lembram dos acontecimentos que eu havia protagonizado na tomada do castelo de Vaki, a morte da rainha da colméia. Algo havia restado da invasão, e eu estava sob suas garras. Meus olhos se arregalaram enquanto me dava conta de onde estava, horrorizado pelo que podia ter me levado ali, e do que o destino naquele lugar me reservava. Engoli em seco enquanto tentava suprimir meus sentimentos, ao menos escondendo eles e assumindo um semblante diferente. O aspecto irado não foi muito difícil de ser alcançado, ainda que estivesse entorpecido pela mudança súbita de atmosfera.

Tentava digerir as informações que havia adquirido. Me queriam ali como experimento, eles haviam visto a escuridão dentro de mim e estavam dispostos a me convencer. O monstro dos meus pesadelos assolou minha mente, e aquela imagem me despertou genuinamente a raiva. A visão de uma das protagonistas do diálogo que havia ouvido me causa asco, seus traços decrépitos chegavam a causar nojo. Encarei seus olhos vazios de maneira desafiadora após ela se dirigir a mim:
-Conheci alguém com esse discurso alguns anos atrás. Ele deve estar no colo da Wyrm a uma hora dessas. Ou ao menos o que sobrou dele.- Ela então, para minha surpresa, se abaixa diante de mim, aproveitando-se da minha posição vulnerável para se valer do meu corpo. Meus dentes rangeram ao sentir seus lábios, insultado por sua depravação. Ativei o Dom Persuasão e disse em tom severo e ameaçador: -Afaste-se de mim ou eu juro por tudo o que Gaia criou que quando isso acabar sua mera morte não vai ser o suficiente pra saciar meu ódio, e você vai me implorar por ela.- Ao menos naquele momento eu tinha plena convicção das minhas palavras. Meus músculos estavam retesados, eu encarava a mulher com um desprezo e ódio quase palpáveis. Acreditava que nem a própria Wyrm poderia ser tão macabra quanto meus pensamentos naquele momento.
avatar
Zayrus
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 250
Data de inscrição : 05/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yuri Brachiev -- Fornalha da Fúria

Mensagem  Garras de Sangue em Qua 16 Nov 2016 - 12:12

Spoiler:
Off
Ja conversei com os adms  e devido a uma falta de parametros para medir sua macula vamos usar a tabela dos Dançarinos da Pele, uma vez que vc já é sentido pelo Dom Sentir a Wyrm, seu nivel inicial de corrupção é 7

Spoiler:
]

-Conheci alguém com esse discurso alguns anos atrás. Ele deve estar no colo da Wyrm a uma hora dessas. Ou ao menos o que sobrou dele.

Ela sorri.

-- Isso mesmo me ameace cliath, você já é nosso apenas não sabe disso, você ocupará o lugar do rei da colmeia, pois há muito tempo não temos alguém com uma linhagem tão pura vindo diretamente para nós.

Ativei o Dom Persuasão e disse em tom severo e ameaçador: -Afaste-se de mim ou eu juro por tudo o que Gaia criou que quando isso acabar sua mera morte não vai ser o suficiente pra saciar meu ódio, e você vai me implorar por ela.
Spoiler:
Yuri rolou 1 dados de 10 lados com dificuldade 7 para Manobra Especial e obteve: 2
Que pena, Yuri não obteve sucesso!

O amuleto novamente brilha em seu peito, mas agora em um tom de verde e do nada Yuri sente-se cansado, ela continua com o sexo oral até que por estímulos da mulher Yuri ejacula e a mulher engole cada gota do semen.

-- Isso Sangue de Dragão, sinta ódio, isso move você cada vez mais em nossa direção, não que você não queira isso, você pensa que ainda serve a Vadia, mas você sempre foi nosso Sangue de Dragão.

Ela caminha ao redor de Yuri e passa suas unhas longas e sujas pelo corpo nú.

-- Diga o que você quer do fundo de seu coração Sangue de Dragão, você clama pelo poder prometido a sua linhagem e ainda acredita que você conseguirá se manter fiel a Vadia

Ela ri

-- Assuma que você quer mais...






Garras de Sangue

Mensagens : 24
Data de inscrição : 17/09/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yuri Brachiev -- Fornalha da Fúria

Mensagem  Zayrus em Qua 16 Nov 2016 - 21:22

Cuspo energicamente no chão após ela revelar quais eram seus planos comigo ali. Rebati sua afirmação com o escárnio nítido em meu rosto: -Prefiro sofrer por uma eternidade a servir a sua causa degenerada. Podem me arrancar um rio de sangue, mas jamais irão ter o prazer de ver uma gota do meu suor em favor dessa depravação que vocês incorporam.- Naquele momento entendi que o meu maior desafio ali seria me manter firme. Era uma batalha perdida para eles, se eu estivesse certo, pois, por mais que a mácula que habitava dentro de mim tentasse provar o contrário, eu era incorruptível.



A despeito de minhas palavras, a mulher segue em frente com seu ato de luxúria. Eu lutei da maneira como pude após isso, forçando meus braços e pernas furiosamente para me libertar das correntes, e persisti na tentativa de me libertar por mais que ela se provasse inútil. Até o maldito medalhão mostrar mais um de seus truques e sugar minha força. A intensidade dos meus movimentos começa a decair, tomado por uma inexplicável exaustão. Meus músculos lentamente se entregam ao cansaço, até eu não ser sequer a sombra da fera que um dia caçou Bastardos fora daquele covil. Me controlei o quanto pude, mas, por fim, a mulher arranca de mim o que tanto queria. Minha cabeça estava abaixada, meus olhos fortemente fechados e meus cabelos encobriam meu rosto. Pela primeira vez na vida eu compreendi o verdadeiro significado de vergonha.

As palavras daquela criatura agora soavam como murmúrios distantes, eu estava absorto em pensamentos de culpa, indignado com a situação na qual estava, sem poder culpar ninguém além de mim. Era minha culpa. Por ser fraco, eu estava fadado a aceitar o protagonismo daquela cena. Por um instante pensei no que eu poderia ter feito diferente, mas logo deixei isso de lado. O passado não importaria agora, eu não poderia mudá-lo. A única coisa que eu poderia fazer era absorver aquela lição pro futuro. E eu teria um. E certamente não seria confinado ali.

Meus olhos se reabriram lentamente, a resignação em minha face deu lugar a obstinação. Reergui o rosto, encarando aquela criatura asquerosa com não mais que determinação nos olhos e lhe disse de maneira clara e seca:
-Você vai se arrepender de não ter acabado comigo enquanto teve a chance.- O ódio dentro de mim queimava como o interior de um vulcão adormecido. Por hora ele teria que ser fermentado, mas Gaia era testemunha de que nada ficaria na minha frente quando eu deixasse o tsunami de lava ardente explodir.
avatar
Zayrus
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 250
Data de inscrição : 05/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yuri Brachiev -- Fornalha da Fúria

Mensagem  Garras de Sangue em Qui 8 Dez 2016 - 5:05

-Prefiro sofrer por uma eternidade a servir a sua causa degenerada. Podem me arrancar um rio de sangue, mas jamais irão ter o prazer de ver uma gota do meu suor em favor dessa depravação que vocês incorporam.

-- Você fala como se sua alma fosse pura, e esquece que é tão podre quanto todos nós, teremos muito mais que uma gota de seu suor, teremos você nos liderando, Espiral de Prata...

Você vai se arrepender de não ter acabado comigo enquanto teve a chance.

Ela anda lentamente ao redor de Yuri e quando está em suas costas passa a unha em suas costas chegando em seus cabelos os puxa para trás e coloca uma lamina em seu pescoço.

-- É isso mesmo que deseja Sangue de Dragão??? Seria tão fácil eliminar um filhote como você, porém seria uma pena desperdiçar alguém com tanto potencial como você... vou lhe dar uma chance.. peça algo que lhe darei.


Garras de Sangue

Mensagens : 24
Data de inscrição : 17/09/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yuri Brachiev -- Fornalha da Fúria

Mensagem  Zayrus em Sab 10 Dez 2016 - 3:15

A mulher fala com propriedade, com toda [b]a segurança de quem tem como interlocutor seu cativo. Sua palavras eram tendenciosas e carregadas de veneno e, por mais que eu não fosse nenhum mestre em diálogos, não precisava ver onde ela queria chegar. Mais uma vez ela sugere que eu seja um deles, e a respondo com ar tranquilo e convicto: -Há um abismo, literalmente, separando sua raça do meu sangue. Suas palavras são as de quem conhece o caminho para chegar onde quer, mas eu não sou como nenhum de vocês, e jamais vai conseguir me seduzir a acreditar no contrário. O que vocês enxergam dentro de mim existe em todas as criaturas, a Wyrm, por mais enlouquecida que tenha ficado, é parte da tríade, e todas as criaturas guardam resquícios dela dentro de si. O Frenesi é uma prova disso. O grande ponto nessa questão é o que você decide fazer com a parte podre que habita em você, o quanto pode controlá-la. Eu tenho um fardo maior do que a maioria, mas Gaia me abençoou com uma força de vontade de Prata para poder lidar com isso. Eu já vi o coração de Malfeas. Um dia eu vou voltar lá. Um dia vou varrer cada maldito que habita aquele inferno.- Lhe dei um sorriso selvagem. Aquilo era absurdo. Mas eu acreditava piamente em cada uma de minhas palavras. Meus Ancestrais vibravam em minha alma, eu precisava honrar seus nomes, essa seria uma forma digna de o fazer. E eu sabia que um dia poderia.

Ela voltava a me rodear. Aquilo me deixava impaciente, sentia como se fosse uma presa sendo empreitada. Por mais que eu não gostasse de admitir, a visão que se tinha de mim naquele momento devia se assemelhar a algo assim. Ela volta a falar, agora assumindo uma postura mais agressiva:
"Que se foda. Prefiro morrer do que servir a vocês." Meus pensamentos eram claros, mas naquele instante me lembrei de uma história que Boiak havia me contado. A história de um Garou que havia se infiltrado em uma Colméia, enganado a todos seus integrantes e a destruído de dentro para fora. Por um momento refleti que eu estava atrás das linhas inimigas, e que eu poderia ao menos tentar conseguir informações, porque pensar em ir muito além era demais pro meu estômago aguentar. Com sua mudança de ar uma mudança de postura da minha parte seria justificável, até natural. Ela acreditaria que meu senso de preservação estava se fazendo ouvir. Diante disso, disse de maneira mais branda, mas ainda irritadiça: -Quero que me conte. Me conte tudo. Como as coisas funcionam aqui em baixo? Como diabos vocês conseguem fazer um Garou cair a esse ponto? O que da vida nesses buracos soa tão atrativo? Nunca fez o menor sentido pra mim como um servo de Gaia poderia trair seu propósito em prol de uma causa como essas.- Minhas palavras soavam confusas, e era exatamente isso que eu queria transparecer. Um princípio de insegurança, as perguntas de aguen que está começando a ceder... veríamos até onde iria chegar.
avatar
Zayrus
Crias de Fenris
Crias de Fenris

Mensagens : 250
Data de inscrição : 05/01/2013

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Yuri Brachiev -- Fornalha da Fúria

Mensagem  Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo


 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum